Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Borba?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Borba

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Roteiro: Boi Bumbá e Festivais

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE:

Borba foi a primeira vila criada em território Amazonense, originou-se da Aldeia do Trocano. Fundada em 1728, ou pouco mais tarde, pelo Frei João Sampaio, da Companhia de Jesus, um dos mais célebres catequistas do rio Madeira.
Em 03.03.1755 é criado, por Carta Régia, a Vila de Borba.
Em 01.01.1756, instalação da Vila de Borba Nova, contando o ato com a presença de Mendonça Furtado, governador do Grão-Pará.
Habitavam primitivamente a região os perigosos índios Muras.
O povoamento da capitania constituía, então, um sério problema. Para realiza-lo o governador Melo de Povoas, concedia aos brancos que se casassem com as índias, alguns favores, como o fornecimento gratuito de instrumentos agrícolas. Em Borba, então, foi onde se realizaram primeiramente esses casamentos.
Em 1785, Borba já cultivava, e até exportava para Belém, café e tabaco.
Em 1833, Borba não pôde fugir à agitação que reinava por toda província. Em meados daquele ano, os Muras insuflados por um grupo de nativistas, invadiram a vila à procura dos portugueses ali residentes. A população, sobressaltada, de início fugiu ao combate, refugiando-se nos arredores da vila. Reagiu, depois, punindo os rebeldes e normalizando a situação.
Ainda no ano de 1833, Borba perde a Categoria de Vila, passando à Freguesia, com a denominação de Araretama.
Em 1835-39, durante a revolta dos Cabanos no Amazonas, Borba foi uma das raras localidades que resistiram aos rebeldes, não caindo em poder dos mesmos, apesar de haver sofrido violentas investidas.
Em 04.09.1856, pela Lei Provincial nº 71, a subordinação da Freguesia de Borba é transferida do Termo Judiciário de Maués para o de Manaus.
Em 10.12.1857, pela Lei Provincial nº 73, Borba volta à condição de vila e, conseqüentemente, sede do município.
Em 06.11.1858, pela Lei Provincial nº 92, Borba perde novamente a Categoria de Vila.
Em 04.07.1877, pela Lei Provincial nº 362, é restabelecida a vila e volta a ser sede do município.
Em 28.04.1886, pela Lei Provincial nº 715, mais uma vez é extinto o município.
Em 26.09.1888, pela Lei Provincial nº 781, fica definitivamente criado o município de Borba, com território desmembrado de Manaus.
Em 10.09.1891, pela Lei Estadual nº 14, é criado o Termo Judiciário a Comarca de Borba.
Em 13.08.1894, pela Lei nº 65, é elevado a Comarca de Borba.
Em 1911, na divisão administrativa o município se compõe de seis distritos, que são: Borba, Araras, Alto Aripuanã, Canumã, Abacaxis e Rosarinha.
Em 30.10.1913, pela Lei nº 741, a Comarca de Borba é extinta, sendo o Termo Judiciário de Borba subordinado à Manaus.
Em 14.02.1916, pela Lei Estadual nº 844, Comarca de Borba é restaurada.
Em 1921, novamente é extinta a Comarca de Borba, sendo seu Termo Judiciário subordinado a Manicoré.
Em 02.10.1928, pela Lei Estadual nº 1.397, é definitivamente restaurada a Comarca de Borba, que se reinstala em 04.01.1929.
Em 31.03.1928, pelo Decreto-Lei Estadual nº 68, a sede do município é elevada à Categoria de Cidade.
Em 1933, na divisão administrativa o município constituiu-se de apenas um distrito.
Em 01.12.1938, por Decreto-Lei Estadual nº 176, foram criados os ditritos de Axinim, Canumã, Foz do Aripuanã e Sumaúma; e perde parte de seu território para o município de Maués.
Em 19.12.1955, pela Lei Estadual nº 96, Borba perde os distritos de Foz do Aripuanã e Sumaúma para o Município de Novo Aripuanã e parte do Distrito Sede para o também novo município de Autazes. 

Significado do Nome:

 

Aniversário da Cidade:

1º de Janeiro 

Gentílico:

borbense

População:

35.919 habitantes - censo IBGE/2012

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Setor Primário
- Agricultura: mandioca, arroz, feijão, juta, milho, abacate, banana, laranja e tangerina. A produção é para o abastecimento local e o excedente para municípios vizinhos.
- Pecuária: bovinos, suínos, ovinos e caprinos. Atividade relativamente expressiva para o corte e exportação para municípios do estado e intercâmbio com Mato Grosso.
- Pesca: com alguma produtividade pra exportação regional.
- Extrativismo Vegetal: borracha, gomas, madeira, castanha-do-pará, óleo de copaíba, seringueira (látex), pau-rosa (essências), além de madeira para a indústria da construção e mobiliária. É uma atividade bastante desenvolvida, constituí-se na principal fonte de renda do município.

Setor Secundário
- Indústrias: de alimentos, de mobiliário, de borracha (látex), de química, madeireira, de materiais de transporte e de produtos minerais não metálicos.

Setor Terciário
- Comércio: varejista, atacadista, prestação de serviço e revenda de criação doméstica

Clima:

equatorial, quente e úmido  

Temperatura Média:

29º C 

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

5º Sub-Região – Região do Madeira 

Limites:

Município de Maués
Município de Mato Grosso
Município de Manicoré
Município de Beruri

Acesso Rodoviário:

Via Fluvial 

Distâncias:

Da Capital:

Em linha reta entre Borba e a Capital do Estado, 150 Km.

Por via fluvial entre Borba e a Capital do Estado, 215 Km. 

Outras: 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Riquezas Naturais

A flora e a fauna constituem importantes riquezas do município, especialmente a flora, cuja exploração é a principal fonte de sua receita, destacando pelo seu valor econômico a castanha-do-pará e a seringueira, além do pau-rosa e a copaíba.
A fauna é também de grande importância. Nessa sobressai animais silvestres como: queixadas, veados, caititus, além dos aquáticos com várias espécies de peixes.
Há ainda, minérios no município como: ferro, manganês, mica, ouro e mercúrio.

Atrações Turísticas

O rio Madeira, é o mais importante afluente do Amazonas, cuja margem direita está situada a cidade de Borba. Era chamado antigamente pelos naturais – Caiary – rio branco, em homenagem as suas águas de cor leitosa. É mais largo e o mais baixo afluente do Amazonas, sendo portanto, considerado uma atração turística.  

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE BORBA

E-mail:

Telefones: (92) 3512-2065

Sites: http://www.prefeituradeborba.am.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Aeroporto:

Telefone: (92) 33512-1015

Terminal Rodoviário de Manaus-AM

Terminal Rodoviário Engº Huascar Angelim - Manaus
Av.. Recife, s/nº
Telefone: (92) 3642-5805

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

 

CARTÓRIO JUDICIAL E ANEXOS:

E-mail: ivoalmeida.tabeliao@bol.com.br / iarodrigues@vivax.com.br

Telefones: (92) 3512-1351

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS: (92) 3512-1104   

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA: (92) 3512-1104

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.bv.am.gov.br

http://pt.wikipedia.org

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 

 

 


Conheça nossas opções de hotéis em Borba e pousadas em Borba para visitar Borba.

Promova a cidade de Borba no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!