Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Trajano de Morais?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Trajano de Morais

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região


 

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

A antiga cidade de São Francisco de Paula, que se transformou no Município de Trajano de Morais, começou a ser povoada em 1801, por fazendeiros que se ocupavam de agricultura e da criação de gado de corte e leiteiro.
Naquela época as povoações sempre começavam em torno de pequenas capelas ou igrejas. Este pequeno povoado se ergueu em torno de uma casa de oração, cujo padroeiro era São Francisco de Paula e que pertencia ao Curato de Santa Maria Madalena.
Curato era um povoado pastoreado por um Cura ou Vigário.
O município foi elevado à categoria de Freguesia, graças a influência de José Antônio de Morais, rico proprietário nascido no Vale do Imbé e proprietário da Fazenda Aurora, em 1846.
Ao mesmo tempo terras de outro rico fazendeiro foram cedidas para a implantação da área urbana da cidade.
Foi dessa forma que foi feita a construção da Matriz de São Francisco de Paula - com recurso dos irmãos fazendeiros José Antônio e Elias de Morais.
Em 1891 São Francisco de Paula foi transformado em município com a presença de autoridades e nobreza da região, logo após a linha de trem chegou à estação de Aurora (hoje Visconde de Imbé).O progresso foi então acelerado, a cidade ganhou prédios importantes, mansões, uma praça, hotel de luxo e outros símbolos de riqueza e dinamismo, inclusive dois jornais de circulação semanal.
Trajano de Morais era filho do Visconde de Imbé (José Antônio de Morais), tornou-se uma figura influente de seu tempo, principalmente por seu espírito dinâmico e seu caráter empreendedor; faleceu em 1911 e o reconhecimento por seus esforços em prol do desenvolvimento da região chegaria anos mais tarde, em 1938 quando o Município de São Francisco de Paula teve seu nome mudado para Trajano de Morais numa homenagem a um homem que amou sua terra profundamente.
Trajano é uma típica cidade do interior, com sua praça principal - Nilo Peçanha - ponto de encontro de seus moradores e visitantes.
Sua fazendas históricas do período imperial possuem, na sua maioria arquitetura bem conservada e objetos de época que valem uma visita.    

Significado do Nome

Trajano de Morais, filho do Visconde de Imbé (José Antônio de Morais), tornou-se uma figura influente de seu tempo, principalmente por seu espírito dinâmico e seu caráter empreendedor. Faleceu em 1911 e o reconhecimento por seus esforços em prol do desenvolvimento da região chegaria anos mais tarde, em 1938, quando o município de São Francisco de Paula teve seu nome mudado para Trajano de Morais, em homenagem a um homem que amou sua terra profundamente.

Aniversário da Cidade


Gentílico

trajanense

População

10.781 habitantes

hspace=0 CARACTERÍSTICAS

Sua beleza natural pode ser observada principalmente nas cachoeiras. venha conferir!

Clima 

Tropical de Altitude

Temperatura Média


hspace=0 COMO CHEGAR

Localização

Centro Fluminense

Limites

Bom Jardim, Conceição de Macabu, Cordeiro, Macaé, Macuco, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena e São Sebastião do Alto.

Acesso Rodoviário

Saindo do Rio de Janeiro 
Saindo da Ponte Rio-Niterói, seguir a Rodovia Niterói-Manilha (BR-101). Entrar na RJ-182 (Conceição de Macabu-Sta.Maria Madalena) e continuar pela RJ-174 ( Trajano-Cambota ) até o centro de Trajano de Morais. 

Distâncias:

Da Capital:

Pela BR-101: 209 KM do Centro do Rio ao Centro de Trajano, aproximadamente 2h50m.
Pela RJ-146: 225 KM, aproximadamente 3h20m.

Outras:


hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Trajano é uma típica cidade do interior, com sua praça principal - Nilo Peçanha - ponto de encontro de seus moradores e visitantes. Suas fazendas históricas do período imperial possuem, em sua maioria, arquitetura bem conservada e objetos de época que valem uma visita.

Principais Pontos Turísticos:

Cultura

Existem algumas fazendas históricas, e o local que deu origem ao município – conhecido como São Francisco de Paula.

Rio Macabú 

Horário: -
O Rio Macabu nasce no Alto de Macabu no Distrito de Vila Grama uma das regiões mais altas do município, com altitude de 1.400. Percorre toda a parte leste, fazendo posteriormente a divisão com o Município de Conceição de Macabu. Durante quase todo o seu percurso é margeado por vegetação abundante, que varia de acordo com a altitude. Nas áreas mais altas predominam os pinheiros, araucárias e diversos tipos de lavouras como caqui, inhame e tomate. Nas regiões mais baixas, destacam-se eucaliptos, quaresmas e lavouras de banana. Suas águas são transparentes e frias. Não há formação de praias pelo fato do rio ser em declive, mas a presença de pedras o torna bastante encachoeirado, com destaque apara a Cahoeira do Poço Fundo na localidade de Maria Mendonça. Como seu percurso é acidentado o rio não é navegável. Suas águas, na localidade de Tapera formam o espelho dágua da Represa de CERJ, que vai alimentar a usina de Macaé. A área é utilizada para atividades de pesca, banhos e esportes náuticos como o windsurf.
 
Serra das Almas 

Horário: Permanente
Esta serra é uma extensão da serra da Invernada, com 1300m de altitude, sendo um dos pontos mais altos e bonitos do município. O caminho que leva ao ponto mais alto possui 6 Km. A vegetação do local é terciária, destacando-se eucaliptos, pinheiros e cerrado. Devido ao crescente desmatamento na área, as margens da estrada quase não possuem vegetação de expressão. Do alto da serra descortina-se vista panorâmica do Vale do Rio Grande, no distrito de Doutor Elias. A serra tem esse nome devido ao sol se por na direção da serra, durante o inverno. Enquanto já é noite em áreas mais baixas, no alto da serra, continua o sol fraco, chamado de sol das Almas e consequentemente serra das Almas. O nome da Serra deriva-se do movimento do pôr-do-sol, no inverno, quando a noite chega nas áreas mais baixas, enquanto ainda é dia no alto da serra. Este tipo de sol é chamado (provavelmente por causa da luminosidade elevada) de Sol das Almas.
 
Represa da CERJ 

Horário: Permanente
As espécies existentes na Represa são Carpas, bagre, acará, piaú pequeno, tilápia e traíra. A época de maior piscosidade varia de acordo com a desova de cada espécie e a única modalidade permitida é a linha. Toda a represa é favorável à pesca, mas o local mais propício é perto da barragem.
 
Estrada da Serra das Almas 
 
Horário: Permanente
O atrativo é uma extensão da Serra da Invernada, com 1300 m de altitude, sendo um dos pontos mais altos e bonitos do Município. O caminho que leva ao ponto mais alto possui 6 Km. A vegetação do local é terciária, destacando-se eucaliptos, pinheiros e cerrada.
 

Cachoeirão - Cachoeira da Bonança 
 
Horário: Permanente
A cachoeira apresenta altura aproximada de 35m e diversas quedas pequenas, sendo três principais. As águas são claras, transparentes e de temperatura fria. O local é circundado por imensos rochedos propícios aos banhos de sol. Na 2ª queda, formação de ducha e piscina natural. O córrego é encachoeirado, proporcionando uma bela vista. A paisagem circundante é formada por paineiras, eucaliptos, lavoura de milho e pasto.
 
Cachoeira Graças a Deus 
 
Horário: Permanente, no verão.
A cachoeira possui altura aproximada de 80m e 4 quedas. Suas águas são claras, transparentes e de temperatura fria. No fim da queda, formação de piscina e excelente ducha natural. Na margem direita, possui uma pequena praia lacustre. Durante o percurso do córrego, encontram-se mais 3 piscinas e 4 quedas, proporcionando ótimos locais para banhos, com diversas duchas naturais. Esse trecho é todo ladeado por rochedos, aumentando a beleza local. Sua paisagem circundante é composta de diversas espécies de árvores, dentre elas: quaresmas, embaúbas brancas e pretas, fedegosas, bananeiras e eucaliptos. O nome do atrativo origina-se do fato da trilha de acesso ser íngreme, e as pessoas ao chegarem no local, exclamarem Graças a Deus.
  
Cachoeira do Poço Fundo 

Horário: Permanente
Com altura de aproximadamente 60 metros de queda livre, suas águas são limpas, transparentes e de temperatura fria. Ao fim da cachoeira, encontra-se uma grande piscina para banhos. Durante o inverno, época de poucas chuvas, surge no local uma praia fluvial. O nome da cachoeira devirá da existência de um poço de grande profundidade.(15 m) A paisagem ao redor é composta por eucaliptos, pequenas lavouras de inhame e pela fazenda da Galeria.
   
Cachoeira do Charles 

Horário: Através de autorização com o Sr. Charles Sampaio
Com altura aproximada de 15 metros. Suas águas são limpas, claras e de temperatura fria. A cachoeira possui 4 quedas, sendo 1 principal de 1,5m aproximadamente e as demais menores, que formam duchas naturais propícias para banho. A paisagem circundante é composta por vegetação abundante, destacam-se bananeiras, bambus gigantes, eucaliptos e pastos. Há também grandes pedras planas, que são aproveitadas para banhos de sol.
 
Cachoeira do Canto 

Horário: Permanente
Com altura aproximada de 85 m e 6 quedas, suas águas são claras, transparentes e de temperatura fria. A cachoeira apresenta duas piscinas naturais de grande profundidade, propícias para banho. Caracteriza-se pelas grandes cavidades localizadas nas rochas. Sua profundidade chega a atingir 15 m. Sua paisagem circundante é composta de samambaias, fedegosas, quaresmas e lírios do brejo.
 
Cachoeira do Campo 

Horário: Permanente
A cachoeira tem altura aproximada de 7 metros e apresenta 3 quedas. As águas são claras, transparentes e de temperatura fria. O córrego é bastante encachoeirado e entre a 1ª e 2ª queda forma-se uma pequena piscina natural, cercada de rochas, propícias para banhos de sol. A cachoeira é circundada por diversas espécies de árvores, dentre elas: angico, quaresma, samambaias e de pasto.
 
Cachoeira das Neves 
 
Horário: Permanente
A cachoeira possui altura aproximada de 30 m e apresenta 4 quedas. Suas águas são limpas, claras e de temperatura fria. Em seu decorrer, há um escorrega e diversos poços, onde há possibilidade de banho. No meio, há uma formação rochosa, que origina um pequeno chafariz. A vegetação circundante é escassa, por ser um local descampado. Destaca-se apenas o pasto e a RJ-174.
 
Cachoeira da Roncadeira 
 
Horário: Com autorização do senhor Mozarth.
A cachoeira encontra-se dentro do Parque da CERJ. Apresenta altura de 20m e 3 quedas. Suas águas são claras, transpar
entes e de temperatura fria. Suas águas são utilizadas para a formação de um grande açude e da piscina de água corrente do Parque. As águas são canalizadas para a piscina através de canaletas, em forma de zigue-zague, para sua purificação. Na base, 2 refletores, facilitando uma melhor visualização à noite. A paisagem circundante é formada por diversas espécies de árvores, dentre as quais eucaliptos, pinheiros, bananeiras e azaléias. Avista-se ainda o açude e benfeitorias do Parque.
 
Cachoeira da Ponte Nova 
 
Horário: Permanente
Com altura aproximada de 30m, suas águas são limpas, claras e de temperatura fria. O córrego é todo encachoeirado, com 2 principais quedas, formando excelentes duchas e 2 piscinas naturais com grande volume de água, propícias para banho. A paisagem circundante caracteriza-se pela vegetação fechada, onde destacam-se bananeiras, embaúbas pretas e lírios do brejo.
 
Cachoeira da Olaria 

Horário: Permanente
A cachoeira tem 15 metros de altura aproximadamente e duas quedas. Fica a 7 km de Visconde de Imbé. Sua águas são claras, transparentes e de temperatura fria. Apresenta ainda uma piscina natural, pequena, propícia para banhos. A paisagem circundante é composta por bambus gigantes, fedegosas e pastos. Localiza-se na Fazenda Olaria.
 
Cachoeira da Figueira 

Horário: Permanente
Com altura aproximada de 20m de altura e 2 quedas, suas águas são limpas, transparentes e de temperatura fria. O córrego é todo encachoeirado, com uma ducha natural, onde há boas possibilidades de banho. Na sua base encontram-se troncos de eucaliptos. A vegetação circundante é composta de bananeiras, eucaliptos e mamoeiros. Situa-se próximo ao Parque da CERJ.
 
Cachoeira da Fazenda 

Horário: Permanente
Com altura aproximada de 12 metros e 2 pequenas quedas, suas águas são claras, limpas e de temperatura fria. Entre a 1ª e a 2ª queda, há uma piscina natural propícia para banho. Sua vegetação circundante é composta de araucárias, lírios do brejo e pinheiros de pasto. 

Capela Nosso Senhor dos Passos 

Horário: Com autorização do sacristão.
Sua construção data da 1ª da metade do século XIX. A capela é pequena, simples e se encontra em precário estado de conservação. A construção é de pau-a-pique, com a base em pedra e madeira. A porta principal é em arco de duas folhas de madeira e o portal também do mesmo material. No interior, houve descaracterização, restando apenas o teto em madeira, pia de água benta em mármore carara rosa, pequeno lustre em pingentes de cristal e o altar de madeira com diversas imagens, destacando-se três: Nosso Senhor dos Passos, Santo Antônio e Nossa Senhora de Paula, de madeira folheada a ouro.
 
Igreja São Francisco de Paula 
 
Horário: Quando há missa
Sua construção data da primeira metade do século XIX. A primeira missa ocorreu em 09/02/1848. Na época, São Francisco de Paula era a sede do município e a Igreja, a matriz. Com a passagem da sede para Visconde de Imbé em 31/10/1921, a igreja ficou um pouco abandonada. A igreja é de porte pequeno, com características medievais e góticas. Nos fundos da Igreja localiza-se a casa paroquial. A torre sineira encontra-se no centro, na parte frontal, com pórtico em arcos em ogiva. No alto da torre, encontra-se uma cúpula triangular com cruz de ferro, trabalhado. A torre possui 2 sinos de bronze e relógio redondo desativado, sendo sua moldura em alto relevo. O piso do pórtico é de azulejos portugueses. Possui grande lustre de Cristal e duas entradas laterais. Encostado no arco que faz ligação com o altar-mor, dois oratórios em sentido diagonal de madeira, com colunas em estilo jônico. Apresenta ainda 2 púlpitos em madeira. Tanto o piso como o teto do altar-mor são de tábuas corridas de peroba do campo. O altar-mor de madeira, em arco, possui pinturas, sendo que a mais conservada lembra antigos azulejos portugueses. Apresenta ainda colunas em estilo grego, com alto relevo em gesso. No alto, trabalho em ferro, ladeado a inscrição charitas. Possui diversas imagens, sendo que duas em madeira: a de São Francisco de Paula e Nossa Senhora das Dores. Nas laterais do altar, duas portas que dão acesso à sacristia. Em toda a Igreja há 12 óculos e 2 vitrais em ogiva com caixilhos de vidro.
 
Horto Florestal de Trajano de Morais

O Horto de Trajano de Morais possui uma área de 17,7 ha, conta com 14 funcionários e produz 110.000 mudas por ano. Na área do horto foi plantado um arboreto que serve como área de coleta de sementes, sendo indicado para visitas escolares e educação ambiental.

Estação Ferroviária

Cia. E. F. Barão de Araruama (1891-1890)
E. F. Leopoldina (1890-1966/7) 
TRAJANO DE MORAIS
(antiga VENTANIA)
Município de Trajano de Morais, RJ
Ramal de Santa Maria Madalena - km 334 (1962)   RJ-1857
Inauguração: 17.08.1891
Uso atual: n/d   sem trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d 
 
Histórico da Linha: O ramal que ligava Entroncamento (Conde de Araruama) a Ventania (Trajano de Morais) teve a linha entregue em 1878 até Conceição e no ano seguinte até Triunfo (Itapuá) e Ventania, pela E. F. Barão de Araruama. Somente em 1896, já com as linhas de posse da Leopoldina, foi entregue a continuação até Visconde do Imbé e em 1897 a Manoel de Morais. Antes disso, em 1891, o engenheiro Ambrosino Gomes Calaça havia aberto uma linha entre Ventania e Santa Maria Madalena, estabelecendo outro ramal. Logo após a inauguração, a linha foi vendida À E. F. Santa Maria Madalena, e em 1907 à Leopoldina. Dependendo da época, a linha principal era Conde de Araruama-Madalena, ou Conde de Araruama-Manoel de Morais, com o outro trecho sendo o ramal, ou seja, passando por baldeação ou espera em Trajano de Morais. Em 31/08/1965, o trecho a partir de Triunfo foi suprimido para trens de passageiros, ou seja, o entroncamento de Trajano de Morais já não era alcançado. Em 1966 ou 1967, o que restava do ramal acabou de vez. Ficou, entretanto, o trecho entre Conde de Araruama e Conceição de Macabu ainda funcionando para a Usina Victor Sence, até o início dos anos 1990. Com a sua desativação, os trilhos foram arrancados. 
 
A Estação: A estação foi inaugurada com o nome de Ventania, em 1891. Em 1892, passou a se chamar Trajano de Morais. A última viagem no ramal, com a locomotiva partindo da estação de Santa Maria Madalena, foi relatada nove anos depois do fim por um escritor local: Cheguei a participar da despedida do trem, em Trajano, bem como acreditar que um dia ele voltaria.... Hoje,sou um pequeno empresário no Rio de Janeiro, ainda passo por lá, sendo a última vez dia 13.11.2004, quando visitei meu tio Francisco, que mora em Doutor Loretti. (Elias de Toledo Pinto, 19/11/2004). Lembro-me bem do derradeiro dia em que o trem deixou a estação. Com sonoro e melancólico toque do sino é dada a saída precisamente às 6 horas e 20 minutos. Muita gente lá estava para a despedida. Vagarosamente vai deslizando pelos trilhos até a curva da chácara do Américo Lima. Aí faz uma paradinha, ouvindo-se um agudo e angustioso apito, fazendo de conta como se fosse um adeus para sempre. E lá se foi pela estrada afora, deixando uma baforada de fumaça que pouco a pouco foi desaparecendo. O carro misto de 1a e 2a classe estava todo ornamentado de hortênsias azuis e rosas, repleto de passageiros. Por onde ele passou, Loreti, Trajano de Moraes, Leitão da Cunha, o trecho da serra, vendo-se lá embaixo o rio Triunfo e o Conceição, as manifestações de despedida foram as mais sentidas e expressivas.

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE TRAJANO DE MORAIS

E-mail: prevt.moraes@hotmail.com

Telefones: (22) 2564-1106

Sites: http://www.trajanodemoraes.rj.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Email: turismotrajano@hotmail.com

Telefone:
(22) 2564-1106

Terminal Rodoviário do Rio de Janeiro : Terminal Novo Rio

Av. Francisco Bicalho, 1 - Santo Cristo
Telefone: (21) 3213-1800

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO ÚNICO:

E-mail: ofuntrajanodemoraes@hotmail.com

Telefones: (22) 2564-2601 / 1233

Sites: http://portal.mj.gov.br

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS: (22) 2564-1102

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org

www.turisrio.rj.gov.br

www.estacoesferroviarias.com.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:


Conheça nossas opções de hotéis em Trajano de Morais e pousadas em Trajano de Morais para visitar Trajano de Morais.

Promova a cidade de Trajano de Morais no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!