Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Serra Negra?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Serra Negra

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




 

Roteiros do Brasil

Região Estradas e Bandeiras

Circuitos das Águas Paulistas

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Serra Negra foi fundada em 23 de setembro de 1828 por Lourenço Franco de Oliveira. A fundação remete-se à data em que a pequena capela construída nas terras de Lourenço Franco de Oliveira (local do atual bairro das Três Barras) recebeu a concessão de Capela Curada (termo que institui um paróquia) pelo bispo Dom Manoel Joaquim Gonçalves de Andrade, de Mogi Mirim. Em 12 de março de 1841 a capela, pertencente à região de Mogi-Mirim, foi elevada à categoria de Freguesia (povoação sob aspecto eclesiástico). Em 24 de março de 1859, Serra Negra foi elevada à categoria de Vila, sendo os respectivos habitantes obrigados a construir Cadeia e Casa da Câmara a sua custa. A primeira sessão da Câmara Municipal foi realizada em 7 de setembro de 1859. Pela lei n° 113 de 21 de abril de 1885, a Vila de Serra Negra foi elevada à categoria de cidade. Inicialmente, os lavradores que moravam em Serra Negra cultivavam cereais. No ano de 1873 teve o início do plantio de café em larga escala. A partir de 1880 começaram a chegar as primeiras famílias de imigrantes italianos para trabalharem nas lavouras de café, mudando totalmente as características portuguesas da colonização e revelando ser a tradição italiana fator predominante na contribuição da cultura local. Em março de 1892 foi inaugurado o ramal férreo da Companhia Mogiana. A locomotiva fazia o trajeto de Serra Negra até Campinas. Além do transporte de passageiros, o principal produto transportado era o café. O ramal foi desativado em 1956, quando as estradas de rodagem já se desenvolviam em larga escala no país. Na década de 1920 a economia brasileira já começava a sofrer os efeitos ocasionados pelo excesso da produção de café. A baixa dos preços e a má qualidade do produto, somando-se à quebra da bolsa de Nova York em 1929, acarretou a decadência da economia cafeeira. Serra Negra, embora afetada pela crise, já recebia os primeiros benefícios da descoberta da qualidade terapêutica de suas águas minerais a partir da Fonte Santo Antonio, de Luiz Rielli. A descoberta das propriedades radioativas das águas em 1928 levou à criação, em 1930, de um pavilhão hidroterápico construído ao lado da grandiosa fonte. Sua composição mineral, combinada a pequenas doses de radioatividade, revelou serem as águas minerais de Serra Negra indicadas para os mais diversos tratamentos de saúde. O reconhecimento da qualidade das águas minerais levou à denominação de Serra Negra, pelo então Presidente da República Washington Luís, como Cidade da Saúde. Em 1938, o Decreto assinado pelo então governador Dr. Adhemar Pereira de Barros, elevou Serra Negra à categoria de Estância Hidromineral e Climática. Atualmente, a Estância Hidromineral de Serra Negra tem no turismo sua principal atividade econômica, seguida da agricultura, com predominância para o cultivo do café. A cidade possui diversas fontes de acesso público e empresas mineradoras. O desenvolvimento turístico impulsionou a criação de uma rede hoteleira de qualidade, de um comércio diferenciado e de diversos pontos de turismo central e de campo. A característica turística principal da Estância permanece vinculada a idéia de saúde e bem estar, possibilidade de contato com a natureza, ótimo clima, ar puro e momentos de tranqüilidade, e se expande em sua potencialidade de desenvolver novos pontos de turismo rural e de aventura. DENOMINAÇÃO Origem Indígena - A parte do município em que hoje está a cidade de Serra Negra era, a princípio, um aldeamento de indígenas. Segundo a opinião de João Mendes de Almeida, no Dicionário Geográfico da Província de São Paulo, Serra Negra não passa de corruptela de herã=n=yerê, isto é, um pouco volteadora: herã (um pouco) e yerê (voltear), uma clara alusão aos rodeios que o viajante era obrigado a realizar, pelo fato das serras do município serem escarpadas. Fundadores - Na época da fundação da cidade, a vegetação era intensa e a serra escura. Então o local era conhecido como serra negra. Lenda - As toras de madeira eram na época desdobradas por dois escravos, um homem e uma mulher, que usavam uma serra chamada trançador. Toda hora o feitor dizia para a escrava: Serra, negra.  

Significado do Nome

A cidade foi implantada no sopé do alto da serra, uma montanha com a altitude de 1300 metros. Na época da fundação a vegetação era intensa o que a tornava muito escura. Daí a razão porque o seu fundador e seus companheiros, que se instalaram nas Três Barras, sempre que se referiam ao novo local, o chamavam de SERRA NEGRA. Esta é a verdadeira origem do seu nome.
Versão dada pelos índios, que a história registra como sendo da tribo CAIAPÓS: HÉRÃ-N-YERÉ - hérã= um pouco e yeré = dar voltas, isto é, obrigar o viajante a dar várias voltas para chegar ao local, devido as curvas da serra.
Outra versão: a lenda: - No local, havia muita madeira e o costume da época era desdobrar as toras através de uma serra denominada trançador que sobre um girau colocavam-se em cima um escravo e em baixo uma escrava ambos negros. A todo momento o feitor dirigindo-se a escrava dizia: SERRA NEGRA... É claro que isso não passa de lenda.
O então Presidente da República, Washington Luís, ao saber da descoberta das águas minerais, da qualidade do clima e de vida em Serra Negra, denominou o Município como hoje o conhecemos: CIDADE DA SAÚDE.  

Aniversário da Cidade:

23 de Setembro 

Gentílico:

serra-negrense

População:

26.362 habitantes  

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Município serrano, Estância Hidromineral e Climática, conhecido como Cidade Saúde, SerraNegra situa-se numa ramificação da Serra da Mantiqueira, a leste do Estado de São Paulo e faz parte do Circuito das Águas Paulistas. É um grande centro turístico do País que recebe um público flutuante
de 100.000 pessoas durante todo o ano buscando seu clima de montanha, indicado para recuperação pós operatória, e suas águas minerais radioativas, descobertas na década de 20 e transformadas em Centro Hidroterápico na de 30. Possui completa infra-estrutura turística com mais de 20 hotéis, e dezenas de chalés e pousadas. Sua industria de malharia é considerada outra atração turística. Seu nome tem origem em sua vegetação, que na época da fundação do povoado, era intensa e se tornava escura.

Clima:

Temperado, seco e ricamente oxigenado 

Temperatura Média:

20º C 

hspace=0 COMO CHEGAR:

Partindo de São Paulo para Serra Negra, pela rodovia Anhanguera até o km 62, depois de Jundiaí, no trevo de Itú - Itatiba, seguindo à direita até Itatiba, Morungaba, Amparo e Serra Negra. (152 Km.), ou pela rodovia Fernão Dias, via Mairiporã, Atibaia, Bragança Paulista, Socorro, Lindóia e Serra Negra. (175 Km.), ou ainda de Atibaia pela rodovia D. Pedro I, até Itatiba e desta seguir o itinerário nº 1, depois de Jundiaí. (153 Km.)

Localização:

Município da Região Norte no Estado de São Paulo

Limites:

Itapira, Amparo, Monte Alegre do Sul, Socorro e Lindóia.

Acesso Rodoviário:

De São Paulo para Serra Negra, pela rodovia Anhanguera até o km 62 depois de Jundiaí, no trevo de Itú - Itatiba, seguindo à direita até Itatiba, Morungaba, Amparo e Serra Negra. (152 Km.)

De São Paulo para Serra Negra, pela rodovia Fernão Dias, via Mairiporã, Atibaia, Bragança Paulista, Socorro, Lindóia e Serra Negra. (175 Km.), ou ainda de Atibaia pela rodovia D. Pedro I, até Itatiba, Morungaba, Amparo e Serra Negra.

De Campinas a Serra Negra, pela rodovia SP - 340, via Jaguariuna (SP - 95), Pedreira, Arcadas, Amparo (SP - 340) e Serra Negra. (72 Km.)

Do Rio de Janeiro a Serra Negra, pela rodovia Presidente Dutra até Jacareí no Km. 169, seguir à direita pela rodovia D. Pedro I até o Km 106, seguir à direita via Morungaba, Amparo e Serra Negra (511 Km).

De Belo Horizonte para Serra Negra, via Itaquara, Oliveiras, Lavras, Três Corações, Pouso Alegre, Ouro Fino, Monte Sião, Águas de Lindóia, Lindóia e Serra Negra. (499 Km.)

De Curitiba para Serra Negra, pela Br 101 até São Paulo 408 Km., e até Serra Negra. (552 Km.)

Distâncias:

Da Capital:

153 km 

Outras:

 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Monumento ao Cristo Redentor

Inaugurado em 06.07.1952, no alto do Pico do Fonseca. Localizado a 1.080m de altura, o monumento possui 18m, sendo 6m de pedestal e 12m de estátua. O acesso se dá pelo teleférico por veículo através da rua Antonio Jorge José. No local há um mirante e uma lanchonete.

Teleférico

A 1.080m de altitude, faz o trajeto da Praça João Pessoa ao Pico do Fonseca. Instituído em março de 1973, com extensão de 1.400m e 68 cadeirinhas, mantém acesso na Praça João Pessoa.
 
Trenzinhos Tia Linda e Maria Fumaça

Veículo de tradicional city tour pela cidade, seus roteiros se diferem pela inclusão do Parque Fonte Santo
Agostinho ou pelo Parque Fonte São Luiz. A saída ocorre da Praça João Pessoa. Praças: a cidade possui diversas praças que atraem os passantes por sua beleza, como a Praça Barão do Rio Branco, Praça João Zelante, Praça John Kennedy, Praça Sesquicentenário e Praça Lourenço Franco de Oliveira, onde se localiza a Igreja Nossa Sra. Do Rosário (igreja matriz), entre outras

Balneário Municipal

Localizado no Centro de Convenções Circuito das Águas, o complexo hidroterápico oferece banhos de imersão, pérola e turbilhão com sais e essências, saunas seca e úmida, piscina de contraste, duchas escocesa e circular, massagens e tratamento de fisioterapia mediante indicação médica.

Conjunto Aquático 

Constituído por uma piscina com mais de 1.000m3 e piscinas menores, duchas, vestiários, lanchonete, pista de patinação, área verde e fonte Menino Jesus de Praga. Localizado à rua Antonio Jorge José (centro). 

Cinema 

Localizado no Centro de Convenções Circuito das Águas, o Cine Company mantém uma programação atual de filmes para adultos e crianças, funcionando diariamente em diversos horários.

Centro de Convenções Circuito das Águas

Com 15 mil m² de área construída, possui três auditórios que comportam 1.140, 180 e 80 pessoas, três salas de apoio com capacidade para 138 pessoas/ cada e um hall de 4 mil m². Cercado de exuberante paisagem, possui área de exposição externa e amplo estacionamento. O espaço é utilizado durante todo o ano para a realização de congressos, feiras e os mais diversos tipos de eventos de cultura e lazer

Conjunto Aquático Municipal

Constituído por uma piscina com mais de 1.000m3 e piscinas menores, duchas, vestiários, lanchonete, pista de patinação, área verde e fonte Menino Jesus de Praga. Localizado à rua Antonio Jorge José (centro).
Passeios a cavalo e charrete: ponto de aluguel próximo ao Recinto Municipal de Feiras e Exposições de Serra Negra.

Lago dos Macaquinhos

Apresenta área para piqueniques, pesqueiro, aluguel de cavalos, pedalinhos, piscinas, playground, chalés e uma ilha no centro do lago com criação de macaquinhos originários do local. Acesso pela Rodovia Serra Negra Amparo, a 6 Km do centro da cidade.

Disneylândia dos Robôs 

Uma verdadeira cidade de robôs interativos montados com sucatas, brinquedos movidos à água, engenhocas, curiosidades e outros inventos. Fundada em 1988 e localizada à rua Cel. Estevão Franco de Godoy
Recinto Municipal de Feiras e Exposições de Serra Negra: local onde se realizam importantes eventos, como a Festa do Peão de Boiadeiro todos os anos no mês de setembro.

Alto da Serra

Ponto mais alto da região com 1.310m, onde é possível avistar mais de 10 cidades da região, tendo também uma das mais belas vistas.. O acesso é feito pela rua 14 de julho.

Parque e Represa Dr. Jovino Silveira

Estação de tratamento de água. O visitante encontra ampla área verde, quiosques para piqueniques e churrascos, viveiro de pássaros, sanitários, lanchonete, pista de bocha, playground e a fonte Nossa Senhora de Lourdes. Acesso pela Rodovia Serra Negra - Amparo, Km 146.

Recinto Municipal de Feiras e Exposições de Serra Negra 

Local onde se realizam importantes eventos, como a Festa do Peão de Boiadeiro todos os anos no mês de setembro.

Monumento aos Pracinhas e Praça Barão do Rio Branco

Remodelada em estilo europeu, conta com jardins floridos, chafariz e uma pequena cascata

Centro Esportivo

Localizado no final da avenida Juca Preto, em frente o recinto de rodeio da Equipe Casco de Ouro, este conjunto esportivo em formato de um disco voador já foi palco de treinamento de grandes equipes de basquete e vôlei, inclusive das seleções brasileiras. Vale a pena conhecê-lo.

Estádio Municipal Antonio Barbosa Pinto da Fonseca

Iniciadas as obras em 1958, a construção de um estádio veio glorificar Serra Negra com as concentrações da Seleção Brasileira às vésperas das Copas Mundiais de 1962 e 1966. Inaugurado em 22.04.62, o Estádio Municipal de Serra Negra sediou jogos locais e nacionais, e amistosos da Seleção. A estátua existente à entrada do Estádio representa um jogador da antiga CBD (Confederação Brasileira de Desportos, hoje CBF), e foi inaugurada em 22.05.66. Em 10.09.68, o Estádio Municipal passou a se chamar Antonio Barbosa Pinto da Fonseca, em homenagem a este personagem serrano por seus serviços prestados à nossa sociedade.  

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

Janeiro

06 - Festa de São Benedito e Santa Ifigênia
20 - Festa de São Sebastião - Bairro Dos Francos
- Festa dos italianos

 Fevereiro / Março

- Carnaval - festa móvel

 Abril

Semana Santa
Campanha do livro usado
Exposição de antiquários
Exposição de pintura (artistas locais)

 Maio

Música na praça
05 - Homenagem aos Expedicionários Serranos
06 - festa de N.S. das Brotas
2º domingo - comemoração do dia das mães
13 - Festa de N.S. de Fátima
Exposição de cavalo Andaluz - (Casco de Ouro)
Corpus Christi - arraial da caridade - Asilo e tapete de flores na cidade e coral em frente a Matriz

 Junho

Rodeio nos bairros do município
Campeonato de bocha, sinuca e truco
13 - Festa de Santo Antônio
Todos os finais de semana - música na praça

 Julho

Temporada dos clubes (futebol profissional)
1ª quinzena - Festa Julina
2ª quinzena - Festival Musical Kaiser Bock (festival de música MPB festival de jazz e Festival de danças

 Agosto

16 - Festa de São Roque
Festa do Queijo e Vinho (Lions Clube)

 Setembro

Festa do Peão Boiadeiro
23 - Semana do Município (Noite da Poesia)
Feira das Nações

 Outubro

04 - Festa de São Francisco de Assis
12 - Festa da Criança
Exposição Nacional e Internacional de Cães de todas as Raças

 Novembro

01 - Festa da Padroeira

 Dezembro

Festas de Fim de Ano

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE SERRA NEGRA

E-mail: pmesnegra@serranegra.com.br

Telefones: (19) 3892-9600

Sites: http://intra.serranegra.sp.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTAS:

Terminal Rodoviário:

Praça Sesquicentenário
Telefone: (19) 3892-2098

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:


CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

CARTÓRIO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS INTERDIÇÕES:

R Coronel Pedro Penteado 148 lj 26/27 - Centro
Serra Negra, SP | CEP: 13930-000
Telefone: (19) 3892-8133
 

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

Hospital Santa Rosa de Lima
Av. Santos Pinto, 351
Telefone: (19) 3892-1888

Centro de Saúde e Pronto Socorro
Praça Lions Internacional, s/nº
Telefone: (19) 3892-2206

Posto de Saúde
R. Dr. Firmino Cavenaghi, s/nº
Telefone: (19) 3892-2988

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.citybrazil.com.br

http://pt.wikipedia.org

http://www.cnm.org.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 

 


Conheça nossas opções de hotéis em Serra Negra e pousadas em Serra Negra para visitar Serra Negra.

Promova a cidade de Serra Negra no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!