Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Aparecida?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Aparecida

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região Vertente Oceânica Norte

Circuito Caminhos do Rio Paraíba

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Seis décadas depois de criada a Vila de Guaratinguetá um certo capitão José Correia Leite adquiriu terras em Tetequeras nas margens do Rio Paraíba do Sul cerca de três léguas abaixo de Pindamonhangaba. O Porto existente em sua fazenda ficou então conhecido pelo nome de Porto José Correia Leite (atual Porto Itaguaçú). Em dezembro de 1716 o rei D. João V nomeou D. Pedro Miguel de Almeida Portugal e Vasconcelos conhecido como Conde de Assumar para governar como Capitão General a Capitania de São Paulo e Minas Gerais que pouco depois seria desmembrada em duas por sugestão dele mesmo. Foi homem importante viria a ser mais tarde vice-rei da Índia. Embarcou no Rio de Janeiro para Angra dos Reis Parati e Santos daí galgou a Serra do Mar e foi a São Paulo onde tomou posse em 04 de setembro de 1717. Pouco depois seguiu para Minas Gerais pela chamada estrada real hospedando-se com toda sua comitiva em Guaratinguetá de 17 a 30 de outubro à espera de suas bagagens que deixara no porto de Parati. A Câmara Municipal da Vila de Santo Antonio de Guaratinguetá viu-se em apuros para abastecer a mesa de tão ilustre visitante por isso convocou os pescadores Domingos Garcia Felipe Pedroso e João Alves e os mesmos saíram em pescaria pelo Rio Paraíba. Desceram e subiram o rio várias vezes e nada conseguiram chegando ao Porto José Correia o pescador João Alves arremessando sua rede às águas do Rio Paraíba sentiu que algo ali se prendera puxou-a de volta ao barco e viu que se tratava de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição sem a cabeça. Arremessou novamente a rede e apanhou a cabeça da imagem. Os três pescadores sem nada entender continuaram a pescaria quando para surpresa de todos os peixes surgiram em abundância para aqueles homens. Segundo o relato daquelas humildes pessoas foram tantos peixes logo conseguido depois de aparecida a imagem que a canoa ficou cheia. Até ameaçava afundar. Alegraram-se muito com o ocorrido e foram levar o pescado à Câmara Municipal de Santo Antonio de Guaratinguetá mas primeiro passaram pela casa de Felipe Pedroso e deixaram a preciosa encomenda confiada aos ciudados de Silvana da Rocha mãe de João esposa de Domingos e irmã de Felipe. Puseram-na dentro de um baú enrolada em panos separada uma parte da outra. A casa de Silvana foi o primeiro oratório que teve aquela imagem e ficou com ela cerca de nove anos até 1726 data provável de seu falecimento. O marido e o filho Deus já os chamara antes. Assim tornou-se herdeiro da imagem seu irmão Felipe Pedroso o único sobrevivente da milagrosa pescaria. Sua casa foi o segundo oratório por seis anos perto da Ponte Sá (proximidade da atual Estação Ferroviária) e também o terceiro por mais sete anos na Ponte Alta para onde se mudara. Em 1739 Felipe Pedroso mudou-se mais uma vez já velho para o Itaguaçú e fez a entrega da imagem a seu filho Atanásio. Até então a imagem ficava dentro do baú guardada e só era tirada de lá nas horas da preces quando era posta sobre uma mesa. Na casa de Atanásio Pedroso que ficou sendo seu quarto oratório ela passou a ter altar e oratório de madeira feitos por ele. Chamava sempre parentes e amigos e com eles rezava o terço e entoava cânticos. O número de devotos começou a aumentar alguns sentiram-se favorecidos por graças e até por milagres que apregoavam. A fama da Santa Aparecida foi crescendo e a notícia dos prodígios chegou aos ouvidos do vigário da Paróquia Padre José Alves que mandou seu sacristão João Potiguara assistir as rezas e observar. Baseado nas informações desse e tendo ouvido outras pessoas resolveu o vigário construir uma capelinha ao lado da casa de Atanásio que nessas alturas estava morando no Porto Itaguaçú onde a imagem fora encontrada.  

Significado do Nome

 

Aniversário da Cidade:

 

Gentílico:

aparecidense

População:

37.629 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:


Clima:

Numa altitude média de 544 m com cotas variando de 620 a 525 metros apresenta principalmente na zona urbana um clima predominantemente quente com inverno seco. Utilizando a classificação de Kópen o clima na região é CWA. 

Temperatura Média:

 22° C

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

O centro da cidade de Aparecida dista 66 Km do Trópico de Capricórnio. O ponto mais meridional fica a 49 km do referido paralelo. Assim o município localiza-se todo na zona intertropical.
O ponto norte da cidade fica à margem direita do Rio Paraíba do Sul; o ponto extremo oeste se localiza na margem do mesmo rio; os pontos extremo sul e leste ficam na Serra Quebra Cangalha na Serra Fria também conhecida como Serra dos Forros. 

Limites:

Potim (N), Guaratinguetá (L), Lagoinha (S) e Roseira (O). 

Acesso Rodoviário:

SP 060 

Distâncias:

Da Capital:

168 km 

Outras:

 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Basílica Nova

O projeto elaborado pelo arquiteto Benedito Calixto de Jesus Neto tem 173 metros de comprimento por 168 metros de largura foram utilizados em sua obra mais de 25 milhões de tijolos e cerca de 40.000 m3 de concreto em uma área total construída de 23.000 m2 sendo a área construída coberta de 18.000 m2.
A Basílica Nacional de Aparecida tem capacidade de abrigar 75 mil pessoas possui a forma de uma Cruz Grega e suas naves possuem uma altura de 40 metros a cúpula mede 70 metros de altura com um diâmetro de 78 metros e sua torre mede 100 metros de altura.
O Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida  recebe atualmente cerca de 75 milhões de peregrinos por ano. Fone: (12) 3104-1000

Basílica Velha

A primitiva Capela de Nossa Senhora da Conceição Aparecida construída pelo padre José Alves Vilela em 1745 passou por duas reformas a primeira entre 1760 e 1780 quando recebeu nova fachada com duas torres e a Segunda entre 1824 e 1834. Atualmente a basílica velha esta passando por uma nova reforma.
Em 1844 uma das torres não oferecia segurança. A Mesa Administrativa que cuidava dos bens da Capela pediu em julho do mesmo ano ao mestre de obras José Melo Costa que verificasse seu estado.  
Constatado o perigo a Mesa decidiu então demolir a torre e construir outra onde o término de sua construção ocorreu somente 19 anos depois em janeiro de 1864. A igreja que foi construída em estilo Barroco ostenta sua artística e vistosa fachada com suas duas torres seu altar-môr e o retábulo foram esculpidos em mármore de Carrara as figuras também em mármore que encimam o altar representam as virtudes. A Basílica Velha foi tombada como monumento de interesse histórico-religioso e arquitetônico pela resolução n°  II de 18 de abril de 1982.
O som de seus carrilhões emociona devotos e turistas sempre às 12 e 18 horas.

Estação Ferroviária

Edificação em estilo Neo Clássico construído pela Estrada de Ferro Central do Brasil no Ramal de São Paulo; passando posteriormente para Rede Ferroviária Federal S.A. e privatizada atualmente para M.R.S. Logística. A primeira romaria composta por quatro trens veio da cidade de São Paulo e dela participaram 5.000 peregrinos.
Dois trens da Central do Brasil um de São Paulo Railway e um da Paulista. A peregrinação chegou ao Santuário de Aparecida em 08 de setembro de 1935.

E. F. do Norte 
E. F. Central do Brasil 
Refesa

Ramal de São Paulo - km 298 108   
Inauguração: 08.07.1877 
Uso atual: local de eventos e cursos da Prefeitura
Com trilhos 
  
HISTÓRICO DA LINHA: Em 1869 foi constituída por fazendeiros do Vale do Paraíba a E. F. do Norte (ou E. F. São Paulo-Rio) que abriu o primeiro trecho saindo da linha da S.P.R. no Brás em São Paulo e chegando até a Penha. Em 12/05/1877 chegou a Cachoeira (Paulista) onde com bitola métrica encontrou-se com a E.F.Dom Pedro II que vinha do Rio de Janeiro e pertencia ao Governo Imperial constituída em 1855 e com o ramal que saía do tronco em Barra do Piraí Província do Rio atingindo Cachoeira no terminal navegável dois anos antes e com bitola larga (1 60m). A inauguração oficial do encontro entre as duas ferrovias se deu em 8/7/1877 com festas. As cidades da linha se desenvolveram e as que eram prósperas e ficaram fora dela viraram as Cidades Mortas... O custo da baldeação em Cachoeira era alto onerando os fretes e foi uma das causas da decadência da produção de café no Vale do Paraíba. Em 1889 com a queda do Império a E.F.D.Pedro II passou a se chamar E.F.Central do Brasil que em 1890 incorporou a E.F. do Norte com o propósito de alargar a bitola e unificá-las. Os trabalhos começaram em 1902 e terminaram somente em 1908. Em 1957 a Central foi incorporada pela Refesa. O trecho entre Mogi e São José dos Campos foi abandonado no fim dos anos 80 pois a construção da variante do Parateí mais ao norte foi aos poucos provando ser mais eficiente. Em 31 de outubro de 1998 o transporte de passageiros entre o Rio e São Paulo foi desativado com o fim do Trem de Prata mesmo ano em que a MRS passou a ser a concessionária da linha. O transporte de subúrbios existente desde os anos 20 no ramal continua hoje entre o Brás e Estudantes em Mogi.  
  
A ESTAÇÃO: A estação de Aparecida foi inaugurada em 1877 pela E. F. do Norte. É também chamada popularmente de Aparecida do Norte nome que vem do tempo em que a ferrovia que a ela levava era a do Norte. Até 1998 ainda existiam trens em alguns fins de semana que levavam os romeiros da estação da Luz até a cidade. Hoje nem isso

Mirante das Pedras

Um belo e aprazível recanto de pedras afloradas no caminho do Porto Itaguaçú possibilitando a contemplação da várzea onde corre o Rio Paraíba e da Serra da Mantiqueira moldurando a paisagem.
O local tem como atração principal a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida medindo 1 80mt de altura possibilitando ao devoto tirar fotografias ao lado da Santa.

Morro do Cruzeiro

Morro de peregrinações com as estações da Via Sacra com 680 metros de altura oferece uma excelente vista da cidade e parte da região. O local é arborizado com gigantescas arvores o que
empresta um delicioso perfume às primeiras horas da manhã.
No percurso há 13 capelas em estilo néo-clássico antigas que abrigam os passos da Via Sacra. Lá no alto na década de 20 foi implantada uma enorme cruz pelos missionários Redentoristas durante as Santas Missões. No esplanada posterior fica o Sepulcro com a imagem do Cristo morto.
É importante notar durante a subida a quantidade de placas espalhadas pelo local atestando a fé e o agradecimento dos peregrinos pelas graças alcançadas.      

Porto de Itaguaçu

Local onde foi encontrada a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida de grande peregrinação para o qual centenas de romeiros afluem afim de conhecer a história de onde tudo começou.
O Porto Itaguaçú pertence a Arquidiocese foi inteiramente remodelado e apresenta infra-estrutura condizente com o fluxo de visitantes.
Possui um marco esculpido pelo artista aparecidense Chico Santeiro no local há algumas barracas e um barco para passeio pelo Rio Paraíba

Terminal Ferroviário

Inaugurado em 07 de setembro de 1971 na gestão do então prefeito  Manoel  Alves Nunes  e  do  presidente  da  Câmara Municipal  Pedro  Gussain   projeto  do   arquiteto Waldson Alves  Pereira   construído  pela  Sociedade  de  Engenheiros Pizzotti   Ltda administrada por concessão pela Sociedade
Bandeirantes de Planejamentos e  Vendas Ltda    possuí  mais de 50 lojas de roupas   lembranças   lanchonetes diversões eletrônicas bomboniere relojoaria revistas e mais de 10 guichês de agências de ônibus.
Possui dois andares em forma circular situada no Centro de  Aparecida  à  Praça Francisco  A. Julinanelli   frente  para a  Praça  Dr.  Benedito  Meirelles  (São Benedito) fundos para a Rua Aristídes de Andrade tendo ao lado esquerdo a Rua São José. 

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:


 

hspace=0 Informações Úteis:

PREFEITURA MUNICIPAL DE APARECIDA

E-mail:

Telefones: (12) 3104-4005 / 1806

Sites: http://www.aparecida.sp.gov.br

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTAS:

E-mail: turismo.comunicacao@aparecida.sp.gov.br

Telefones: (12) 3105-1806

RODOVIÁRIA: (12) 3105-2285

EMPRESAS DE ÔNIBUS DA REGIÃO:

Viação Cometa S/A.

SAC: 0800 942 0030
Deficientes Auditivos e da Fala
Telefone: 0800 770 3603

Site: http://www.viacaocometa.com.br

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:


CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

TABELIÃO DE NOTAS E DE PROTESTO DE LETRAS E TITULOS: 

Rua Barão do Rio Branco 579 - Centro
Aparecida-SP - CEP: 12570-000
Telefone: (12) 3105-1920
 
OFICIAL DE REGISTRO DE IMÓVEIS TÍTULOS E DOCUMENTOS E CIVIL:

Av Zezé Valadão 20 A - São Roque
Aparecida-SP - CEP: 12570-000
Telefone: (12) 3105-8290

CARTÓRIO ELEITORAL:

190ª ZONA ELEITORAL
Rua Alfredo Penido 110 - Centro
Aparecida-SP - CEP: 12570-000
Telefone: (12) 3105-6556

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS: (12) 3105-2155 

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA: (12) 3105-2211

CORREIO:  (12) 3105-3311

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://portal.mj.gov.br

http://www.guiamais.com.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:


 


Conheça nossas opções de hotéis em Aparecida e pousadas em Aparecida para visitar Aparecida.

Promova a cidade de Aparecida no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!