Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Piatã?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Piatã

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região Chapada Diamantina

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Conta os historiadores que a fundação do povoado mais velho da Chapada Diamantina se deu das paragens do movimento expansionista do século XVII, resultando na penetração dos bandeirantes pelos sertões do Rio de Contas, quando subiam o rio a cata de pedras preciosas e principalmente do ouro, junto a serra de Santana e Tromba onde havia negros amocambados desde 1680.
No início do século XVII, com a descoberta de grandes jazidas de ouro junto a serra de Santana, foi construído um Planalto formado pelos vales das duas serras (Santana e Tromba) uma igreja com paredes e portais em pedras lavradas e posteriormente em torno desse templo formou-se uma pequena povoação. Muitos foram os bandeirantes que se aventuraram pelos sertões do Rio de Contas e se confrontaram com os gentios que infestavam a região.
Dentre muitos nomes de bandeirantes, destacamos Pedro Barbosa Leal, como sendo encarregado pelo vice-rei, o Conde de Sabugosa, de abrir um caminho ligando Rio de Contas a Jacobina. Também conta a história que o capitão-mor Antônio Veloso da Silva, que provavelmente era português, teve intensa atuação nos Sertões da Bahia, com ordem do Governo Baiano para combater Índios bravos e negros fugidos. Em 1732 foi imbuído da missão de descer o Rio de contas e conduzir o material da casa de fundição que seria erguida, além de abrir um melhor caminho para aquelas minas. Em 1738 o bandeirante travou um violento combate com os Índios num determinado trecho do rio, fundando ali uma fazenda de gado (hoje Jussiape).
Foi numa expansão descontrolada e silenciosa, que fizeram chegar levas de homens imbuídos da ambição de riqueza no povoado que acentuava progresso e recebia o nome de Bom Jesus dos Limões, pertencente ao município de Minas do Rio de Contas. O distrito de Bom Jesus dos Limões foi criado pela lei provincial nº 169 de 25 de maio de 1842, depois teve seu território desmembrado pela lei nº 1813 de 11 julho de 1878 com a denominação de Bom Jesus do Rio de Contas.
Em 29 de janeiro de 1916 a lei municipal de nº 31 aprovou a lei de nº 1162 e criou o distrito de Ipiranga (hoje Inúbia). Em 8 de julho de 1931 com o decreto estadual nº 7479 Bom Jesus do Rio de Contas passava a se denominar Anchieta. Já em 1934, no dia 29 de maio o decreto lei estadual de nº 8940 cria na sede do Arraial de Cana Brava dos Gatos o distrito de Cabrália. Em 31 de dezembro de 1943 o decreto lei estadual nº 141 deu o nome ao município e a sede que passou a se chamar pelo topônimo de Piatã. Em 1962 perdeu parte de seu território com a emancipação de Abaíra e Boninal. 

Significado do Nome

 

Aniversário da Cidade:

11 de Junho  

Gentílico:

piatãense ou piatense

População:

17.985 habitantes   

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

É o município mais alto e frio do estado da Bahia. Com 1268 metros ele é o mais alto, superando Morro do Chapéu, Rio de Contas e Vitória da Conquista. Tem um clima tropical de altitude e é classificado na escala climática internacional de Köppen como Csb, por apresentar chuvas no inverno e um verão menos chuvoso. Conforme registros na JUCEB, possui 12 indústrias, ocupando o 133º. lugar na posição geral do Estado da Bahia e 178 estabelecimentos comerciais, 191ª. posição dentre os municípios baianos. No setor de minerais é produtor de granito. Seu parque hoteleiro registra 58 leitos. Registro de consumo elétrico residencial (kwh/hab.): 49,14 - 327º no ranking dos municípios baianos.

Clima:

Tropical de altitude Csb 

Temperatura Média:

28º C  

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Piatã encontra-se num platô entre as Serras da Tromba - um prolongamento das Serra da Mantiqueira, onde estão as nascentes do Rio de Contas e do Rio Machado - e de Santana, onde fica a capela do Senhor do Bonfim. 

Limites:

 

Acesso Rodoviário:

 

Distâncias:

Da Capital:

541 km   

Outras: 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Cachoeiras

A maior é a cachoeira do Patrício, no rio de Contas, distante da sede 9 km. Acesso íngreme.

Cachimbai

Localizada no Machado. Uma linda cachoeira com aproximadamente 40 metros e queda d’água.    Cercado por uma enorme rede de pedra, o lugar encanta os visitantes. Embaixo, encontramos uma piscina natural;

Cachoeira 3 Bicas

Cachoeira da Mariazinha

Cahoeira de Piatã

Cachoeira do Cochó

Cachoeira do Rio de Contas

Cachoeira da Malhada da Areia

Visitação

O Encontro das Águas é um belíssimo lugar, onde os rios Machado e Tamborô se encontram. Uma ótima opção de lazer para os finais de semana;

Os Gerais do Rio de Contas

A Bica do Machado

Localiza-se no oeste a 1 km da cidade. 

Serras

Serra de Santana - Serve de pano de fundo à cidade, chamando a atenção pela sua beleza e altitude. Nela está localizada a Capela do Senhor do Bonfim. Foi nesta Serra que os bandeirantes encontraram grandes jazidas de ouro. Samambaias e orquídeas enfeitam a paisagem;

Serra do Navio

Serra da Tromba

Os Três Morros.

Capela do Senhor do Bonfim

A Capela do Senhor do Bonfim é a única construção na Serra do Santana, atraindo os religiosos, mas também os aventureiros.  A trilha de menos de 1 km e com pequeno grau de dificuldade, é considerada uma via sacra e, como tal, costuma ser muito visitada na Semana Santa. Na Sexta-feira Santa, a maioria dos moradores de Piatã a visita em penitência, enquanto outros vão apenas para se divertir. A chegada recompensa o sacrifício. Daí se tem uma bela visão panorâmica da cidade e das serras que a circundam. Nas proximidades, há uma nascente de água, sempre gelada, que refresca e sacia a sede dos que a alcançam. A trilha continua subindo e vale a pena chegar até o cume da Serra do Santana para se ter outra bela vista panorâmica da paisagem serrana de Piatã.

Rio de Contas

Nasce na serra da Tromba e, após atravessar o município de Jequié, deságua no oceano Atlântico na cidade de Itacaré.

Rio Cochó - nasce na serra da Jucia

Rio dos Remédios ou dos Funis;

Rio Gritador do Salitre;

Rio do Casco;

Rio das Palmeiras

Rio das Pedras

Nasce na serra da Jucia e deságua no rio de Contas. 

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

- Festa do Senhor Bom Jesus - Padroeiro da cidade e celebrado no dia 1 de janeiro;

- Carnaval - É uma das festas mais animadas da cidade, realizado na praça da Feira, no centro da cidade;

- Semana Santa - É festejada para lembrar os últimos dias vividos por Jesus Cristo na Terra;

- São João - Festejado a 24 de junho, é caracterizado por música sertaneja pé-de-serra, dança e fogueiras. 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIATÂ

E-mail: falecom@prefeiturapiata.com.br

Telefones: (77) 3479-2130

Sites: http://www.prefeiturapiata.com.br 

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário São Domingos  

Av. Santiago Campostela
Salvador-BA
Telefone: (71) 3431-7355

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS:

E-mail:

Telefones: (77) 3479-2102

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.cnm.org.br

www.municipionline.com.br

http://pt.wikipedia.org/

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 


Conheça nossas opções de hotéis em Piatã e pousadas em Piatã para visitar Piatã.

Promova a cidade de Piatã no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!