Jequitibá

Jequitibá-MG

Bem-vindo a Jequitibá!

Utilize o menu esquerdo para acessar os melhores hotéis em Jequitibá e muitas outras opções de hospedagem na cidade Jequitibá. Você vai encontrar desde camping e chalés, até os melhores resorts e pousadas em Jequitibá.

A cidade de Jequitibá, localizada no estado de Minas Gerais (MG), foi fundada no ano de 1948. A localidade está em uma altitude de 642m em relação ao nível do mar, e possui uma população estimada em 5.328 habitantes. A área total de Jequitibá é de 447,4km², e sua densidade demográfica é de 11,91hab/km² (habitantes por km²). O CEP da região de Jequitibá-MG é 35767-000. Caso você possua informações atualizadas, utilize a área de comentário logo acima para nos enviar a atualização.

Informações de Jequitibá

Roteiros do Brasil

Região Turística Coração das Gerais

Circuito Turístico das Grutas

 

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

O município de Jequitibá surgiu na rota dos bandeirantes por volta de 1670, sendo este um dos 10 primeiros municípios mineiros fundados nesta época por Borba Gato.
Jequitibá pertencia ao município de Sabará, porém em 1869 foi incorporada ao município de Sete Lagoas. Em 1948 teve sua emancipação e a instalação aconteceu no dia 1º de janeiro de 1949. É composta de 21 povoados e um distrito chamado Dr. Campolina (ex- Lagoa Trindade), uma comunidade negra que se destaca por ter sido um quilombo.
A capital de Minas quase foi transferida de Ouro Preto para Jequitibá, em 1867. O deputado Agostinho Francisco de Souza Paraíso conseguiu aprovar na Assembléia Legislativa da província uma lei transferindo a capital de Ouro Preto para Jequitibá. O presidente da província na época, José da costa Machado de Souza vetou a lei, alegando precariedade do Tesouro Estadual e dificuldades que a mudança acarretaria. Voltando a apreciação do Legislativo o veto foi recusado por 17 votos contra 16. Já numa terceira reunião o veto é mantido e Jequitibá perde um dos maiores sonhos que uma cidade mineira poderia ter.
A população é composta de aproximadamente 68% na área rural e de 32% na área urbana. Conforme dados do Censo de 2000. Jequitibá é reconhecida como a Capital Mineira do Folclore, com forte potencial turístico, cultural, religioso, rural e ecoturístico, reserva aos turistas que por aqui passam, surpresas agradáveis. Livre da poluição com uma extraordinária beleza natural, a cidade passa a ser uma opção para quem busca descanso, lazer e qualidade de vida.
Várias opções de entretenimento são oferecidas aos adeptos da natureza, ciclismo, mountainbike, trekking e cavalgadas pelas trilhas que percorrem os vários povoados e comunidades do município.
Nas comunidades rurais e na sede do município encontram-se trabalhos artesanais, em barro, bambu, madeira, bucha vegetal, bordados, pinturas em tecido e quadros, entre outros. Quanto à gastronomia, já foram alvo da reportagem da TV Globo, programa Terra de Minas, com o prato cansanção com frango caipira, doces, licores, queijos e seus derivados são outros produtos artesanais, assim como, a água ardente (cachaça), sendo a mais famosa da região a Cachaça Isaura, sendo que esta foi a primeira a receber o certificado para exportação.

Significado do Nome

Cidade mineira localizada na região central da Zona Metalúrgica de Minas Gerais tem seu nome relacionado a uma espécie vegetal denominada Jequitibá. Seu nome científico é Cariniana estreclensis da família lecythidaceae. Tem como nome popular Jequitibá branco... Possui altura média de 35 a 45 m. Suas folhas são simples d 6 a 12 cm, quando chega a primavera passa a ter um tom avermelhado. As folhas são claras, o fruto é duro, 10 cm, solta a tampa inferior cor marrom claro. Pertence a mata atlântica pela qualidade da madeira e também pelo seu porte. Sua madeira sempre foi muito procurada.  

Aniversário da Cidade

1º de Janeiro

Gentílico

jequitibaense

População

5.153 habitantes

hspace=0 CARACTERÍSTICAS

O município se sobressai nas atividades de agropecuária e hortifrutigranjeiros.

Clima

Tropical

Temperatura Média

20,9º C

hspace=0 COMO CHEGAR

Localização

Localizada na região central da Zona Metalúrgica de Minas Gerais

Limites

Santana de Pirapama, Cordisburgo, Araçaí, Funilândia, Baldim, Sete Lagoas

Acesso Rodoviário

BR 040, MG 238, MG-010, MG-323, MG 238

Distâncias:

Da Capital:

115 km

Outras:


hspace=0 TURISMO

Resumo:

História da Receita – o Cansanção é uma planta nativa da região, se assemelha à urtiga, mas é comestível, com sabor bem agradável, é um alimento acessível a toda população, principalmente as carentes. Dizem as pessoas mais velhas que tem uma característica marcante que é ser calmante, logo depois de comê-lo as pessoas se acalmam chegando mesmo a dormir, é leve e saborosa.

Receita Típica de Jequitibá

- Cansanção com Frango Caipira

Ingredientes:

1 frango caipira picado
1 molho de cansanção
1 xícara de fubá
1 colher de tempero
1 colher de corante
1 copo de óleo
4 dentes de alho

Preparo:

Limpe e pique o frango, refogue em óleo quente, e deixe a cozinhar. Lave as folhas do cansanção soque em pilão com o fubá. Afogue em óleo quente em outra panela e deixe cozinhar, depois de cozido misture os dois, sirva com angu e feijão.

Principais Pontos Turísticos

Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento

Tem sua edificação atribuída ao século XIX, entretanto, conserva muitas características plásticas do século XVIII, na sua simplicidade apresenta uma finura de detalhes e elegância. Ela oferece atrativo imenso aos visitantes, quer pelos seus altares entalhados artisticamente em madeira, quer pelas suas imagens em tamanho natural e de impressionante perfeição fisionômica. Possui belíssimas portas almofadadas, pintadas de azul colonial, contrastando com paredes infinitamente brancas, realçando o estilo do século XIX. Há um bonito retábulo de madeira protegendo o altar lateral de Nossa Senhora do Carmo, formando o conjunto mais artístico da Igreja. O assoalho de aroeira vermelha ainda está muito bem tratado. A Igreja do Santíssimo Sacramento com seu estilo barroco mineiro e com detalhes peculiares, foi tombada como Patrimônio Histórico em 1979 e recuperada pelo IEPHA.

Lagoa Pedro Saturnino

Que é cercada por coqueiros e no centro funciona um bar, a “Ilha do Castelinho” sendo um ambiente agradável e tornou aos freqüentadores um lugar ideal para encontros e um bom bate papo.

Cemitério Velho

Há na cidade, um cemitério construído por volta do século XVIII. Embora seja uma construção antiga, ainda não foi tombada pelo patrimônio histórico.

Buraco do Inferno

A cidade, por estar inserida geograficamente na região formada por rochas do grupo Bambuí, apresenta ocorrência de formação como o BURACO DO INFERNO que é uma cratera onde não se vê o fundo. Vale ressaltar que, apesar de situar-se em propriedade particular, alguns se aventuram para apreciar as belezas existentes dentro do referido local.

Grutas e Trilhas

Para mountainbike, caminhadas, trekking e cavalgadas são favorecidas na região devido às estradas e caminhos serem de predominância de cerrado. A fauna e a flora local tornam-se outros atrativos ao turista que gosta de observar.

Turismo Cultural

Possui uma diversidade cultural formada a partir dos colonizadores portugueses, escravos, bandeirantes e alguns poucos nativos e hoje essa diversidade é também composta por pessoas que migraram de outros estados e cidades trazendo modos diferentes de viver.
Representa a maior riqueza do município. Em poucas regiões mineiras poderão ser encontradas tantas manifestações culturais que demonstram a diversidade da cultura brasileira. Diante de tal riqueza, desde o ano de 1999, Jequitibá ficou reconhecida como Capital Mineira do Folclore, tendo com Governador Franciscus Henricus Van Der Poel (Frei Chico) e como Vice-Governador Saulo Laranjeira.

Curiosidade:

A região é procurada por ufólogos devido a notícias de aparecimento de objetos não identificados.

hspace=0 EVENTOS

Calendário de Janeiro a Dezembro:

- Festa do Cavalo (data móvel - Esta que é uma festa desportiva, cultural e de confraternização acontece durante três dias sendo sexta, sábado e domingo, incluindo na programação provas funcionais, concurso de marchas com boas premiações e excelentes shows, fato este que faz com que a cidade receba em torno de 15.000 visitantes.

- Festa de Nossa Senhora do Rosário e do Divino Espirito Santo (data móvel) - São realizadas em todas as comunidades do município (21 povoados), cada um com sua característica folclórica e religiosa. No município sede, a festa do Divino e de N.Sra. do Rosário são realizadas juntas, porém nas comunidades são realizadas separadamente, cada uma tem o seu dia.

Julho

- Festa do Santíssimo - (3º domingo do mês) - O Santíssimo Sacramento (Hóstia Consagrada – o Corpo de Cristo) é o protetor da cidade.
A festa é comemorada com todas as comunidades existentes no município (21 povoados), acompanhada de ritos católicos e procissão iluminada, com 09 (nove) dias de orações (novena), encerrando-se sempre no domingo.

Setembro

09 e 10 - Festival de Folclore reúne grupos para celebrar a diversidade cultural do país.
Nos dias 09 e 10 setembro, a cidade de Jequitibá, 110 km de Belo Horizonte se transformou em um dos maiores palcos culturais do Estado ao reunir diversos grupos folclóricos para celebrar a diversidade brasileira, preservada no canto e nas danças das nossas raízes.
Nas ruas e nos palcos montados apresentaram-se grupos de várias partes da cidade, além de convidados de outras regiões mineiras. Os visitantes e espectadores puderam presenciar a alegria e desenvoltura de diversas folias como a de Nossa Senhora do Rosário, do Divino e as tradicionais Folias de Reis. Atrações que se destacam também são apresentações do Boi da Manta, Incelência para Chuva, Encomendação das Almas, Batuque, Pastorinhas, Dança do Tear, Contra – Dança, Fim de Capina, Dança da Vara, Dança do Serrador e Cantigas de Roda.
A novidade do 2º Festival de Folclore deste ano foi a retomada do tradicional desfile folclórico, pelas principais ruas da cidade que reúne representantes dos grupos, personagens folclóricos e autoridades locais. O objetivo do desfile foi mostrar para os espectadores a diversidade que se une para defender a cultura e a riqueza das tradições mineiras guardadas por gerações por meio da dança e do canto.

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE JEQUITIBÁ

E-mail: gabinete@jequitiba.mg.gov.br

Telefones: (31) 3717-6222 / 6260

Sites: http://www.jequitiba.mg.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Rodoviária de Belo Horizonte-MG - Terminal Israel Pinheiro

Pça. Rio Branco, 100 - Centro
Telefone : (31) 3271-8933 

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO DO REGISTRO CIVIL E TABELIONATO DE NOTAS:

E-mail: claudia-jequitiba@hotmail.com

Telefones: (31) 3717-6423

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.descubraminas.com.br   

http://pt.wikipedia.org/

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:

0
hotéis, pousadas e serviços encontrados em Jequitibá
Fundação:
1948
Altitude:
642m
População:
5.328 habitantes
Área:
447,4km²
Densidade Demográfica:
11,91hab/km²
CEP:
35767-000

A cidade de jequitibá é linda, possui rico acervo patrimonial. Os jequitibaenses são receptivos e educados.Vale a pena conhece-la. Eu gosto muito da cidade .
Por: Nadir Gonçalves Martins

é uma cidade otima sempre visito ela continue assim´pois adoro jequitibá
Por: amanda

ainda não conheço pretendo visitar a cidade por isso entrei no site espero gostar.
Por: Sueli Rodrigues Alves

Jequitiba é 10 to morrendo de saudades dessa cidade maravilhosa Amo JEQUITIBA
Por: Dayane

Essa ciddade e linda povo ospitaleiro,festas muito boas.que saudades da minha terra,mas nao vai demarar muito estarei ai para ver meu povo que tanto quero bem.
Por: Netinho saturnino

Envie seu comentário sobre Jequitibá