Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece São Bento do Sul?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

São Bento do Sul

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região Caminho dos Príncipes

"CIDADE DOS MÓVEIS, DA MÚSICA E DO FOLCLORE"

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

No século passado a Cia. Colonizadora, com sede em Hamburgo, mesmo não mais possuindo terras na região da então Colônia Dona Francisca (hoje Joinville), continuava a embarcar colonos para a região. O número de colonos alojados no rancho da Companhia, em Joinville, aumentava, sem que houvesse terras para eles. Urgia uma solução. Em 1873, um pequeno grupo de homens subiu a pé, levando mantimentos e ferramentas em lombo de burros. Após dois dias de caminhada, chegaram às margens do Rio São Bento, onde terras haviam sido compradas. Ali construíram o primeiro rancho e de lá partiram para abrir os primeiros caminhos na mata, sempre ao longo do riacho São Bento. Bavária, Prússia, Polônia, Saxônia, Tchecoslováquia e mesmo Brasil eram os países de origem dos primeiros habitantes. Aqui a realidade era outra: mata virgem, floresta densa, povoada por inúmeros animais e pássaros. Foi preciso muita coragem e vontade de trabalhar para construir aqui uma réplica, ao menos parecida com a pátria que deixaram. Buscar uma nova pátria não significava abrir mão dos usos e costumes deixados para trás, por isso, junto com uma vontade indomável de trabalhar, trouxeram sua história, uso, lembranças, língua e saudade. Cultivavam os campo e a cultura, expressa através da música, da literatura, do teatro. Um misto de lembrança, saudade e determinação de vencer compensava as imensas dificuldades que enfrentavam. Dez anos foi o tempo necessário para que os frutos amadurecessem; em 21 de maio de 1883, pela lei Provincial 1.030, foi criado o Município de São Bento do Sul, que foi instalado em 30 de janeiro de 1884. Francisco Bueno Franco foi o primeiro administrador eleito, juntamente com a Câmara de Vereadores. Muitas vezes as lei são criadas acima da vontade dos cidadãos: em 30 de dezembro de 1943 São Bento mudou de nome: pelo Decreto-Lei Estadual número 941, passou a denominar-se Serra Alta. Cinco anos depois, voltou a ter direito a sua denominação inicial: pela Lei Estadual número 247, de 31 de dezembro de 1948, era novamente São Bento. Para melhor localizar a cidade, um ponto geográfico foi acrescentado; era agora São Bento do Sul. Depois vieram os apelidos: Cidade dos Móveis, Cidade da Música, Cidade do Folclore

Significado do Nome

 

 

Aniversário da Cidade

21 de Maio 1883

hspace=0 CARACTERÍSTICAS

Município Estância Climática, localizado no planalto norte de Santa Catarina, na divisa com o Estado do Paraná, São Bento do Sul é conhecido como Capital Nacional dos Móveis, Cidade da Música e do Folclore, é o maior exportador de móveis do Estado, reconhecidos internacionalmente por sua beleza e qualidade. Colonizado por alemães, austríacos, tchecos e poloneses, guarda construções em estilo enxaimel e preserva a cultura dos antepassados. Está atraindo muitos turistas devido ao seu clima serrano e suas cachoeiras. Possui bons hotéis incluindo um quatro estrelas, e pousadas. Seu padroeiro é o Puríssimo Coração de Maria

Clima

Temperado

 

Temperatura Média

16ºC

hspace=0 COMO CHEGAR

Partindo de Florianópolis: BR- 101 ( Rodovia Prestes Maia ) até Joinville e depois SC- 301 ( Rodovia Prefeito Engeibert Oechsler ).

Localização

Localizada no Alto do Rio Negro, no norte do estado de Santa Catarina

Limites

Paraná,  Corupá, Campo Alegre, Rio Negrinho

Acesso Rodoviário

Estação Rodoviária- Rua Wenzel Kahlofer, 131- Tel: 633- 0935

Distâncias

249 Km da Capital ( Santa Catarina )

hspace=0 TURISMO

Estância climática de colonização européia. São Bento do Sul tem clima temperado e, no inverno a temperatura chega a ficar abaixo de 0o C., com as geadas formando belas paisagens, típicas das serras do sul. Construções em estilo alpino integram-se com o verde da cidade e sua gente. São Bento tem música e Festa o ano todo em seu Calendário. O centro da cidade respira progresso, mas não deixa de ser um recanto de paz e tranqüilidade. Paisagens bucólicas do interior, com sua vida serena, centenas de quedas dágua e misteriosas cavernas escondidas no meio da exuberante vegetação da Serra do Mar, possibilitam passeios inesquecíveis. Como se voltasse no tempo, os passeios Maria Fumaça resgatam gostosas lembranças dos passageiros da antiga locomotiva a vapor.

 

Principais Pontos Turísticos

 

 

Morro da Igreja

Formação rochosa com 842 metros de altura, situado em Rio Natal, o Morro da Igreja é um convite à aventura. Local para a prática do montanhismo.

Parque 23 de Setembro

Com 19.000 metros quadrados de muito ar puro e situado no centro da cidade, o parque abriga a réplica da primeira casa construída em São Bento do Sul (Casa do Imigrante), bem como a Gruta de Nossa Senhora de Montes Claros.

Braço Esquerdo

Local de rara beleza, ar puro, próprio à aventuras e momentos de contato com a natureza. A vegetação da Serra do Mar e um belo conjunto de cachoeiras com quedas que leva ao Vale Perdido, local com cachoeiras e uma piscina natural de águas cristalinas, fazem do Braço Esquerdo um paraíso a sua espera.

Maria Fumaça a Ferrovia das Cachoeiras

O início do passeio em São Bento do Sul pela Ferrovia das Cachoeiras é a Estação de Serra Alta, com arquitetura da primeira década do século que um conjunto com as estações de Rio Vermelho e Rio Natal compõe o cenário histórico do transporte ferroviário em São Bento do Sul. Partindo da Estação Ferroviária de Serra Alta com destino à Corupá, são percorridos 44,8 km pelos trilhos, passando pelo interior do município através de paisagens rurais.
A principal atração do passeio está a meio caminho, na Serra do Mar, repleta de belezas naturais: cachoeiras, vegetação exuberante, ponte sobre vales e gargantas com diversos túneis. Já o saudosismo da centenária ferrovia compõe o cenãrio principal.

Parque das Aves

Localizado no bairro de Rio Natal, a 28 km do centro da cidade, o Parque das Aves reúne uma grande variedade de aves características da Serra do Mar, bem como a sua flora, reproduzidos em viveiros gigantescos, com passarelas internas e trilhas no interior da mata.
O passeio culmina no Borboletário, local onde se desenvolvem várias espécies de borboletas da região. Há uma completa infra-estrutura de bar, lanchonete e sanitários, bem como um balneário fluvial, com área de camping e churrasqueiras.

Recanto do Luli

A 35 Km do centro da cidade, na confluência dos Rios Natal e Vermelho, se encontra o Recanto do Luli. Local ideal para se observar e desfrutar as belezas naturais daquela região, o Recanto também possui sanitários, área para camping, campo de futebol e bar. Sua localização fica na Estrada Humboldt. Para se chegar até lá basta seguir a Estrada Geral do Rio Natal

Rio Natal e Ano Bom

São Bento do Sul é uma agradável surpresa para quem valoriza o contato com a natureza. Os esportes naturais e o ecoturismo encontram amplas possibilidades fora da área urbana, junto ao relevo acidentado e a vegetação da Serra do Mar.

A poucos quilômetros da cidade, nas localidades de Rio Natal e Ano Bom, a natureza toma a forma de cachoeiras, rios e lagos, de montanhas, vales e cavernas. Locais ideais para a prática dos esportes de natureza, como rapel, canyonning, rafting, escalada, espeleologia e caminhadas por trilhas ecológicas.

Os montanhistas elegeram o Morro da Igreja em Rio Natal, o melhor local para a escalada. Seus 842 metros esculpidos em pedra ferro, quartzo e feldspato impressionam pelo formato irregular de seu cume. Braço Esquerdo, localizado em Ano Bom, é um convite à aventura. Um conjunto de cachoeiras com quedas de até 100 metros conduzem a um portal de pedra. Do portal, por entre fendas na rocha, avista-se o Vale Perdido, lugar de mais cachoeiras e piscinas naturais de águas cristalinas.

Arquivo Histórico

Preserva documentos históricos da cidade desde sua fundação. O prédio onde está abrigado é de relevante valor histórico e foi sede do primeiro jornal que circulou no município

Calçadão

Localizado no centro da cidade, na Rua Visconde de Taunay e Travessa José Zipperer, o Calçadão de São Bento do Sul se traduz através de seu charme e aconchego emoldurado pela arquitetura germânica. Ao longo de sua extensão, possui comércio e serviços variados, tornando-se um ponto de parada obrigatório para quem procura compras, lazer ou um momento de descontração.

Centro/Arquitetura

Os imigrantes imprimiram no traçado das ruas, no desenho das casas, na construção de praças e edifícios de São Bento do Sul diversificado estilo arquitetônico do sul da Europa, do final do século XIX, com predominância da região sul da Alemanha. No centro, a quantidade de prédios tombados pelo patrimônio histórico de Santa Catarina transforma a cidade num pedaço da Alemanha no Brasil. A cada esquina, o novo convive com o velho em inesperados contrastes. Os caminhos da antiga Estrada Dona Francisca, no Bairro de Bela Aliança e as paisagens rurais das localidades de Rio Vermelho e Rio Natal guardam moradias e gente de francas tradições que o tempo parece reverenciar.

Igreja Evangélica Lutherana

A Comunidade Evangélica Lutherana de São Bento do Sul, fundada em 12 de julho de 1887, teve seu atual templo em estilo gótico com vitrais coloridos, inaugurado em 04 de setembro de 1955. Possui em seu interior belíssimo órgão com 1.155 tubos. Rua Marechal Floriano, 207.

Igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria

Construída entre 1955 e 1960, destacam-se na matriz o conjunto da Via Sacra com seus painéis cerâmicos, o vitral do altar mor e a própria arquitetura do prédio que se localiza no centro da cidade. Rua Pe. Fidélis Tomelin – Centro.

Museu Augusto Emílio Klimmek

Localizado na sede da CONDOR S/A, a maior fabricante de produtos de higiene, beleza, limpeza e pintura da América Latina, o museu resgata a história da empresa e de seu fundador através do acervo que inclui máquinas, moldes, equipamentos, documentos, fotografias e demais peças ligadas à fabricação de seus produtos.

Museu Municipal Dr. Felippe Maria Wolff

Seu acervo conta a história da nossa cidade e região, através de interessantes e raras peças como armas de guerra, ferramentas e instrumentos usados pelos imigrantes, artigos religiosos e maquinários, entre outros. Localizado no centro de São Bento do Sul, ocupa a casa que pertenceu ao Dr. Felippe Maria Wolff, importante personagem da Revolução Federalista. Saliente-se que esta casa foi sede do Governo do Estado de Santa Catarina, durante curto período da década de quarenta.

Praça Getúlio Vargas

Localizada na Rua Barão do Rio Branco, no centro da cidade, com uma área de 5.500 metros quadrados, possui arborização centenária, coreto, monumento aos imigrantes, parque infantil, sanitários e bancos para descanso. É palco do tradicional evento Retretas de Verão, que se realiza todos os anos, nos meses de janeiro e fevereiro.

hspace=0 EVENTOS

Retretas de Verão

Realizada todas as quartas-feiras
Data: Janeiro a Fevereiro

Festa do Rei do Tiro

Data: Abril

Trachtenfes

Data: Maio

Festa do Motorista e do Colono

Data: Julho

Festa da Padroeira
 
Realizada no segundo Domingo do mês.
Data: Agosto

Schlachtfest/Bauernball
 
Data: Primeira quinzena do mês

EXPOAMA - Segunda quinzena do mês

Data: Setembro

Polski Festyn

Data: 11, 12 e 13 de Outubro

Festa Polonesa do Rio Natal

Data: Novembro

Cidade Natal

Data: Dezembro

Schlachtfest

Sinônimo de alegria e fartura. Traduzida do alemão para o português, Schlachtfest não tem significado definido. Pode-se dizer que significa Festa das Carnes ou Festa da Matança. Esta tradicional festa tem sua origem no sul da Alemanha, na Baviera, onde os colonos se reuniam no verão para fazer a matança de animais, isto porque tinham que preparar as carnes para o inverno.
Dentro da Schlachtfest é realizado o Bauernball, Baile dos Camponeses. Os antepassados realizavam o baile para comemorar a farta colheita. O primeiro Schlachtfest aconteceu em 1961, já o primeiro Bauernball foi realizado em 1956. Os dois eventos foram agrupados em um só a partir de 1984 e o seu principal objetivo entre outros é permitir que as tradições folclóricas, hábitos, costumes ainda a música trazida pelos imigrantes, possam ser preservadas e transmitidas às gerações futuras. Embora esta tradicionalíssima festa seja elaborada e organizada pela diretora da Sociedade Ginástica e Desportiva São Bento ao longo de todos os anos, seu crescimento foi tal que hoje está, incluída no calendário turístico do Estado e sua divulgação atinge proporções regionais com ampla visitação turística.
A festa é composta das mais variadas atrações. A gastronomia fica por conta de pratos típicos como costela, leitões muito churrasco e chopp. Também é servido durante o evento café colonial, tortas bolos, doces e sobremesas caseiras. Durante os dias de festa, bandas musicais abrilhantam os bailes que são realizados em um pavilhão e dois salões fartamente decorados com muito verde e flores, guirlandas, painéis e arranjos típicos decorativos. É realizado ainda a eleição da Rainha do Schlachtfest, e as eleitas tem feito intercâmbio com as rainhas de todas as festas de Santa Catarina, participando de eventos como convidadas.
O ponto alto da festa fica por conta do colorido dos trajes típicos por ocasião do Desfile Cívico e Cultural e dos Bailes.
Outra atração que merece destaque especial são as apresentações de orquestras, violinos e corais apresentado por pessoas com idade entre 5 a 70 anos. A Schlachtfest é considerada pelo seu público freqüentador (aproximadamente. 20.000 pessoas) e por organizadores de festa típicas de grande porte como a mais autêntica festa de tradições germânicas do Brasil, motivo de orgulho para todos os envolvidos na organização. Schlachtfest! Pela data que se inicia (todo segundo final de semana de setembro) e por tudo que apresenta pode ser considerada como a festa de abertura das festas típicas de Santa Catarina.

Polski Festyn

A polaca catarinense, como é conhecida, realiza, através da Sociedade Varsóvia, a Polski Festin Festa Polonesa que conta em suas organização com o apoio da Braspo da cidade e da Prefeitura Municipal de São Bento do Sul. Muita vodka, comida típica e artesanato fazem parte da já tradicional festa polonesa, que começou em 1989, tendo como objetivo resgatar na comunidade polaca de São Bento, a cultura dos antepassados e conhecer a Polônia de hoje. As cores dos trajes típicos de grupos folclóricos, a dança que os grupos apresentam são um show que emociona a todos durante a Polski Festyn. Portanto, na zdrowie, ou seja, saúde para todos.

Musikfest

A encantadora cidade de São Bento do Sul, Capital Nacional dos Móveis, Cidade da Música e do Folclore, foi colonizada por alemães, austríacos, tchecos, poloneses e brasileiros. A MUSIKFEST – FESTA DAS NAÇÕES, nasceu em 1998 com o objetivo de retratar as tradições mais marcantes do seu povo, como a música e o folclore, além do espírito hospitaleiro transferido pelos imigrantes de geração para geração.
A MUSIKFEST é uma festa da música, um momento de congrassamento dos povos, repleta de atrações. Destaque para os bailes que acontecem diariamente, as apresentações musicais e folclóricas, comida típica, desfile festivo, feira de artesanato, parque de diversões e o já tradicional concurso de chopp em bota.

Retretas de Verão

A Retreta de Verão é um evento tradicional em São Bento do Sul, de apelo popular, que acontece anualmente desde 1940, durante às noites de quarta-feira entre os meses de Janeiro e Fevereiro.
A confraternização acontece no coreto da Praça Getúlio Vargas, localizada no centro da cidade. A cada noite do evento, anunciado por fogos de artifício, a Banda Treml de São Bento do Sul , apresenta um repertório com músicas folclóricas alemãs em homenagem à população da cidade, visivelmente marcada pela cultura germânica. Ao final de cada retreta ocorre o momento mais esperado pelas crianças, a distribuição de balas.
As Retretas de Verão, em toda a sua história, sofreram interrupção somente nos anos de 1944 e 1945, por ocasião do ingresso do Brasil na Segunda Guerra Mundial.
Para melhor conforto e participação do público, a Fundação Cultural e Secretaria de Turismo unem-se na organização do evento. Uma estrutura própria é colocada à disposição, como bancos, mesas, comercialização de comidas, bebidas e muito chopp.
Apresentações culturais de grupos folclóricos passaram a incrementar às noites com danças típicas, sendo mais um atrativo para quem prestigia as Retretas de Verão.

 

 

 

 

 

 

 

hspace=0 Informações Úteis

 

Prefeitura Municipal de São Bendo do Sul

hspace=0 turismo@saobentodosul.sc.gov.br

hspace=0 (47) 3633-6351 / (47) 3633-6155

hspace=0 220 Volts

hspace=0 AC São Bento do Sul 
End: Rua Visconde Taunay, 205
Fone: (47) 3633-4735

 

 

 

 

hspace=0

hspace=0

 

hspace=0 Rodoviária
End: Rua Wenzel Kahlofer, 131
Fone: 633-0935

 

Créditos

Informações e fotos

Sites: www.citybrazil.com.br

         www.saobentosul.sc.gov.br


Conheça nossas opções de hotéis em São Bento do Sul e pousadas em São Bento do Sul para visitar São Bento do Sul.

Promova a cidade de São Bento do Sul no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!