Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Barreiras?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Barreiras

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




 

Roteiros do Brasil

Região Caminhos do Oeste

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

A história das primeiras comunidades presentes no oeste da Bahia remonta à história do início da colonização do Brasil. O gado foi um fator importante para a penetração das primeiras populações naquelas regiões ainda inóspitas. Os grandes rebanhos iam avançando às terras inexploradas, banhadas por pequenos rios de águas claras.
Com as conquistas de novas áreas para pastagem, os índios locais eram combatidos e, em muitos casos, havia um trabalho de catequização. Em certo momento, os desbravadores atingiram o entroncamento dos rios São Francisco e Grande, onde uma nova comunidade se assentou. Naquele local, atualmente encontra-se a cidade de Barra. A região viveu, durante muito tempo, na dependência econômica dos rios São Francisco, Grande e Preto, que também foram fundamentais para o povoamento.
O rei de Portugal, no final do século XVII, ordenou que novos povoados fossem fundados nas bacias daqueles rios. A ordem foi apenas um complemento para um movimento que já estava se consolidando. Com o bom avanço comercial, barqueiros e aventureiros subiam o Rio Grande e exploravam áreas desabitadas, culminando na formação de novas comunidades. Com o aumento das navegações no Rio Grande dois pontos distintos surgiram. O primeiro tinha característica de desembarque de mercadorias, que eram deslocadas para Goiás e Piauí. O outro ponto localizava-se na parte inversa do rio e tinha função de escoar a produção local até as regiões exploradoras de ouro de Minas Gerais. Foi nesse local que uma comunidade começou a surgir e levou o nome de São João de Barreiras.
A região de São João de Barreiras viveu como um pequeno entreposto durante cerca de 150 anos. Em 1850, a localidade começou a conhecer um desenvolvimento maior, com a passagem dos povoadores que buscavam atravessar os rios São Francisco e Grande para se dirigirem a Goiás. O desenvolvimento foi ainda mais estimulado a partir de 1880, quando um produto nativo, a borracha de mangabeira, começou a atrair a atenção econômica. A imigração de trabalhadores se tornou forte e o lugarejo começou a se transformar em uma cidade, com os rios recebendo um grande número de navios.
Assim, em 6 de abril de 1891, Barreiras deixou de ser apenas um pequeno vilarejo pertencente ao município de Angical e passou a ostentar o status de cidade. A emancipação do município se deu através da assinatura de uma lei, por parte do então governador baiano José Gonçalves da Silva. Sendo uma cidade, Barreiras deixou de ver parte de suas economias serem repassadas para Angical e também para Campo Largo, que durante muito tempo foi a principal cidade da região.
Com a diminuição da atividade econômica da borracha, o município de Barreiras entrou no século XX com um processo de ocupação lento e com um crescimento econômico diminuto. As principais receitas da cidade vinham da pecuária extensiva e da agricultura de subsistência. Com o aproveitamento dos rios para a obtenção de energia, Barreiras ganhou um novo impulso. Em 1928, foi construída no município a segunda hidroelétrica da Bahia, que fez com que indústrias se instalassem na região. Desse modo, em pouco tempo, a cidade que praticamente não crescia economicamente viu surgir frigoríficos, máquinas beneficiadoras de arroz e algodão, fábricas têxteis, curtumes e empresas especializadas na extração de borracha.
Os bons tempos econômicos de Barreiras duram até 1964. Neste ano, a hidrelétrica foi desativada, fazendo com que a economia do município mergulhasse no caos. Sem meios de transporte, já que os canais de navegação e o aeroporto também foram fechados, a cidade se transformou novamente em um local sem atrativos. Essa situação durou quase dez anos e só começou a se modificar na década de 70, quando foi concluída a rodovia Salvador/Brasília (BR 242). Pouco depois, o município foi beneficiado com projetos de irrigação, patrocinados pelo Codevasf, que fez com que a cidade voltasse a se desenvolver. 

Significado do Nome

O porto de Barreiras era o último, no Rio Grande, pois 5 km acima haviam grandes barreiras de pedra, o que impossibilitava a navegação, por isso era chamada de “o Porto das Barreiras.
Ao surgir como povoado, ao redor do seu porto, a atual cidade de Barreiras, recebeu o nome de São João, em homenagem ao seu padroeiro. No entanto, como o local já era chamado de Porto das Barreiras, por ser o último porto navegável do Rio Grande, o povoado passou a ser chamado de São João das Barreiras, até que por ocasião da sua emancipação política foi abreviado para Barreiras.
Por isso, nossa cidade já recebeu os nome de São João, São João das Barreiras e finalmente, Barreiras.  

Aniversário da Cidade:

26 de Maio  

Gentílico:

barreirense

População:

137.428 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Apesar da expansão, diversificação e o sucesso alcançado na produção agropecuária praticada nas áreas de cerrado, ainda existem no município enormes áreas nas Regiões dos Vales, parcialmente exploradas ou utilizadas por uma agricultura de subsistência. A avicultura e a suinocultura em alta escala são consideradas atividades de baixo custo no Oeste da Bahia, em comparação a outras regiões do país, podendo alcançar uma rentabilidade em torno de 25 a 30%, uma vez que 70 a 80% do custo variável de produção é com a ração a base de milho e farelo de soja, abundantes na região.

Clima:

Tropical  

Temperatura Média:

25° C 

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Extremo Oeste Baiano  

Limites:

AO NORTE - com o município de Riachão das Neves
AO SUL - com o município de São Desidério
A LESTE - com os municípios de Angical e Catolândia
A OESTE - com o município de Luis Eduardo Magalhães e c om o estado de Tocantins.

Acesso Rodoviário:

A BR-242 e a BR-020 são as principais rodovias que atravessam o município.

Distâncias:

Da Capital:

855 km   

Outras: 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Barreiras é hoje, uma cidade de porte médio com um centro comercial e de serviços em pleno desenvolvimento. Começa a despontar no cenário nacional como porta de entrada do mais novo pólo de ecoturismo da Bahia, Caminhos do Oeste. O turismo ecológico é hoje uma atividade em franca expansão em todo o mundo, uma indústria geradora de empregos, desenvolvimento e progresso e aqui surge sem dúvida nenhuma, como mais uma fonte de receitas para o município e ainda possibilita valorizar os recursos naturais, preservar o meio ambiente e melhorar a qualidade de vida.

Principais Pontos Turísticos:

Atrativos Turísticos
                  
Barreiras abriga um verdadeiro paraí­so ecológico, com rios, corredeiras, cachoeiras, veredas, serras e vales. Praticar canoagem ou andar de jet-ski no Rio Grande, fazer bóia-cross no Rio de Ondas, andar em trilhas na caatinga e apreciar as cachoeiras do Acaba Vida e Redondo são algumas das opções. A companhia de um guia de turísmo é o ideal para explorar as belezas da região. A cidade também é famosa pela celebração das festas do Divino Espírito Santo e de São João, padroeiro do município.

Rios de Barreiras
 
Barreiras é uma cidade de águas doces, recortada por rios em toda a sua extensão. O maior e mais importante é o Rio Grande; afluente da margem esquerda do Rio São Francisco. Destaque na paisagem da cidade, o rio forma uma verdadeira ilha fluvial em torno do Centro Histórico. Sua vasta extensão é ideal para a prática de esportes náuticos e pesca esportiva. Se quiser incrementar o passeio, basta seguir de barco até Barra, ponto de encontro com o São Francisco e, a partir daí, seguir viagem nas águas esverdeadas do Velho Chico.
Com águas cristalinas, o Rio de Janeiro percorre cerrados e vales férteis, formando diversas quedas d’água em toda a sua extensão. As mais famosas são as cachoeiras do Acaba Vida e do Redondo, com belas piscinas naturais, excelentes para banho. O rio segue pelo município até desaguar no Rio Branco, próximo à Serra Geral, acompanhando a paisagem rural da natureza em sua plenitude. O Rio Branco recorta os povoados de São Vicente e Cantinho do Senhor dos Aflitos, entre fazendas e pequenas comunidades em harmonia com o meio ambiente.
Emoldurado por serras e grandes veredas de buritis, o Rio de Ondas desponta em um cenário deslumbrante, um verdadeiro paraíso natural na cidade de Barreiras. O rio mescla espaços para banhos com trechos raros, o que permite a sua travessia a pé ou no lombo de animais. 

Grutas do Catão, Sumidouro, Buraco do Inferno e Paulista
 
Em meio à mata densa, cercada de árvores de grande porte e com um grande penhasco em forma de U, a Gruta do Catão emoldura uma paisagem exuberante. À entrada, o lindo Lago Azul, cartão postal da região. Um filete de água emerge à superfície justamente na abertura de um grande salão por onde corre um riacho, desaparecendo mais adiante.
A gruta fica na divisa com São Desidério. A trilha de acesso é de 100 metros aproximadamente.
Próximo fica a Gruta do Sumidouro, palco de um raro fenômeno da natureza: a água baixa e sobe como se fosse uma maré, sempre acompanhada de um barulho singular. Um braço do Rio Salitre atravessa a caverna em toda a sua extensão com afloramentos que permitem o banho. Uma das três bocas da caverna é ótima para praticar rapel. A luz solar penetra todo o interior desta caverna, rodeada por um belo jardim tropical, repleto de samambaias. Mais adiante, a Gruta do Buraco do Inferno surge em meio a uma trilha por entre palmeiras de piqui e babaçu e belos exemplares de jatobá, aroeira e barriguda. O paredão de 50 m de altura se destaca entre as pequenas cavernas e grutas das redondezas. A aventura está garantida em um alpinismo de pura adrenalina. Com inscrições e pinturas rupestres datadas de milhares de anos, a Gruta do Paulista é um paraíso para os amantes da arqueologia, que consideram o local um antigo observatório astronômico. 

Cachoeiras do Acaba Vida e do Redondo

Contornada por serras, a cidade de Barreiras é entrecortada por vários rios e ribeirões de águas límpidas, que surpreendem com cachoeiras maravilhosas.
Alimentada pelo Rio de Janeiro, a Cachoeira do Acaba Vida inunda um vale verde de veredas de buritis altamente preservadas. São 36m de queda livre e um visual deslumbrante, emoldurado pela mata. A nascente forma uma piscina natural de rara beleza. A cachoeira fica a 58 km da cidade, pela BR-020. Mais um km em estrada de terra para chegar a este pedaço do paraíso. Cerca de 20 km adiante do Acaba Vida, em estrada de terra, está a Cachoeira do Redondo, uma queda dágua arredondada que forma uma grande piscina transparente com três metros de profundidade.  

Centro histórico de Barreiras

Abriga as praças e ruas mais antigas da cidade. O turista pode apreciar casarios datados do final do século XIX e começo do século XX. À margem do Rio Grande, esses casarões são um ótimo exemplo da arquitetura neoclássica predominante na cidade.

Casa onde nasceu o ex-governador da Bahia

Antônio Balbino, construída em 1905. A Casa da Sertaneja, de 1919 e em perfeito estado de conservação, transporta o visitante para o século passado.

Igreja de Santa Terezinha

Datada de 1881 e em estilo neoclássico, foi a primeira capela de Barreiras.

Praça Duque de Caxias

Mais antiga da cidade, traz o tradicional coreto no centro. Nela, está localizado o prédio onde funcionou o Paço Municipal, construído no final do século XIX e que, por muitos anos, abrigou a Prefeitura de Barreiras.

Usina Hidroelétrica da Bahia

Construída em 1928, o prédio abrigava as três turbinas que eram movidas por uma queda dágua artificial. Apesar de desativada, é uma ótima opção para conhecer um pouco mais a história da cidade e do estado.

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

- Carna-Oeste Canavieiras - Alternativo à tradicional folia da capital, o carnaval em Barreiras vem crescendo a cada ano, tornando-se um importante destino, tanto para os foliões da região, quanto para estados vizinhos. A cidade fica tomada, em geral, por turistas vindos de Goiás, Minas Gerais e Brasília, que no Carnaoeste, conseguem matar a vontade de curtir um carnaval autenticamente baiano. Os grandes nomes da “axé music” não deixam de comparecer. Sobre trios bem equipados, puxam os animados blocos locais, promovendo um espetáculo bem parecido ao que se vê em Salvador. A área de desfile é de 3000m e distribui-se por três extensas avenidas da cidade. A infra-estrutura também é excelente, incluindo banheiros químicos, barracas de “comes e bebes”, segurança, vigilância sanitária, camarotes (com reservas antecipadas) e arquibancadas (os ingressos podem ser comprados na hora.

-Terno de Reis - Com indumentárias vistosas, ornamentadas com areia brilhante, miçangas e diversos detalhes, os foliões de Reis encenam atos e entoam cantorias em louvação à divindade de Cristo, quando agraciado e adorado pelos Três Reis Magos, sob a guia da Estrela de Belém.  Celebrado tanto nos festejos natalinos quanto no dia de Reis, em 6 de janeiro, o Terno percorre as ruas durante a noite, visitando as casas ao som de viola, caixa e pandeiro, pregando tempos de fé e candura. Tradição seguida à risca nas cidades de Alcobaça, Barreiras, Conde, Jacobina, Lençóis, Morro do Chapéu, Mucuri, Palmeiras, Porto Seguro, São Félix, Santo Antônio de Jesus e Vitória da Conquista.   

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARREIRAS

E-mail: ascom@barreiras.ba.gov.br

Telefones:  (77) 3614-7161 / 7160 

Sites: http://www.barreiras.ba.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Telefones: (77) 3613-752

Terminal Rodoviário:

Telefone: (77) 3612-4343

EMPRESAS DE ÔNIBUS DA REGIÃO:

Itapemirim Transportes

SAC: 0800 723 2121

Decifiente Auditivo

SAC: 0800 726 0246

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

1° OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS:

E-mail:

Telefones: (77) 3612-5088

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.bahia.com.br

www.cnm.org.br

www.wikipedia.com.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:  

 


Conheça nossas opções de hotéis em Barreiras e pousadas em Barreiras para visitar Barreiras.

Promova a cidade de Barreiras no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!