Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Mimoso do Sul?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Mimoso do Sul

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região Turística Sul

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE:

Em 1581 o padre jesuíta Almada funda a Fazenda Nossa Senhora das Neves da Muribeca e a igreja de mesmo nome. Com a expulsão dos jesuítas (1759) as terras são arrematadas em hasta pública, em 1772. Em 1852 surge a povoação de São Pedro, que vem a ser sede do município, com o nome de São Pedro de Alcântara do Itabapoana, com território desmembrado de Cachoeiro de Itapemirim, pela Lei Provincial nº 1, de 29 de julho de 1887. Sua instalação se dá em 20 de novembro de 1890. Os Decretos estaduais nº 113, de 26 de novembro de 1930 e nº 3.468, de 1933, transferem a sede municipal para a povoação de Mimoso, que, a partir de 31 de dezembro de 1943, passa a chamar-se Mimoso do Sul.  

Significado do Nome:

 

Aniversário da Cidade:

08 de Julho 

Gentílico:

mimosense

População: 

25.898 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:


Clima: 

Tropical 

Temperatura Média:

  

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Sul Espírito-santense

Limites

Campos dos goytacazes ao sul, muqui ,alegre e atílio vivaqua ao norte,a leste com presidente kennedy e a oeste com apiacá e são josé do calçado. 

Acesso Rodoviário 

ES-177
ES-391
BR-101
ES-297 

Distâncias
.
Da Capital

175 Km 

Outras: 

Temperatura Média

Vitória: 173 km
 
Colatina: 287 km
 
Linhares: 310 km
 
Cachoeiro de Itapemirim: 44 km (via Muqui), 56 km (via BR 101)
 
Muqui: 15 km
 
Rio de Janeiro: 328 km

Belo Horizonte: 355 km  

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Monumento ao Cristo Redentor (Sede)
 
Obra inaugurada no governo municipal de Pedro José da Costa em 11 de julho de 1982, teve como construtor o Sr. Antônio Moreira.

São Pedro de Itabapoana (Distrito) 

Sitio histórico. Antiga sede do município. Dista 30 km da sede.

Mina (sede) 

Localizado no córrego Santa Marta no final da Rua São Sebastião.

Pocitos (sede) 

Dista 4 km seguindo a Estrada de Ferro Leopoldina para Cachoeiro de Itapemirim. Está localizado no rio Muqui do Sul.

Cachoeira das Garças 

Localizada no Rio Itabapoana. Dista à 30 km da sede na Estrada Mimoso-Apiacá.

Corredeira do Poço D’antas' 

Localizado no rio Muqui do Sul na Fazenda Poço D’antas no distrito Conceição do Muqui. Dista 32 km da sede.

Estação Ferroviária

E. F. Leopoldina (1895-1975)
RFFSA (1975-1996) 
MIMOSO DO SUL
Município de Mimoso do Sul, ES
Linha do Litoral - km    ES-1907
Inauguração: 01.07.1895
Uso atual: n/d   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d 
 
Histórico da Linha: O que mais tarde foi chamada linha do litoral foi construída por diversas companhias, em épocas diferentes, empresas que acabaram sendo incorporadas pela Leopoldina até a primeira década do século XX. O primeiro trecho, Niterói-Rio Bonito, foi entregue entre 1874 e 1880 pela Cia. Ferro-Carril Niteroiense, constituída em 1871, e depois absorvida pela Cia. E. F. Macaé a Campos. Em 1887, a Leopoldina comprou o trecho. A Macaé-Campos, por sua vez, havia constrtuído e entregue o trecho de Macaé a Campos entre 1874 e 1875. O trecho seguinte, Campos-Cachoeiro do Itapemirim,foi construído pela E. F. Carangola em 1877 e 1878; em 1890 essa empresa foi comprada pela E. F. Barão de Araruama, que no mesmo ano foi vendida à Leopoldina. O trecho até Vitória foi construído em parte pela E. F. Sul do Espírito Santo e vendido à Leopoldina em 1907. Em 1907, a Leopoldina construiu uma ponte sobre o rio Paraíba em Campos, unindo os dois trechos ao norte e ao sul do rio. A linha funciona até hoje para cargueiros e é operada pela FCA desde 1996. No início dos anos 80 deixaram de circular os trens de passageiros que uniam Niterói e Rio de Janeiro a Vitória.
 
A Estação: A segunda estação (Mimoso) projetada nas imediações da fazenda do Mimoso, quilômetro 35, oferece um magnífico ponto de concentração para as fazendas de seus arredores, assim como para servir ao arraial de Conceição do Muqui, a 15 ou 18 quilômetros acima do rio Muqui do Sul, sendo, entretanto, abrir uma estrada, necessário, para por o arraial em comunicação com a estação projetada. Essa estação pode igualmente fornecer 50.000 arrobas ou 750 quilogramas. (Edmundo Siqueira, Resumo Histórico da Leopoldina Railway, 1938) Em 1930, Mimoso se tornou município. Nos anos 40, passou a se chamar Mimoso do Sul.  

Estação Ferroviária - PONTE DE ITABAPOANA
(antiga ITABAPOANA) - Município de Mimoso do Sul - ES 

E. F. Carangola (1879-1890)
E. F. Leopoldina (1890-1975)
RFFSA (1975-1996) 
PONTE DE ITABAPOANA
(antiga ITABAPOANA)
Município de Mimoso do Sul - ES
Linha do Litoral - km 384,54 (2003)   ES-1245
Inauguração: 13.06.1879
Uso atual: n/d   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d 
 
Histórico da Linha: O que mais tarde foi chamada linha do litoral foi construída por diversas companhias, em épocas diferentes, empresas que acabaram sendo incorporadas pela Leopoldina até a primeira década do século XX. O primeiro trecho, Niterói-Rio Bonito, foi entregue entre 1874 e 1880 pela Cia. Ferro-Carril Niteroiense, constituída em 1871, e depois absorvida pela Cia. E. F. Macaé a Campos. Em 1887, a Leopoldina comprou o trecho. A Macaé-Campos, por sua vez, havia constrtuído e entregue o trecho de Macaé a Campos entre 1874 e 1875. O trecho seguinte, Campos-Cachoeiro do Itapemirim,foi construído pela E. F. Carangola em 1877 e 1878; em 1890 essa empresa foi comprada pela E. F. Barão de Araruama, que no mesmo ano foi vendida à Leopoldina. O trecho até Vitória foi construído em parte pela E. F. Sul do Espírito Santo e vendido à Leopoldina em 1907. Em 1907, a Leopoldina construiu uma ponte sobre o rio Paraíba em Campos, unindo os dois trechos ao norte e ao sul do rio. A linha funciona até hoje para cargueiros e é operada pela FCA desde 1996. No início dos anos 80 deixaram de circular os trens de passageiros que uniam Niterói e Rio de Janeiro a Vitória.
 
A Estação: A estação teria sido aberta em 1879 pela E. F. Carangola; era a ponta de linha do ramal que deveria atingir Cachoeiro do Itapemirim mas parou por ali mesmo. Porém, como a estação de Santo Eduardo era muito próxima, é bem provável que a data correta da abertura de Itabapoana seja mesmo 02/02/1893, como dizem outras fontes, e a data de 1879 se refira à de Santo Eduardo, que foi realmente aberta nessa época. Em 1/2/1894 foi aberto ao tráfego o pequeno trecho compreendido entre Santo Eduardo e Itabapoana, já pela Leopoldina, com a extensão de 1.659 metros. (Este trecho parece substituir o antigo que já existia, construído pela Carangola). Este era o primeiro pedaço de linha que somente nove anos mais tarde chegaria a Cachoeiro do Itapemirim. Era parte inicialmente da E. F. Santo Eduardo a Cachoeiro, projetada pela E. F. Carangola, comprada pela E. F. Barão de Araruama e revendida à E. F. Leopoldina, que foi quem iniciou a sua construção, em 1893. A dois quilômetros (de Santo Eduardo), na beira do rio Itabapoana, situava-se a vila de Ponte de Itabapoana, já em território do Espírito Santo, pouco maior e com melhor comércio, que incluía uma farmácia, cujo titular era um tipo singular, o desprendido Enéias Mazilli, que, como todo boticário do interior, era obrigado a clinicar. (Luiz Serafim Derenzi, descrevendo a vila nos anos 20.
Nos anos 40, o nome da estação e da localidade, situada no lado norte do rio Itabapoana, divisa dos Estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, foi alterado para Ponte de Itabapoana. Desta estação saía o ramal de Itabapoana, até os anos 50.  

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIMOSO DO SUL - DISTRITO DE DONA AMÉRICA

E-mail:

Telefones: (28) 3555-1333 

Sites: http://www.mimosodosul.es.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário - Vitória-ES

Av. Alexandre Buarque, 350 - Ilha do Príncipe
Telefone : (27) 3222-3366

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO DO REGISTRO CIVIL E TABELIONATO DE NOTAS:

E-mail:

Telefones: (28) 3555-9101

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org/

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

- Stênio Garcia Faro (Mimoso do Sul, 28 de abril de 1933) é um ator brasileiro.
Em 1958, ele se formou no Conservatório Nacional de Teatro, no Rio de Janeiro, e ganhou uma bolsa de estágio no Teatro Cacilda Becker (TCB), o que foi o marco inicial de sua carreira teatral.
Em 1960, Stênio Garcia ingressou no elenco da última fase do Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), intercalando suas atuações com a atividade no Cacilda Becker. No final da década de 1960, ele já era um ator premiado em montagens inovadoras do teatro brasileiro, trabalhando com nomes como Ziembinski, Ademar Guerra, Flávio Rangel e Antunes Filho. No início dos anos de 1960, Stênio apareceu num episódio da série de TV O Vigilante Rodoviário, no papel de um vilão grileiro de terras.
Em 1972, com a mudança para o Rio de Janeiro, o ator começou a se destacar nos mais variados personagens tanto na televisão quanto no cinema, sempre atuando em produções de sucesso.
É casado com a também atriz Marilene Saade.

 

 

- Laura Moreira Braga (Mimoso do Sul, 10 de abril de 1914 — Rio de Janeiro, 17 de abril de 2010), também conhecida como Lady Laura, foi uma costureira brasileira. Ela era a mãe do cantor Roberto Carlos.
Laura Moreira Braga nasceu na cidade de Mimoso do Sul, interior do Estado do Espírito Santo. Casada com o relojoeiro Robertino Braga, também nascido em Mimoso, trabalhou muitos anos como costureira e morava em Mimoso com o marido. Alguns anos depois de casados e já com três filhos, o casal se mudou para Cachoeiro de Itapemirim, também no Espírito Santo, onde nasceu Roberto Carlos, o último filho do casal.
Laura teve quatro filhos: Roberto Carlos, Lauro Roberto, Carlos Alberto e Norma. Ela tocava violão na adolescência. Foi ela quem, em 1954, matriculou seu caçula, Roberto Carlos, no Conservatório de Música de Cachoeiro, onde o garoto aprendeu seus primeiros acordes musicais. Ela queria que ele fosse médico, mas ele com apenas 9 anos, já cantava nas rádios capixabas e decidiu ser cantor. Muito católica, Laura Moreira Braga era devota de Nossa Senhora de Fátima e também de São Judas Tadeu.
Em 17 de abril de 2010 Laura morreu aos 96 anos, devido a uma pneumonia, dois dias antes de seu filho Roberto completar 69 anos de idade. Apesar de ter se tornado conhecida no Brasil em virtude da canção "Lady Laura" e, a despeito do grande sucesso do filho, ela sempre teve uma vida muito discreta.
 

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 

 


Conheça nossas opções de hotéis em Mimoso do Sul e pousadas em Mimoso do Sul para visitar Mimoso do Sul.

Promova a cidade de Mimoso do Sul no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!