Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Feira de Santana?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Feira de Santana

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região Caminhos do Sertão

"PRINCESINHA DO SERTÃO"

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

 As primeiras medidas para transformar no que é hoje Feira de Santana, começaram com a criação da vila em 13 de novembro de 1832. O Município e a Vila foram criados no dia 9 de maio de 1833, com a denominação de Villa do Arraial de Feira de Sant’Anna, com o território desmembrado de Cachoeira, constituídas pelas freguesias de São José das Itapororocas (sede), Sagrado Coração de Jesus do Perdão e Santana do Camisão, atual município de Ipirá. A instalação do Município ocorreu em 18 de setembro do mesmo ano, quando foram empossados os primeiros vereadores: capitão Manoel da Paixão Bacellar e Castro - primeiro presidente, reverendos Luiz José Antônio Manoel Vitorino e Antônio Manoel Paulino Nascimento, capitão Joaquim José Pedreira Mangabeira e Joaquim Caribé Meretova. O primeiro intendente, a partir da Proclamação da República, foi Joaquim de Melo Sampaio.
A lei provincial nº 1.320, de 16 de junho de 1873, elevou a vila à categoria de cidade. A partir daí, passou a ser chamada de Cidade Commercial de Feira de Santana. Os decretos estaduais 7.455 e 7.479, de 23 de junho e 8 de agosto de 1931, respectivamente, simplificaram o nome para Feira. O decreto estadual nº 11.089, de 30 de novembro de 1938, oficializou a denominação do município: Feira de Santana.
O nome da cidade é uma homenagem dos considerados fundadores. No século XVIII, o casal Domingos Barbosa de Araújo e Anna Brandoa ergueu uma capela na Fazenda Sant’Anna dos Olhos D’Água, em homenagem à sua santa de devoção, Senhora Sant’Anna.
Começava a nascer ali um ponto obrigatório de tropas, viajantes e tropeiros procedentes do alto sertão baiano e de outros Estados a caminho do porto de Cachoeira, então a vila mais importante da Bahia. Surgia ali um cada vez mais próspero comércio de gado, ao lado de uma feira periódica.
O crescente ritmo de desenvolvimento do povoado exigiu a construção de ruas largas, onde começaram a ser instaladas casas comerciais em grande quantidade, para atender à população que crescia somada a chegada de brasileiros e estrangeiros que adotaram Feira de Santana como moradia.
Esse acelerado ritmo de crescimento levou o povo a reivindicar a criação do município. Era o nascimento daquela que se transformaria na segunda cidade do Estado, 31ª do país e uma vocação para atrair gente de todas as partes do país pela sua localização geográfica, como o entroncamento que une o país, e a hospitalidade do seu povo.

Significado do Nome

O nome da cidade é uma homenagem dos considerados fundadores. No século XVIII, o casal Domingos Barbosa de Araújo e Anna Brandoa ergueu uma capela na Fazenda Sant’Anna dos Olhos D’Água, em homenagem à sua santa de devoção, Senhora Sant’Anna.   

Aniversário da Cidade:

18 de Setembro  

Gentílico:

feirense

População:

556.756 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Pela importância de sua localização geo-econômica Feira de Santana lidera a macroregião, sendo um dos maiores entroncamento rodoviário do interior do país e o maior do Norte e Nordeste, favorecendo uma corrente e concentração de fluxo de população, mercadorias e dinheiro, num entreposto que liga o Nordeste ao Centro-Sul do Brasil, na fronteira da capital Salvador com o sertão, do recôncavo aos tabuleiros do semi-árido da Bahia. Responde pela segunda economia regional da Bahia, com amplitude de vínculos econômicos e relações de transações comerciais de um complexo de regiões, sua economia diversificada, agropecuária, comercio, industria e de serviços de apoio urbano, a cidade ostenta posição de centro distribuidor da produção regional e pólo de negócios e atividades dinâmicas.

Clima:

Quente Úmido 

Temperatura Média:

24,1º C 

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Zona de planície entre o Recôncavo e os tabuleiros semi-áridos do nordeste baiano.  

Limites:

Norte - Santa Bárbara e Santanópolis
Sul - Antônio Cardoso e São Gonçalo dos Campos
Leste - Coração de Maria
Oeste - Anguera e Serra Preta  

Acesso Rodoviário:

Br 324 

Distâncias:

Da Capital:

108 km 

Outras: 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Museu de Arte Conteporânea
 
Criado em 1967, pelo empresário Assis Chateaubriand, o Museu Regional de Feira de Santana foi instalado em um prédio da Prefeitura Municipal, adaptado na época, sob a orientação dos arquitetos Jader Tavares, Diocleciano Barreto, Fernando Frank e Oto Gomes. O primeiro museu hight tech de todo Norte/Nordeste. Navegando pelas ondas da Internet, o visitante conhecerá os acervos dos principais museus do mundo. A concepção inovadora do espaço, onde funcionou por décadas o Museu Regional, é mostrar as grandes obras artísticas da humanidade, trazendo ao público o que é feito por artistas da região, tirando das exposições o aspecto contemplativo para algo que possa ser questionado. Os visitantes têm acesso a um banco de dados imensurável em museus de várias partes do mundo e incursões em galerias dos grandes centros, onde normalmente acontecem vernissages de artistas conhecidos. A idéia é promover um longo e fecundo intercâmbio com artistas de outras regiões. A tecnologia de ponta utilizada pelo MAC permitirá, entre outras coisas, a ampliação do conhecimento cultural de toda uma comunidade. 

Observatório Astronômico Antares
   
Observatório Astronômico Antares de Feira de Santana na Bahia, foi fundado oficialmente em 25 de setembro de 1971, e posteriormente incorporado ao patrimônio da Universidade Estadual de Feira de Santana-UEFS, em agosto de 1992. Constitui-se em um centro de pesquisas no campo das ciências astronômicas, física solar, e de sensoriamento remoto. Várias atividades são desenvolvidas com professores e estudantes de 1º e 2º graus, destacando-se: observações astronômicas ao vivo, aulas, cursos, palestras, projeções de vídeo sobre a história dos programas espaciais, utilização da Biblioteca e sessões especiais no Planetário. Consta ainda de um auditório com capacidade para 60 pessoas, dotado de uma grande tela para projeção, onde são ministrados cursos, palestras e seminários, sempre com utilização de um projetor (telão), que possibilita a obtenção de imagens ao vivo de satélites, programas informatizados e exibição de fitas de vídeo. 
   
Mercado de Arte Popular
 
Criado como Mercado Municipal em 1914 pelo coronel Bernardino da Silva Bahia, com uma arquitetura neoclássica, abrigou por décadas o comércio de secos e molhados e principal ponto da grande feira de gado que acontecia todos os sábados e segundas-feiras, reunindo os caboclos do sertão que negociavam os produtos nordestinos. Em 1976, quando Feira de Santana inaugurou seu novo entreposto comercial, o Centro de Abastecimento, o Mercado Municipal foi fechado.
Em 1980, no governo do prefeito Colbert Martins da Silva, o Mercado Municipal sofreu uma reforma, mantendo a sua fachada arquitetônica, e foi transformado em espaço comercial e de cultura popular, de culinária colorida e saborosa, abrigando também um artesanato rico, ponto de encontro e apresentação de cordelistas e repentistas, além de outros produtos regionais e passou a se chamar Mercado de Arte Popular. O prédio foi tombado em 1992 pelo IPAC e mais uma vez reformado. A reforma foi realizada pelo Governo do estado, tendo como governador César Borges, e graças a sensibilidade do senador Antônio Carlos Magalhães recebeu novo interior, novas estruturas para o comércio dos artesãos, palco de entretenimento, onde os artistas apresentam os seus trabalhos, na música, na poesia e nas artes dramáticas. No Mercado de Arte Popular você encontra esculturas, bijuterias, bordados, vestuário, artesanato em couro e palha, comidas típicas e outros itens da vida nordestina. O Mercado de Arte Popular é hoje um espaço amplo para os visitantes que desejam conhecer a terra e a gente da Princesa do Sertão.  

Paço Municipal Maria Quitéria

O Paço Municipal Maria Quitéria é um dos prédios mais bonitos e um dos símbolos da cidade de Feira de Santana. A construção foi iniciada em 1921, pelo coronel Bernardino da Silva Bahia e concluída em 1926, pelo também coronel Arnold Silva. Com uma riqueza de detalhes impressionante, o prédio abriga o Gabinete do Prefeito, Departamento de Modernização e Informática, Secretaria da Fazenda, Administração, Comunicação Social e Salão Nobre, onde estão expostas as fotografias de intendentes e prefeitos. 

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

Janeiro

01 - Dia Mundial da Paz

 Abril

- Sexta-feira da Paixão

 Junho

15 - Corpus Christi

24 - São João 

 Julho

02 - Dia da Independência da Bahia 

26 - Dia de Senhora Santana Padroeira

 Setembro

07 - Dia da Independência do Brasil 

18 - Dia da Cidade, data da emancipação político-administrativa do Município.

 Dezembro

25 - Natal   

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA

E-mail: gabp@pmfs.ba.gov.br

Telefones: (75) 3602-8300

Sites: http://www.feiradesantana.ba.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário São Domingos  

Av. Santiago Campostela
Salvador-BA
Telefone: (71) 3431-7355

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

1º 0FÍCIO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS:

E-mail:

Telefones: (75) 3602-5922

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.cnm.org.br

www.feiradesantana.ba.gov.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 

 


Conheça nossas opções de hotéis em Feira de Santana e pousadas em Feira de Santana para visitar Feira de Santana.

Promova a cidade de Feira de Santana no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!