Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Engenheiro Passos?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Engenheiro Passos

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região Agulhas Negras

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

O distrito situa-se às margens da Rodovia Presidente Dutra, sendo a última localidade do estado do Rio de Janeiro, na região do Vale do Paraíba Fluminense, a cerca de três quilômetros da divisa com o estado de São Paulo. Foi apenas a 1 km de Engenheiro Passos que, em 22 de agosto de 1976, faleceu em desastre automobilístico o ex-presidente Juscelino Kubitschek, na chamada Curva do Açougue, no atual km 328 da Via Dutra.
Engenheiro Passos é uma das quatro localidades brasileiras onde pode ser encontrada uma árvore da Mata Atlântica ameaçada de extinção, a Buchenavia hoehneana.[3] A principal atividade econômica é o turismo e o ecoturismo, já que no distrito podem ser encontrados vários hotéis-fazenda, além de fazendas históricas, do século XIX, quando a região se destacava pela produção de café. O nome do distrito é uma homenagem ao engenheiro Pereira Passos, diretor da Estrada de Ferro Central do Brasil e prefeito da cidade do Rio de Janeiro entre 1902 e 1906.

Significado do Nome

 

Aniversário da Cidade

06 de Julho

Gentílico


População

4.000 habitantes

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Engenheiro Passos, um ótimo distrito para se morar, tirar férias e passar momentos agradáveis com a família.

Clima 

Tropical de alltitude

Temperatura Média

 

hspace=0 COMO CHEGAR

Localização

Região oeste do município de Resende

Limites

Barra Mansa, Itatiaia, Porto Real, Quatis, Areias (SP), Queluz (SP), São José do Barreiro (SP), Bananal (SP), Arapeí (SP), Bocaina de Minas (MG), Passa Quatro (MG), Itamonte (MG), Itanhandu (MG) e Passa-Vinte (MG).

Acesso Rodoviário

 

Distâncias:

Da Capital:

146 km

Outras:

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Principais Pontos Turísticos

Ilha das Ilusões 

End: A 15km de Engenheiro Passos - Centro - Ribeirão do Palmital/Fazenda P 
Horário: Permanente
Ilha pequena, arredondada, não possui praias. Por ela pode ser feito belo e tranqüilo passeio apreciando as águas cristalinas do riacho que a rodeia, formado pelas águas do Rio do Salto, que atravessa a Fazenda Palmital. A mata em torno é densa, onde se destacam numerosas e variadas espécies de trepadeiras.
 
Rio do Salto 

End: A 11km de Engenheiro Passos - Centro - Serra da Mantiqueira 
Horário: Permanente
O Rio do Salto, divisa entre os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, tem sua nascente no alto da Serra da Mantiqueira. Em Engenheiro Passos o trecho mais expressivo fica na altura do km 14 da BR-354, onde corta as terras do Hotel Sitio Bosque das Águas. Em suas águas, límpidas e frias, se destacam formações rochosas com dimensões e formatos diferentes, responsáveis pela formação de piscinas naturais e pequenas cachoeiras propiciais para banhos. A vegetação em torno é densa e abundante, com árvores de médio e alto porte. Não possui extensão navegável.

Antigo Engenho da Fazenda Villa Forte 

End: A 1,7 km de Engenheiro Passos - Centro 
Tel: (24) 3357-1122 / 3357-1050 
Horário: Diariamente de 8h às 18h
Ainda apresenta algumas características originais de época, além de antigas peças da maquinaria (moinho) importadas da Inglaterra. O piso do interior é de tábua corrida e seu exterior é de chão de pedra. Há planos de transformar o antigo engenho em museu, para mostra do seu acervo, hoje abandonado no pavilhão, constituído de: Moenda de cana de açúcar usada para a fabricação de cachaça e movida por roda dágua, moinho de fubá, etc. O engenho, construção do início do século XIX, é mais antigo que o casarão principal da fazenda.

Conjunto da Estação Ferroviária de Engenheiro Passos 

End: A 2km de Engenheiro Passos - Via Dutra , km 329-Centro 
Horário: Permanente, externa
O conjunto, com aproximadamente 130 anos, constitui - se de dois prédios, com as mesmas características arquitetônicas, sendo um em um só pavimento e o outro em dois. O primeiro pavimento funcionava a estação ferroviária e no segundo a residência do administrador.

Fazenda Palmital 

End: A 15km de Engenheiro Passos - MG-BR-354, a 15km da Dutra (BR 
Tel: (24) 3357-1108 
Horário: A critério da administração do hotel
A fazenda está a 1.050m de altitude, ao pé das Agulhas Negras e circundado de abundante vegetação onde se destacam pinheiros, eucaliptos e araucárias. No Hotel Fazenda Palmital há vários chalés que cercam sua sede, formando uma praça onde não falta o coreto para as serestas e uma pequena capela. O velho casarão, construído há 306 anos e residência dos proprietários da fazenda, possui assoalho de madeira, paredes de pau a pique e algum mobiliário da época, ainda conservado. Era nesta casa que D. Pedro I costumava se hospedar com Marquesa de Santos, quando o casal subia a serra para as estações de águas, em Minas Gerais. Do Palmital parte-se para passeios interessantes como o Caminho Imperial, por onde passava D. Pedro e os tropeiros da época, além do Rio e da Cachoeira do Palmital, de onde se aprecia belo panorama da região.
 
Fazenda Três Pinheiros 

End: A 3 km de Engenheiro Passos - MG-BR-354, km 330 da Dutra 
Tel: (24) 3357-1135 
Horário: Diariamente de 8h às 18h
Calcula-se que a casa-sede da fazenda tenha aproximadamente 230 anos, estando bem conservada, mantendo suas características originais e funcionando como hotel há 50 anos . Pertenceu ao Visconde do Salto, quando se desenvolveu a cultura cafeeira. Com a abolição da escravatura foi vendido ao português Baltazar Magalhães que a transformou num grande entreposto comercial entre Minas Gerais e o Vale da Paraíba. No estilo da arquitetura do período colonial, mantém ainda as paredes da sede e do restaurante de pau a pique, assim como o fogão de lenha original onde são preparadas as refeições do restaurante. As salas de estar são decoradas com peças e móveis da antiga fazenda. Hoje a Fazenda Três Pinheiros tem excelente produção leiteira, reserva florestal com 660 mil pés de eucaliptos, apiário, horta, plantação de milho, cana de açúcar e plantio de café.
 
Fazenda Villa Forte 

End: BR-116 (Dutra), km 330 - A 1,7 km de Engenheiro Passos 
Tel: (24) 3357-1122 
Horário: Diariamente de 8h às 18h
O casarão da Fazenda Villa Forte, situado ao fundo de um parque arborizado, de frente para o Maciço de Itatiaia, foi adaptado para sede de um hotel fazenda. Construída em 1822, propriedade da família Villa Forte, o conjunto da fazenda era composto da residência senhorial, senzala, tulha, terreirão e casa de máquinas de beneficiamento de café. A entrada principal da residência se faz por escadaria de mármore branco, o corrimão e as varandas em grade de ferro e as janelas e portas terminam em arcos de meia volta. O conjunto, muito bem aproveitado, tem a sala de jogos, bar, salão de espera e administração instalados no porão da casa e a antiga senzala transformada em confortáveis e modernos apartamentos. Possui exemplares de móveis antigos além de uma litografia de D. Pedro II, em perfeito estado. Além da atividade hoteleira, a fazenda desenvolve também a exploração agropastoril e a suinocultura.

Estações Ferroviárias

E. F. Dom Pedro II (1873-1889)
E. F. Central do Brasil (1889-1975)
RFFSA (1975-1996)
ENGENHEIRO PASSOS
(antiga BOA VISTA)
Município de Resende, RJ
Ramal de São Paulo - km 216,554 (1928) - RJ-0326
Inauguração: 30.06.1873
Uso atual: moradia - com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d
 
HISTÓRICO DA LINHA: Em 1869, foi constituída por fazendeiros do Vale do Paraíba a E. F. do Norte (ou E. F. São Paulo-Rio), que abriu o primeiro trecho, saindo da linha da SPR no Brás, em São Paulo, e chegando até a Penha. Em 12/05/1877, chegou a Cachoeira (Paulista), onde, com bitola métrica, encontrou-se com a E. F. Dom Pedro II, que vinha do Rio de Janeiro e pertencia ao Governo Imperial, constituída em 1855 e com o ramal, que saía do tronco em Barra do Piraí, Província do Rio, atingindo Cachoeira no terminal navegável dois anos antes e com bitola larga (1,60m). A inauguração oficial do encontro entre as duas ferrovias se deu em 8/7/1877, com festas. As cidades da linha se desenvolveram, e as que eram prósperas e ficaram fora dela viraram as "Cidades Mortas"... O custo da baldeação em Cachoeira era alto, onerando os fretes e foi uma das causas da decadência da produção de café no Vale do Paraíba. Em 1889, com a queda do Império, a E. F. D. Pedro II passou a se chamar E. F. Central do Brasil, que, em 1896, incorporou a já falida E. F. do Norte, com o propósito de alargar a bitola e unificar as 2 linhas. O primeiro trecho ficou pronto em 1901 (Cachoeira-Taubaté) e o trecho todo em 1908. Em 1957 a Central foi incorporada pela RFFSA. O trecho entre Mogi e São José dos Campos foi abandonado no fim dos anos 1980, pois a construção da variante do Parateí, mais ao norte, foi aos poucos provando ser mais eficiente. Em 31 de outubro de 1998, o transporte de passageiros entre o Rio e São Paulo foi desativado, com o fim do Trem de Prata, mesmo ano em que a MRS passou a ser a concessionária da linha. O transporte de subúrbios, existente desde 1914 no ramal, continua hoje entre o Brás e Estudantes, em Mogi e no trecho D. Pedro II-Japeri, no RJ.
 
A ESTAÇÃO: A estação chamava-se Boa Vista em sua inauguração, em 1873. Em 1879, "a estação de Boa Vista recebe a maior parte do comércio do Sul de Minas" (Francisco Pereira Passos: As estradas de ferro do Brasil, 1879). Mais tarde mudou seu nome para homenagear um diretor da Central, Francisco Pereira Passos. É a última estação do ramal em território fluminense. sendo que três quilômetros mais à frente a linha entra no Estado de São Paulo. A estação de Engenheiro Passos é uma das mais conhecidas estações da linha, pois está ao lado da via Dutra, e no início dos anos 1990 foi modelada pela Frateschi - único fabricante de ferreomodelismo na América Latina e um dos melhores do mundo - para uso em maquetes. Infelizmente a estação, que pelas fotos parece bem cuidada, não está: "A estação está se acabando também.

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE RESENDE - DISTRITO DE ENGENHEIRO PASSOS

E-mail:

Telefones: (24) 3354-6000

Sites: http://www.resende.rj.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário Novo Rio:

Av. Francisco Bicalho, 01 - Santo Cristo
Telefone: (21) 3213-1800
Rio de Janeiro-RJ
Funcionamento 24 horas 

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO DO REGISTRO CIVIL E TABELIONATO DE NOTAS:

E-mail: primeirorcpnresende@vivax.com.br

Telefones: (24) 3355-8332

Sites: http://cartoriosbr.com.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org

http://www.estacoesferroviarias.com.br/

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:


Conheça nossas opções de hotéis em Engenheiro Passos e pousadas em Engenheiro Passos para visitar Engenheiro Passos.

Promova a cidade de Engenheiro Passos no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!