Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Mucugê?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Mucugê

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região Chapada Diamantina

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

A região de Mucugê, que desde o início do século XIX era parcialmente ocupada por fazendeiros que mantinham criação de gado, foi a primeira a atrair os exploradores ávidos por novas jazidas de pedras preciosas. Diz a história oficial que o primeiro diamante da região foi encontrado em 25 de junho de 1844 por Cristiano Pereira do Nascimento, afilhado de José Pereira do Padro, ou Cazuza do Prado, um grande coronel da região. A pedra teria sido acidentalmente achada no leito do riacho das Cumbucas enquanto Cristiano lavava as mãos. Um grupo comandado por Cazuza do Prado explorou a região e recolheu muitas outras pedras. O segredo da nova riqueza só foi revelado quando um dos participantes, ao tentar vender uma pedra, foi acusado do assassinado um minerador e acabou obrigado a revelar onde a havia encontrado. Expalhada a notícia da morte do Coronel Horácio de Matos, a região foi invadida por garimpeiros e viajantes de todo o país, especialmente do Serro e Diamantina (MG), onde a exploração já acontecia. A cidade de Mucugê do Paraguaçu foi oficialmente fundada em 1844, com o nome do rio que a cerca, que por sua vez se referia a uma fruta comida pelos índios. Pouco tempo depois, já abrigava uma população flutuante de 12.000 pessoas, lideradas por senhores de grandes posses vindos de Minas e Europa com suas famílias e riquezas. Pessoas de vários locais do país e estrangeiros (árabes, judeus, franceses) misturavam-se com centenas de escravos vindos da África. Desmembrada da cidade de Nossa Senhora do Livramento do Rio de Contas, muda seu nome para Freguesia de São João do Paraguaçu, voltando a se chamar Mucugê em 1917. Este crescimento descontrolado causou diversos problemas e dificuldades sociais. Em busca do rápido enriquecimento, valia a lei das armas e do dinheiro. Jagunços matavam em nome de seus senhores, sempre ávidos por mais terras, escravos e, consequentemente, diamantes. Na tentativa de controlar o caos da concentração urbana, os homens importantes da região (sempre os mais ricos) reuniam-se para discutir regras de cresecimento e convívio social. Foram tentativas quase sempre frustradas de regular o tamanho das construções, as medidas usadas no comércio e até a limpeza das ruas (quem atirasse lixo no chão podia ser multado e preso por cinco dias). Já na década de 1870 a exploração do diamante entra em crise, em parte pela descoberta de jazidas no sul da África, obrigando a região a buscar atividades alternativas. A criação de gado, explorada pelas tradicionais famílias locais, voltou a ser a principal fonte de renda de Mucugê, assim como o cultivo de café e cereais. Com a proibição oficial do tráfico de escravos, sua venda por preços até três vezes maiores também se tornou uma forma de compensar a escassez de diamantes.  

Significado do Nome

 

Aniversário da Cidade:

17 de Maio

Gentílico:

mucujeense

População:

10.548 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

O coração da Chapada Diamantina! A cidade pequena, aconchegante e tombada pelo Patrimônio Histórico está a mil metros de altitude, de arquitetura colonial totalmente preservada e ruas bem limpas, chamam a atenção os seus jardins e canteiros bem floridos. O Alto do Capa Bode está se transformando num pólo de turismo de contemplação, onde habitantes e visitantes garantem ali terem avistado OVNIs - Objetos Voadores Não Identificados.

Clima:

Tropical Semi-Úmido 

Temperatura Média:

19º C 

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Centro Sul Baiano  

Limites:

Ao Norte - Palmeiras e Lençóis; ao Sul, Ibicoara; ao Leste, Andaraí e à Oeste Bominal, Piatã e Abaíra. 

Acesso Rodoviário:

BA-142 

Distâncias:

Da Capital:

490 Km da Capital 

Outras: 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Mucugê oferece também locais de rara beleza, como cachoeiras, paisagens, vales e canyons, histórias de lutas pela posse do garimpo, de defesa contra a invasão da Coluna Prestes e de destemidos coronéis que eram respeitados pelo poder e riqueza. A flora está repleta de espécies vegetais de rara beleza, como bromélias, canelas-de-ema, begônias, e as requisitadas orquídeas.

Outras atrações são as cachoeiras e cascatas, como Piabinha, Tiburtino, Andorinhas, Cardoso, Sibéria, além da atração imperdível oferecida pelo Poço Encantado e a Vila de Igatu. Uma interessante iniciativa é a implantação de uma reserva ecológica para preservação de espécies nativas numa área de 270 hectares.

A energia e paz que o local transmite aos visitantes fazem de Mucugê um conto de histórias e encantos naturais da chapada diamantina. Possui completa infra-estrutura de serviços como Banco do Brasil, hospital, posto médico, correio, telefone, aeroporto asfaltado com 1400 m de pistas, rodovias asfaltadas em todas as direções.

Arquitetura

Casario local do período fausto dos diamantes – Mucugê
Construções à base de pedra seca sem argamassa – Igatu- Habitações sob as rochas em locas e lapas.

Cachoeiras

Devido à topografia acidentada, é grande o número de cachoeiras com fácil acesso, como: Andorinhas, Cardoso, Mar de Espanha, Piabinha, Tiburtino, Sibéria, etc.

Andorinhas - convite irresistível a um delicioso banho em meio a flora exuberante e exótica

Cardoso - uma queda d’água com 15 metros de altura em local sossegado, ideal para o banho tranquilo e repousante

Mar de Espanha - ampla, aprazível e serena sobre o leito diamantífero

Piabinha - imponente nos períodos chuvosos, emoldura os contornos da reserva do Projeto Sempre Viva

Tiburtino - misto de cachoeira e lago de águas mansas para imersão na magia serena do lugar

Sibéria - ápice de um sonho ecológico. Cruzamento de rios que se juntam para levar a força das águas do Paraguassu a suportar o vapor de cachoeira até desaguar nas ilhas soltas da Baia de Todos os Santos e irrigar a Bahia de Todos os Deuses.

Caminhadas (trilhas)

Andar em direção às atrações se torna um deleite, por caminhos repletos de plantas e flores nativas, além de um visual deslumbrante .

Ecologia

Cenário ideal para qualquer programa em meio à natureza, seja flora ou fauna.

Grutas

A região oferece um sem número de grutas, para os gostos mais variados, seja para místicos, paleontólogos, geólogos, etc, seja para simples apreciadores da sábia escultura natural e constante. A grandiosidade deste cenário subterrâneo se apresenta nas dimensões da Gruta da Mangabeira (3.300m de extensão) e na magia do Poço Encantado (bem próximo ao hotel, por via asfaltada). 

Gruta da Mangabeira com seus 3.300m de extensão, dos quais 800 iluminados, com estrutura de acesso e guias especializados.

Poço Azul, dentro de uma gruta que permite acesso para banhos de superfície, ideal para nadar e mergulhar. Devido à total transparência vê-se facilmente o fundo do poço com seus materiais fósseis.

Poço Encantado, dentro de uma gruta com 40 metros de profundidade, espetáculo de rara beleza produzido pelos raios de sol refletidos na água.

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

Janeiro

- de 06 a 20 - Festa de Reis - Reis de Bois: Danças e cantos pelas ruas da cidade, com pessoas vestidas de animais guiadas pelo boi. 

Fevereiro / Março

- Carnaval Antecipado - Uma semana antes da festa.
 
Abril

- Data móvel - Lamentação das Almas - Durante a quaresma, acontecem os blocos de encomendação das almas. Desfile de homens e mulheres pelas ruas da cidade, envoltos em lençóis brancos, até o cemitério, onde entoam cantos fúnebres.
 
Maio

- Data móvel - Novenas à Virgem Maria

- dia 17 - Aniversário da cidade - Desfile cívico e Festa Dançante
 
Junho

- de 1º a 13 - Festa do dia de Santo Antônio - Novenas diárias

- de 15 a 24 - Festas São João Batista - Moradores enfeitam as fachadas de suas casas e organizam uma fogueira. No dia 24 é celebrada uma missa solene, onde é escolhida a comissão dos festejos do ano seguinte.
 
Setembro

- Festa da Primavera

- Desfile Cívico
 
Novembro

- Dia de Finados - Visita ao Cemitério Santa Isabel.  

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE MUCUGÊ

E-mail: pmmucuge@zipmail.com.br

Telefones: (75) 3338-2121

Sites:

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Serviço de Informação ao Turista:

Telefones: (75) 3338-2143

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

CARTÓRIO DA VARA DOS FEITOS CÍVEIS E COMERCIAIS:

E-mail:

Telefones: (75) 3338-2122 / 2131

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.achetudoeregiao.com.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 

 


Conheça nossas opções de hotéis em Mucugê e pousadas em Mucugê para visitar Mucugê.

Promova a cidade de Mucugê no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!