Taubaté

Taubaté-SP
banner

Bem-vindo a Taubaté!

banner

Você vai encontrar muitas opções de hotéis em Taubaté, informações e fotos da maravilhosa Taubaté. Utilize o menu na lateral esquerdo para ter acesso as principais pousadas em Taubaté, recomendadas por internautas.

A cidade de Taubaté, localizada no estado de São Paulo (SP), foi fundada no ano de 1650. A localidade está em uma altitude de 580m em relação ao nível do mar, e possui uma população estimada em 229.130 habitantes. A área total de Taubaté é de 627,4km², e sua densidade demográfica é de 365,21hab/km² (habitantes por km²). O CEP da região de Taubaté-SP é 12000-000. Caso você possua informações atualizadas, utilize a área de comentário logo acima para nos enviar a atualização.

Informações de Taubaté

Roteiros do Brasil

Região Vertente Oceânica Norte

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

1560 - Men de Sá, Governador-Geral do Brasil, incumbiu Bras Cubas de organizar uma expedição para a exploração do interior da Colônia. Essa expedição atravessou o Vale do Paraíba, passando por terras onde, oitenta anos depois, seria fundado o povoado de TAUBATÉ. 

1628 - Jacques Félix, o fundador de TAUBATÉ, recebeu as primeiras concessões oficiais de terras, na região compreendida entre Tremembé e Pindamonhangaba. 

1636 - Jacques Félix recebeu a 20 de janeiro, uma provisão do Governador da Capitania de Itanhaém, Francisco da Rocha, com a incumbência de avançar pela região, na época denominada Sertões dê Taubaté, extensa área, que incluía todo o Vale do Paraíba. 

1639 - Jacques Félix recebeu, a 30 de junho, a confirmação da provisão anterior, com a autorização de Vasco da Mota, Capitão-mor Governador da Capitania de Itanhaém, para a concessão de datas de terras aos primeiros povoadores das terras da Condessa de Vimieiro - D. Mariana de Souza Guerra­donatária da Capitania de Itanhaém. A 13 de outubro, Jacques Félix, na qualidade de Capitão-mor, povoador de TAUBATÉ, recebeu ordens para iniciar o povoamento local, mandado construir a igreja matriz, casa para o conselho e cadeia pública, além de engenho de açúcar e moínho de farinha ­ núcleo inicial da futura vila 

1641 - Jacques Félix concedeu, a 24 de maio, uma carta de sesmaria a seu filho, Domingos Dias Félix e seu neto, Jacques Félix (o moço), outorgando-Ihes uma data de terras na região de São Luiz do Paraitinga. 

1645 - A 5 de dezembro, o povoado de TAUBATÉ recebeu do Capitão-mor Governador da Capitania de Itanhaém, Antonio Barbosa de Aguiar, foral de vila, com o nome de São Francisco das Chagas de TAUBATÉ. 

1646 - Eleitos no final do ano anterior, tomaram posse, a 1o. de janeiro os oficiais e juizes do Conselho, passando a funcionar a Casa da Câmara de TAUBATÉ. 

1664 - A população da vila de TAUBATÉ encaminhou uma petição à Ordem Franciscana, para que fosse fundado o Convento de Santa Clara. 

1669 - Manuel da Costa Cabral, um dos primeiros povoadores de TAUBATÉ, fundou o arraial que daria origem à cidade de Tremembé (SP). 

1674 - Fundação do Convento de Santa Clara, a 25 de março, construído em local elevado, que na época, ficava fora do perímetro urbano de TAUBATÉ. 

1681 - Os bandeirantes Miguel Garcia de Almeida e João Lopes de Luna, ambos moradores em TAUBATÉ, fundaram o povoado de Ribeirão do Carmo (MG). 

1690 - O Arraial do Serro (MG), foi fundado pelos bandeirantes Antonio Rodrigues Arzão e Antonio Soares, moradores em TAUBATÉ. 

1693 - Antonio Rodrigues Arzão descobriu, oficialmente, as primeiras amostras de ouro no sertão de Casa da Casca (MG). 

1694 - Os bandeirantes Antonio Rodrigues Arzão e Antonio Torres, moradores em TAUBATÉ , fundaram o povoado de Casa da Casca, origem da cidade de Caeté (MG). 

1695 - D. Cesar Antônio Paes de Sande, Governador do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, assinou Carta de Provisão, criando em TAUBATÉ uma das primeiras Casas de Fundição e Quintos do Ouro do Brasil, sendo provedor, o bandeirante Carlos Pedroso da Silveira, morador em TAUBATÉ. 

1696 - O bandeirante Salvador Fernandes Furtado de Mendonça, morador em TAUBATÉ, fundou o povoado de Mariana (MG). 

1697 - A Casa de Fundição do Ouro em TAUBATÉ arrecadou, a partir de 1696, a quantia de 3 arrobas e 4 arretéis de ouro (ou 14,038 oitavas) o que corresponde a aproximadamente 50 quilos de ouro, como cobrança do Quinto Real (20%) de imposto colonial pago ao governo português. 

1699 - Antonio Dias de Oliveira, bandeirante morador em TAUBATÉ , encontrou ouro no ribeirão do Tripuí, dando início ao arraial que deu origem à vila de N. Sr!! do Pilar de Ouro Preto, posteriormente denominada Vila Rica, atual cidade de Ouro Preto (MG). 

1700 - Teve início em TAUBATÉ, a construção da igreja de N. Sra. do Rosário (dos Homens Pretos). Nesse mesmo ano foi criada a Comarca do Norte, a 29 de outubro, também chamada Comarca de TAUBATÉ. Ainda nesse ano, o bandeirante Antonio Siqueira Albernaz, morador em TAUBATÉ , fundou o povoado de Guarapiranga, atual município de Piranga (MG). 

1702 - O bandeirante Tomé Portes DeI Rei, morador em TAUBATÉ , fundou os povoados de São João Dei Rei e São José DeI Rei, atual cidade de Tiradentes (MG). 

1705 - O bandeirante Jorge Dias Velho, morador em TAUBATÉ , fundou o arraial de Caçapava (atual bairro de Caçapava Velha), núcleo de origem da cidade de Caçapava (SP). Naquele mesmo ano, foi concluída em TAUBATÉ a igreja de N. [email protected] do Rosário, que na época situava-se fora do perímetro urbano da vila. 

1708 - Reuniram-se em TAUBATÉ, paulistas e taubateanos para, juntos, organizarem o combate aos emboabas, em represália ao episódio ocorrido no Capão da Traição (MG). 

1709 - Partiram de TAUBATÉ para a região mineradora, paulistas com taubateanos para, sob o comando do bandeirante Amador Bueno da Veiga – nomeado cabo-maior dos paulistas - combaterem os portugueses e nortistas (os emboabas) pela posse das minas, no movimento nativista conhecido como Guerra do Emboabas. 

1710 - O bandeirante Miguel Garcia de Almeida, morador em TAUBATÉ, fundou o povoado de Aiuruoca (MG). 

1711 - André João Antonil - pseudônimo do religioso italiano, Giovanni Antonio Andreoni - publicou em Lisboa a obra intitulada Cultura e Opulência do Brasil por suas Drosas e Minas, onde descreveu o roteiro para as minas, a partir de TAUBATÉ. 

1717 - D. Pedro Miguel de Almeida Portugal, Conde de Assumar, passou por TAUBATÉ, em direção às minas, para assumir o posto de Capitão Geral das Minas Gerais, para o qual fora nomeado. 

1745 - I Centenário de elevação de TAUBATÉ à ategoria e vila. 

1746 - A )Q de janeiro, a Câmara de TAUBATÉ completou seu Q Centenário. 

1747 - O licenciado Timóteo Coitêa de Toledo, obteve licença da Cúria de São Paulo, passada pelo Bispo D. Bemardo Rodrigues Nogueira, em 12 de dezembro, autorizando a construção da Capela de N. Sra. do Pilar, em TAUBATÉ. 

1748 - Timóteo Coitêa de Toledo celebrou, a 5 de junho, um contrato com o mestre de obras Francisco Veloso de Aguiar, para dar início à construção da Capela de N. Sra. do Pilar. 

1751 - D. Antônio Rolim de Moura, Io. Conde de Azambuja, de passagem por TAUBATÉ, deixou um breve registro de suas impressões sobre a vila: Na noite seguinte fiquei na vila de Tambaté, a melhor que vi naquele caminho, bem assentada, com boas mas, largas e compridas, alegres e seus moradores mais civilizados. 

1757 - Fundação, em TAUBATÉ , da Ordem Terceira de São Francisco. 

1773 - O povoador Francisco Barreto Leme, morador em TAUBATÉ, fundou o povoado que deu origem à cidade de Campinas (SP). 

1789 - Envolvimento de taubateanos na Inconfidência Mineira: o padre Carlos Corrêa de Toledo, e seu irmão, o Sargento-mor Luiz Vaz de Toledo, ambos arrolados nos autos da Devassa, como diretamente implicados no caso. 

1795 - Sesquicentenário de elevação de TAUBATÉ à categoria de vila. 

1800 - O padre Bento Cortez de Toledo, taubateano, participou da fundação de um povoado que deu origem à cidade de Caçapava do Sul (RS). 

1817 - Os naturalistas alemães Spix e Martius passaram por TAUBATÉ, ocasião em que Thomas Ender pintou uma aquarela do Convento de Santa Clara, cujo original encontra-se na Pinacoteca de Viena. Naquele mesmo ano, era criada a Vara de Juiz de Fora, para ações cíveis, criminais e de órfãos, em TAUBATÉ. 

1821 - O pintor francês Armand Julien Palliere, de passagem por TAUBATÉ, desenhou uma planta da vila - a primeira de que se tem conhecimento­ destacando a igreja matriz, a capela de N. Sra. do Pilar, o Convento de Santa Clara, o largo do Rosário e a cadeia pública, além de situar o tanque (atual Mercado Municipal) e identificar as ruas existentes, por seus nomes da época. O original desta planta encontra-se no I. E. B. (Instituto de Estudos Brasileiros) da Universidade de São Paulo. 

1822 - TAUBATÉ tornou-se cabeça de Distrito eleitoral, por decisão da Assembléia Constituinte e Legislativa, convocada a 3 de julho, pelo Ministro José Bonifácio. Nesse mesmo ano, o Príncipe Regente, D. Pedro de Alcântara, em viagem a São Paulo e Santos, pernoitou em TAUBATÉ , de 21 para 22 de agosto, recebendo o apoio dos taubateanos, oito dos quais integraram-se à sua comitiva, estando presentes no momento da Proclamação da Independência do Brasil. Ainda nesse mesmo ano, o naturalista ftancês August de Saint-Hillaire, de passagem por TAUBATÉ, fez algumas anotações de suas impressões locais, que, posteriormente, incluiu em sua obra Segunda Viagem a São Paulo e Quadro Histórico da Província de São Paulo, de 1830. 

1827 - O artista francês, Jean Baptiste Debret, visitou TAUBATÉ, realizando uma aquarela que retrata a vila. O original de seu trabalho pertence ao acervo da Fundação Castro Maia (RJ). Naquele mesmo ano, um outro francês, o naturalista Alcides Dessalines, a serviço do Museu de História Natural de Paris, visitou TAUBATÉ, registrando suas impressões, que constam de sua obra Viagem Pitoresca às Duas Américas: ... a cidade (sic) domina a planicie, onde se notam pequenas matas dispersas. Destaca-se à direita da estrada, o convento dos franciscanos, uma bela aléa de palmeiras em frente... 

1832 - Pela Lei de 29 de dezembro, o Código Criminal do Império, em seu artigo 3Q, determinou a criação da Comarca de TAUBATÉ. 

1833 - Por Ato do Presidente da Província de São Paulo, Brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar, em Conselho datado de 23 de fevereiro, TAUBATÉ passou a ser Cabeça de Comarca, em cumprimento da Lei Geral de 29 de dezembro do ano anterior. 

1838 - O Marechal Daniel Pedro Müller publicou o Ensaio dun Quadro Estatístico de Província de São Paulo - primeiro livro impresso em São Paulo - onde TAUBATÉ aparece entre as localidades de maior população na Província, com 11.833 habitantes. 

1842 - Por Lei promulgada a 5 de fevereiro pelo Barão de Monte Alegre, Governador da Província de São Paulo, TAUBATÉ tornou-se cidade, sendo a primeira vila no Vale do Paraíba a conquistar esta condição. Nesse mesmo ano, TAUBATÉ envolveu-se nas Revoltas Liberais, ao lado de outras vilas valeparaibanas, tendo ocorrido manifestações nas ruas da cidade entre 25 e 26 de maio e novamente a II de junho. A 13 de junho do mesmo ano, o Barão de Caxias chegou a TAUBATÉ em missão de pacificação. Ainda nesse mesmo ano, a 17 de setembro, um violento incêndio destruiu grande parte do Convento de Santa Clara. 

1843 - O pintor primitivista Miguel Benício Outra, natural de Itu, visitou TAUBATE, registrando em aquarela, o Convento de Santa Clara e parte da cidade. 

1845 - Comemorou-se em TAUBATÉ, o 11 Centenário de elevação à categoria de vila. 

1846 - A 12 de janeiro, a Câmara de TAUBATÉ completou seu segundo centenário. 

Nesse mesmo ano, TAUBATÉ recebeu a visita de D. Pedro 11. 

1847 - A Assembléia Legislativa da Província de São Paulo, criou em TAUBATÉ um Liceu Público, com funcionamento até 1852, às custas do governo provincial, funcionando no Convento de Santa Clara. 

1860 - Em viagem pelo Vale do Paraíba, o escritor e jornalista português, Augusto Emílio Zaluar, passou por TAUBATÉ, anotando algumas observações locais, que seriam utilizadas na obra Peregrinação pela Província de São Paulo de sua autoria: 00. Taubaté é uma cidade grande, populosa, ativa (..) é a cidade de maiores proporções e de mais movimento que até agora temos visitado na Província de São Paulo. 

1861 - Surgiu o primeiro jornal de TAUBATÉ, o Taubateense, com tiragem semanal, circulou até 1863, tendo como redator Antonio Gomes de Araujo; seu primeiro exemplar circulou na 5a. feira, 29 de agosto. 

1862 - O educador dinamarquês, Edmund Morewood, radicado em TAUBATÉ, fundou nesta cidade, o Colégio São João Evangelista. 

1864 - Tiveram início as atividades do Hospital da Venerável Ordem Terceira de São Francisco, instituição que antecedeu o Hospital Santa Isabel. 

1865 - A Câmara de TAUBATÉ mobilizou a população local para prestar auxílio, tanto pecuniário, quanto voluntário, ao governo imperial, na Guerra do Paraguai. 

1867 - A população de TAUBATÉ levantou fundos, através de subscrições, em auxílio ao governo imperial, na Guerra do Paraguai. 

1868 - TAUBATÉ recebeu a visita dos Condes DEu, Gastão e Isabel. 

1874 - Um grave surto de varíola assolou TAUBATÉ e cidades vizinhas. 

1876 - Foi inaugurada a estação ferroviária de TAUBATÉ, pertencente à Cia. de Estrada de Ferro São Paulo e Rio de Janeiro, que precedeu a Estrada de Ferro Central do Brasil (atual Rede Ferroviária Federal S/A). Naquele mesmo ano, iniciava-se a construção do Teatro São João, no Largo da Princesa Imperial (atual Praça Dr. Monteiro). 

1877 - O Dr. Francisco de Paula Toledo, advogado, vereador e deputado taubateano, membro do Instituto Histórico e Geográfico do Brasil, publicou sua História do Município de Taubaté, primeira publicação de que se tem notícia, sobre, a História local. 

1878 - Inaugurado o Teatro São João. Nesse mesmo ano, era também inaugurada a Cia. de Navegação a Vapor do Alto Paraíba, com percurso regular, para o transporte de passageiros e cargas, entre Cachoeira Paulista e Quiririm. 

Ainda nesse ano, era inaugurada a linha de bondes a vapor entre TAUBATÉ e Tremembé. Também nesse mesmo ano, a 2 de novembro, TAUBATÉ recebeu a visita do Imperador D. Pedro II. 

1879 - Iniciam-se as atividades do Colégio N. Sm do Bom Conselho, criado em TAUBATÉ, por iniciativa de D. José Pereira da Silva Barros, passando a administração escolar a eargo das irmãs de São José. 

1881 - Instalou-se em TAUBATÉ, o serviço de abastecimento de água, sob a responsabilidade do engenheiro Fernando de Mattos. Nesse mcsmo ano, instalou-se em TAUBATÉ a Companhia de Bondes Urbanos de tração animal, de propriedade de João Mourão e Cia. 

1882 - Nasceu em TAUBATÉ, a 18 de abril, o escritor José Bento Monteiro Lobato, que, pela repercussão alcançada através de sua obra literária, viria a se tornar o mais ilustre taubateano. 

1883 - Começou a funcionar o Gasômetro de TAUBATÉ (C ia. de Gás e Óleos Minerais) para a refmação do xisto betuminoso, matéria-prima extraída das jazidas de Tremembé, da qual se retirava o gás utilizado para a iluminação das ruas de TAUBATÉ. 

1884 - Inaugurado em TAUBATÉ, o serviço de iluminação a gás, fornecido pela Cia. de Gás e Óleos Minerais, através de cento e sessenta e nove lampiões, espalhados pelas principais ruas da cidade. 

1887 - Em Projeto de Lei apresentado ao Senado, a 5 de outubro, para a criação da Província do Rio Sapucaí, TAUBATÉ, por sua importância sócio­econômica, foi indicada para ser a capital da nova Província. 

1888 - A 4 de março, a Câmara Municipal declarou extinta a escravidão em TAUBATÉ, libertando todos os 2.568 escravos do município, antecipando­se em mais de dois meses à Lei Áurea, sendo um dos poucos municípios brasileiros a fazer essa concessão. Nesse mesmo ano, foi ampliado o serviço de abastecimento de água da cidade. Ainda nesse mesmo ano, a pedido do Imperador D. Pedro 11, foi fundado em TAUBATÉ , o Instituto de Agricultura, Artes e Oficios. 

1889 - Teve início a construção da Estrada de Ferro TAUBATÉ-Ubatuba, cujas obras, já bastante adiantadas, foram paralisadas definitivamente, por razões políticas e econômicas. 

1890 - A 16 de agosto, foi fundado o Núcleo Colonial Agrícola de Quiririm. 

1891 - A 4 de maio, tiveram início as atividades daquela que seria a indústria pioneira no Vale do Paraíba, a C. T. I. (Companhia TAUBATÉ Industrial) com sua primeira diretoria organizada pelo empresário Félix Guisard, composta pelos senhores Waldemar Bertelsen (Diretor Comercial) e Rodrigo Nazareth de Souza Reis (Diretor-Presidente). 

1893 - Instalação da Empresa Telefônica de TAUBATÉ, de propriedade da firma Barbosa & Barbosa. 

1895 - A IQ de dezembro, foi fundada em TAUBATÉ, a Associação Artística e Literária, pelo Df. Gastão Aldano Vaz Lobo da Câmara Leal, reunindo diversos grupos para produções culturais em diferentes áreas. 

1897 - Foi inaugurado o Hipódromo Taubateense. 

1899 - Foi editado por Coelho de Carvalho, o Almanaque Ilustrado do Diário de TAUBATÉ. 

1900 - TAUBATÉ produziu 600.588 arrobas de café, peso equivalente a 53.236.720,908 Kg ., considerada a maior produção da região, passando a liderar a produção cafeeira no Vale do Paraíba. Nesse mesmo ano, T AUBATÉ era a cidade mais populosa da região, com 36.723 habitantes. 

1902 - A 7 de setembro, foi inaugurada a primeira escola pública de TAUBATÉ, construída no mesmo local da antiga Câmara e Cadeia - esquina das ruas Marquês do Herval e São José (atuais Dr. Pedro Costa e Anízio Ortiz . o Monteiro). E a atual Escola Estadual de 1- Grau Dr. Lopes Chaves. Seu projeto de construção foi fiscalizado por Euclides da Cunha. Nesse mesmo ano, era fundada a Associação dos Empregados no Comércio de TAUBATÉ. 

1903 - Inaugurou-se a sede da Associação Artística e Literária, à Rua Visconde do Rio Branco, no mesmo prédio onde atualmente funcionam os Departamentos de História, Letras e Pedagogia, da Universidade de TAUBATÉ. 

1905 - Rabello & Cia. editaram um Almanaque Ilustrado de TAUBATÉ. 

1906 - Realizou-se em TAUBATÉ, a 26 de fevereiro o Convênio de Taubaté, reunindo os governantes dos três maiores produtores de café do país: Jorge Tibiriçá (SP), Francisco Salles (MG) e Nilo Peçanha (RJ). 

1908 - A 15 de janeiro, tomou posse o primeiro Prefeito Municipal de TAUBATÉ, Dr. Gastão Aldano Vaz Lobo da Câmara Leal, para um mandato de sete anos. Nesse mesmo ano, a 7 de junho, foi criado o Bispado de TAUBATÉ, pelo Papa Pio X, através da bula Dioecesium Nimiam Amplitudinem. Ainda nesse mesmo ano, Taubaté e cidades vizinhas foram assoladas por um surto de varíola. 

1909 - A 29 de abril, foi nomeado o primeiro bispo de TAUBATÉ, D. Epaminondas Nunes de Ávila e Silva. 

1910 - A 20 de fevereiro, foi inaugurado o Seminário Episcopal de TAUBATÉ e o Colégio Diocesano Santo Antonio, ambos criados por D. Epaminondas, primeiro bispo de TAUBA TÉ. 

1912 - Pela Lei n2 1343, de 17 de dezembro, foi fundado o 52 Batalhão da Polícia Militar de TAUBATÉ. 

1913 - Foi inaugurado em TAUBATÉ, o serviço de iluminação elétrica, fornecida pela usina da Empresa de Eletricidade São Paulo e Rio de Janeiro, em substituição à iluminação a gás, em funcionamento desde 1884. 

1914 - A 1- de novembro, foi fundado o Esporte Clube TAUBATÉ. Nesse mesmo ano, o jornal O Estado de São Paulo publicou o artigo Uma Velha Praga, de autoria do escritor taubateano Monteiro Lobato. 

1915 - Foi inaugurado o Mercado Novo (atual Mercado Municipal), no mesmo local onde, desde 1860, já existia o Mercado Velho. 

1918 - A literatura brasileira enriqueceu-se, com a publicação da obra Urupês, primeiro trabalho literário de autoria de Monteiro Lobato, que o imortalizou pela criação do personagem Jooa Tatu. 

1919 - A 2 de março, foi inaugurado o Orfanato Santa Verônica. 

1921 - A 19 de setembro, foi inaugurado o Cine-Teatro Polytheama, atual Cine Metrópole, projeto do arquiteto italiano Andrea Parodio 

1924 -Instalou-se em TAUBATÉ, a Companhia Fabril de Juta Ltda. 

1925 - Em dezembro, a Lei n.º 2.087, criou o Distrito de paz de Quiririm. 

1926 - Pela Lei Municipal nQ 247, datada de 18 de março, foi criado o Brasão de Armas de TAUBATÉ, de acordo com projeto de historiador Affonso dEscragnole Taunay e desenho de José Wasth Rodrigues. Nesse mesmo ano, foi inaugurada a Rodovia São Paulo - Rio de Janeiro. 

1929 - A 24 de setembro, foi inaugurado o Santuário de Santa Terezinha, cuja construção somente seria concluída na década de 1930. Nesse mesmo ano, foi criada em TA UBA TÉ , a Escola Normal Municipal. 

1930 - Em razão da Revolução que colocou Getúlio Vargas no poder, foi nomeado interventor em TAUBATÉ , o Major João Cândido Zanani. 1931 - A I Q de outubro, instalou-se o Centro de Saúde de TAUBATÉ. 

1932 - Iniciada a Revolução Constitucionalista Paulista, TAUBATÉ enviou para as frentes de combate, o Batalhão Jacques Félix. Nesse mesmo ano, instalou­se o Ginásio Estadual de TAUBATÉ, no mesmo prédio da antiga Associação Artística e Literária, extinta em 1927. Ainda nesse ano, começou a funcionar a Cia. Predial de TAUBATÉ. 

1934 - Foi criada a Associação Comercial de TAUBATÉ. 

1936 - A 16 de julho, foi fundado o TAUBATÉ Country Club. 1939 - Foi inaugurado o Instituto Comercial de TAUBATÉ. 

1940 - A Empresa de ônibus Pássaro Marrom inaugurou suas linhas em TAUBATÉ. 

1941 - Inaugurada a primeira estação de radiodifusão de TAUBATÉ, a Rádio Difusora, cujo prefixo era ZY A-8, tendo por Diretor técnico, o radialista, escritor e jornalista Emilio Amadei Beringhs, considerado o pioneiro no mdialismo do Vale do Paraíba. 

1942 - A 5 de fevereiro, comemorou-se o I Centenário de elevação da vila de TAUBATÉ, à categoria de cidade, com a inauguração de um obelisco de granito, contendo três placas comemorativas, instalado na Praça Dr. Campos Saltes. 

1944 - A 3 de fevereiro, foi instalada a Casa da Lavoura de TAUBATÉ, em prédio especialmente construido, na Praça 8 de Maio. 

1945 - A 5 de dezembro, TAUBATÉ comemorou seu III Centenário de elevação à categoria de vila, com a publicação de um Álbum Taubateano, comemorativo ao Tri-Centenário de TAUBATÉ, edição organizada por Benedito Marcondes Ferreira e Joaquim Ortêncio Martins, com o patrocínio da Prefeitura Municipal de TAUBATÉ. 

1946 - A lQ de janeiro, a Câmara de TAUBATÉ completou seu 3Q Centenário. Nesse mesmo ano foi inaugurado o prédio do Fórum de TAUBATÉ, situado na Praça Monsenhor Silva Barros. 

1950 - Inauguração da Rodovia Presidente Dutra (BR 116), em substituição à antiga Estrada Rio-São Paulo. 

1956 - Foi criada a IJI Faculdade em TAUBATÉ , a Faculdade de Filosofia Ciências e Letras, instalada no antigo prédio da Associação Artística e Literária, fundada em 1895. Atualmente, aquele prédio pertence a Universidade de TA UBA TÉ, abrigando em suas dependências os Departamentos de História, Letras e Pedagogia. 

1957 - Instalou-se em TAUBATÉ a primeira indústria de grande porte, a Mecânica Pesada SI A, marco inicial da industrialização moderna, em TAUBATÉ , e região. 

1959 - A 19 de setembro, foi fundado o Ginásio Municipal Prof. José Ezequiel de Souza. 

1967 - A 02 de dezembro, inaugurou-se a Escola de Música, Artes Plásticas e Cênicas Maestro Fêgo Camargo. 

1968 - A 14 de janeiro, foi inaugurado o Estádio Joaquim de Moraes Filho, estádio municipal, sede do Esporte Clube TAUBATÉ, fundado em 1914. 

1972 - Foi criada a bandeira de TAUBATÉ, de autoria do cronista e radialista Emílio Amadei Beringhs, através da Lei Municipal nQ 1358, de 14 dejulho. 

1975 - Foi inaugurado o Hospital de Clínicas de TAUBATÉ, que passou a denominar-se Hospital Santa Isabel, após a transformação do antigo hospital em Hospital Escola da Universidade de TAUBATÉ. 

1976 - A 2 de janeiro, foi criada a Universidade de TAUBATÉ (UNITAU) autarquia municipal, comportando diversos cursos nas áreas de Ciências Humanas, Exatas e Biológicas. 

1981 - A 21 de Abril, foi instalado o Museu Histórico e Pedagógico Monteiro Lobato. 

1982 - A 29 de abril, foi inaugurado o Terminal Rodoviário de Passageiros de TAUBATÉ. 

1985 - A 23 de dezembro, foi inaugurado o Museu de Arte Sacra de TAUBATÉ, instalado na Capela de N. Sra. do Pilar. Nesse mesmo ano, foi criado o Horto Municipal de TAUBATÉ. 

1988 - A 5 de dezembro, foi inaugurada a Divisão de Museus, Patrimônio a Arquivo Histórico de TAUBATÉ, instalada em ampla construção que reproduz, com perfeição, uma das velhas sedes de fazendas produtoras de café da região. 

1989 - Em dezembro, foi criada a Brigada de Aviação do Exército (BAVEX), transformando o I Q Batalhão de Aviação do Exército em Base de Aviação de TAUBATÉ e I Q Batalhão de Helicópteros. 

1991 - Em janeiro, a Brigada de Aviação do Exército transferiu-se para TAUBATÉ. 

1992 - A 5 de fevereiro, comemorou-se o Sesquicentenário de elevação da vila de TA UBA TÉ, à categoria de cidade. 

1995 - A 5 de dezembro, TAUBATÉ comemorou seu 35o. aniversário de elevação do povoado de São Francisco das Chagas, à condição de vila.  

Significado do Nome

O nome da cidade origina-se da língua tupi, e significa aldeia (taba) elevada (ybaté). 

Aniversário da Cidade:

05 de Dezembro 

Gentílico:

taubateano

População:

278.724 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Uma cidade agradável, habitada por um povo simpático e hospitaleiro, que se alegra em compartilhar suas paisagens com os visitantes do mundo inteiro.

Clima:

Tropical de Altitude  

Temperatura Média:

25° C 

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Vale do Paraíba Paulista  

Limites:

Monteiro Lobato, Tremembé, Pindamonhangaba, Caçapava, Redenção da Serra, Natividade da Serra, Lagoinha, São Luiz do Paraitinga. 

Acesso Rodoviário:

BR-116 (Rodovia Presidente Dutra)

Distâncias:

Da Capital:

124 km  

Outras:

 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Museu Histórico “Professor Paulo Camilher Florençano”  

Av. Thomé Portes Del Rey, 925 Jardim Ana Emília CEP12.070-610 Taubaté – SP  

Exposição Permanente ”Taubaté na História do Brasil”
 
Av. Thomé Portes Del Rey, 925 Jardim Ana Emília CEP12.070-610 Taubaté – SP  

Arquivo Histórico Dr. Félix Guisard Filho  

Av. Thomé Portes Del Rey, 925 Jardim Ana Emília CEP12.070-610 Taubaté – SP  
 
Pinacoteca “Anderson Fabiano”  

Av. Thomé Portes Del Rey, 925 Jardim Ana Emília CEP12.070-610 Taubaté – SP
 
Hemeroteca Antonio Mello Júnior  

Av. Thomé Portes Del Rey, 925 Jardim Ana Emília CEP12.070-610 Taubaté – SP  
 
Biblioteca  

Av. Thomé Portes Del Rey, 925 Jardim Ana Emília CEP12.070-610 Taubaté – SP  

Mistau (Museu da Imagem e do Som de Taubaté)  

Av. Thomé Portes Del Rey, 925 Jardim Ana Emília CEP12.070-610 Taubaté – SP
 
MAST (Museu de Arte Sacra de Taubaté)  

Praça do Convênio s/n CEP 12.020-040, Centro Taubaté SP  

MII (Museu da Imigração Italiana)
 
Av. Líbero Indiani, nº 556 Distrito de Quiririm CEP 12.043-270 . Taubaté – SP  

Área de Impressão de Textos
 
Av. Thomé Portes Del Rey, 925 Jardim Ana Emília CEP12.070-610 Taubaté – SP   

Teatro Metrópole
 
Inaugurado em 21 de junho de 1921 em diversos Estilos arquitetônicos do ecletismo – Art Noveau e neoclassicismo como Cine Teatro Polytleama e reinaugurado em 1939 como Cine Metrópole.
O imóvel considerado como documento arquitetônico da memória da cidade passou a integrar o Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do município pelo Decreto Lei n.º 5.502 de junho de 1986.
Muitas reformas durante o período ocorreram e em 1999 o Município adquiriu o imóvel resgatando a memória de sua edificação, adequando as mais modernas técnicas de uso e segurança para o publico.
Palco, som, iluminação foram remodelados, a conservação de sua tradicional arquitetura mantida e a pintura salmão características do moderno.
Hoje a casa de espetáculos tem capacidade de 565 lugares e elogiada por Diretores e Artistas.
Endereço:
Rua: Duque de Caxias nº 312 - Centro
Telefone:
Tel. (12) 3624-5915

1982/92 - O Pelote de Barro

A Rua Imaculada, conhecida como o berço do Figureiro, foi até 1992/93 o local que atraía o turista para aquisição das obras, até esse período as figuras eram criadas e vendidas, sempre na casa de cada figureiro. Dona Luiza (figureira e sócia fundadora da associação), observando uma sugestão de Dona Anita Sampaio (figureira) que percebeu o interesse estampado nos olhos dos visitantes, e por reconhecer a influência de Dona Luiza junto à prefeitura, propôs a aquisição de um cantinho para fazer e expor as figurinhas, a partir desse momento deu-se o inicio a uma saga* que durou aproximadamente 10 anos onde culminou com a construção da “Casa do Figureiro”. 

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

 Março/Dezembro

- Teatralização Da Paixão De Cristo 
 
 Abril
  
- Semana Mazzaropi 
 
- Semana Monteiro Lobato 
 
- Festa Da Imigração Italiana De Quiririm 

 Maio
  
- Festa Da Imigração Italiana De Quiririm

 Julho

- Festival De Inverno 
 
 Agosto
  
- Festa Do Folclore 

 Setembro/Outubro
  
- Festa Do Padroeiro Da Cidade São Francisco Das Chagas 
  
- Festa Do Padroeiro Da Cidade São Francisco Das Chagas 
 
 Dezembro
  
- Aniversário Da Cidade  
 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE TAUBATÉ

E-mail: [email protected]

Telefones: (12) 3625-5000 / 1992

Sites: http://www.taubate.sp.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTAS:

Terminal Rodoviário:

Telefone: (12) 3635-3667

EMPRESAS DE ÔNIBUS DA REGIÃO:

Pássaro Marrom Transportes S/A
SAC: 0800 285 3047

Site: http://www.passaromarron.com.br

Horários:

Site: http://www.emsampa.com.br/busjan/sp_1046.htm

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:


CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

CARTÓRIO DE REGISTRO CIVIL DE TABELIONATO:
 
R Coronel Marcondes de Mattos 176 - Centro
Taubaté, SP | CEP: 12010-100
Telefone: (12) 3686-2672

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites:  www.cnm.org.br

www.taubaté.com.br 

http://pt.wikipedia.org

http://www.cnm.org.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:


 

Comentários de Taubaté

brevimente quero conhecer a cidade de Taubaté faço planos de futuramente morar lá ao ver as fotos da cidade me enteresei o bastante.
Por: Edinaldo Batista da silva

Taubaté é a capital do vale, t em de tudo em qualquer lugar Oi taubaté amanha to ai. Boa noite
Por: Célio César de Oliveira

Ao ver as imagens da cidade de taubate me apaixonei a primeira vista,tambem tenho planos de morar la , pois é uma cidade muito linda e boa para se morar ,as paisagens sao encantadoras , estou apaixonada mesmo .
Por: Denise Aparecida Barbosa

Adoro Taubaté!!! morei lá quando era criança , meus pais ainda moram lá. Ir ao sitio do pica-pau, é como voltar a infancia. É muito lindo o vale do Itaim e o sitio.
Por: sandra

A cidade de Taubaté, é a princesa da Literatura e Cultura, tendo em vista, seus ilustres filhos: Monteito Lobato, Mazzaropi, Hebe Camargo e mais... Frisamos também, ser uma linda cidade...
Por: Antonio Cícero da Silva(Águia)

0
hotéis, pousadas e serviços encontrados em Taubaté
Fundação:
1650
Altitude:
580m
População:
229.130 habitantes
Área:
627,4km²
Densidade Demográfica:
365,21hab/km²
CEP:
12000-000

Envie seu comentário sobre Taubaté