Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Paulista?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Paulista

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região Mata / Litoral Norte

 

 

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Dentro da estrutura de Olinda, antes da República, Paulista era uma vila com duas freguesias: Paratibe e Maranguape.
A primeira freguesia, formada por grandes propriedades teve sua formação quando as terras de Paratibe foram doadas por Duarte Coelho - donatário da Capitania de Pernambuco - ao seu cunhado Jerônimo de Albuquerque, em meados do Séc. XVI, por seus serviços prestados à Colônia.
Em 1555 Jerônimo de Albuquerque doou aquelas terras ao Português Gonçalo Mendes Leitão, quando este se casou com sua filha D. Antonieta de Albuquerque, que iniciou alí uma povoação neste mesmo ano, construíndo um engenho de água com o nome de Paratibe; uma Capela dedicada a Santo Antônio, um sobrado para sua residência, além de muitas outras obras indispensáveis para um estabelecimento agrícola de semelhante natureza. Posteriormente com a morte de Gonsalo Mendes Leitão, todas as terras de Paratibe foram vendidas pelos herdeiros, dividindo assim aquelas terras em Paratibe de Cima e Paratibe de Baixo.
A segunda freguesia também fazia parte da grande sesmaria doada por Duarte Coelho a Jerônimo de Albuquerque, sendo adquirida por João Fernandes Vieira no ano de 1656 que mandou construir uma capela votiva a Nossa Senhora dos Prazeres, a Casa Paroquial e um Sobrado para sua residência, iniciando assim uma povoação naquele local.
Posteriormente, em 1698, o Engenho de Paratibe de Baixo e toda propriedade de Maranguape foi vendida ao mestre de campo Manoel Alves Morais Navarro, natural da Capitania de São Paulo de onde viera comandando um terço da primeira linha dos Palmares, passando assim a propriedade a ser conhecida como Engenho do Paulista, dando origem ao atual nome da cidade: Paulista.
No período de 1710 a 1715, foi criada a freguesia de Nossa Senhora dos Prazeres de Maranguape que passou a integrar as outras freguesias da jurisdição política de Olinda, tendo, em 1838, 4.978 habitantes. A chegada da República, em nada modificou a situação político-administrativa de Paulista, que foi conservada Vila integrando a jurisdição de Olinda de quem dependia economicamente.
O fortalecimento político-econômico da Região se dá por volta de 1904, quando a Família Lundgren compra a maior parte das ações de uma fábrica têxtil já existente no local de propriedade de Rodrigues Lima. Isto aliado à ascensão dos membros da família a cargos políticos.
Em 15.11.1913, Artur Herman Lundgren foi eleito Prefeito de Olinda e em 1919, também foi eleito Alberto Lundgren. O fato de dois membros da família terem assumido quase que continuadamente o comando do Município, evidencia a força total daquela família. Em 1930 foram empreendidas gestões no sentido de dar autonomia ao Município, mas com a revolução isto não foi possível, voltando o município a sua posição de vila.
O desmembramento de Paulista do município de Olinda só se deu na gestão do Prefeito Walfrido Advíncula no dia 04 de setembro de 1935 e em 1937 o Sr. Manoel Mendes de Bezerra assumia o cargo de Prefeito Constitucional do Município do Paulista. No ano de 1993 o Município do Paulista passou a ser considerado Cidade.

Significado do Nome

Em 1689 todo o território onde o município de Paulista está localizado foi vendido a Manoel de Moraes Navarro, chamado de O Paulista, por ter vindo de São Paulo, daí a origem do nome da cidade.

Aniversário da Cidade

04 de Setembro

Gentílico

paulistense

População

303.400 habitantes

hspace=0 CARACTERÍSTICAS

Embora esteja próxima do agito comercial da Região Metropolitana do Recife, a cidade de Paulista tem praias de águas calmas, por isso é eleita por muitos pernambucanos como melhor ponto para moradia.

Uma das atrações da cidade é o parque aquático temático Veneza Water Park (foto). Com toboáguas de vários formatos, além de piscinas, rio de corredeiras, saunas, quadras sportivas, lanchonetes e restaurantes, o parque atrai centenas de visitantes para a cidade, sobretudo nos finais de semana.

Nos finais de semana, as praias do Janga, Pau Amarelo e Maria Farinha são visitadas por centenas de pessoas que se reunem para comer petiscos à base de frutos do mar, especialidade das diversas palhoças à beira-mar instaladas na região.

As praias de Paulista fazem parte do maior pólo de lazer náutico do Nordeste. Um dos passeios mais bonitos pode ser feito de barco pela extensão do Canal de Maria Farinha. De lá partem também várias embarcações que levam turistas para a Coroa do Avião - extenso banco de areia localizado entre a Ilha de Itamaracá e o Canal de Santa Cruz. O local serve de base para pesquisas de aves migratórias.

Paulista ainda tem construções que recontam a história, com casarios e igrejas erguidas no período colonial. O Forte de Pau Amarelo, construído no século XVIII pelos portugueses, marca o local do primeiro desembarque dos holandeses no Brasil. O forte está aberto à visitação diariamente. 

Clima

Tropical quente e úmido com chuvas de inverno

Temperatura Média

24,5ºC

hspace=0 COMO CHEGAR

Partindo de Recife: BR-101

Localização

Município da Região Metropolitana de Recife no Estado de Pernambuco

Limites

Ao norte com Igarassu e Abreu e Lima, ao sul com Olinda e Recife, a leste com o Oceano Atlântico e a oeste com Paudalho.

Acesso Rodoviário

PE-15 e PE-01

Distâncias:

Da Capital:

17Km

Outras:


hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Principais Pontos Turísticos

Enseadinha

Uma das mais belas praias de Paulista. Sua localização privilegiada e sua beleza fazem dessa praia uma das mais procuradas pelos turistas em todas as épocas do ano.

Praia do Janga

Bairro do Janga - PE 01 - 500m
Própria para banho. Paisagem composta por residências.

Praia do Ó

Distrito das Praias
Paisagem humanizada com presença de residências e bares.

Praia de Nossa Senhora da Conceição

Distrito das Praias - PE 01 - 500m
Ocupação humana, casas de veraneio, residência, pescadores.
Avista-se ao Norte a Ilha de Itamaracá.

Praia Maria Farinha

Distrito das Praias - PE 01 -500m
Própria para banhos. Residências, coqueiros espaçados.
Ao Norte avista-se a Ilha de Itamaracá.

Praia de Pau Amarelo

Bairro de Pau Amarelo - 500m da Av. Cláudio Gueiros Leite
Paisagem composta pela edificação do Forte de Pau Amarelo, barracas, bares, residências e coqueiral.

Igreja de Santa Isabel Rainha de Portugal

Localizada na Praça Agamenon Magalhães s/n - Fone: (081) 433.0982 - Centro - Paulista (PE).
Data de 1946. Construída pela tradicional Família Lundgren em homenagem a Elizabeth Lundgren, Matriarca da família.

Capela de Santo Antônio de Paratibe

Localizada nos Jardins do Seminário de Jardim Paulista.
Construída por Gonçalo Mendes de Leitão e sagrada por D. Pedro Leitão ( 1559)
Estilo Colonial, reconstruída em 1731 pelo Segundo Bispo do Brasil
Rua 80 s/n - Jardim Paulista

Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres ( Ruínas)

Localizada no alto de uma colina, na área do Parque Ecológico do Janga.
Data de 1656. Construída por João Fernandes Vieira, junto à sua residência, em alvenaria de pedra. Incendiada nas primeiras décadas de 60 ficando em estado de ruínas, até os tempos de hoje.
Foi a Primeira Paróquia da Cidade do Paulista.

Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Médicos - Capela do Janga

Localizada na Praia do Janga às margens da PE - 01 a 100m do mar.
Data do Séc. XIX, não se tem informação da data exata de sua construção, sabe-se apenas que em 1812 ela já existia.
Estilo Colonial.

Igreja Nossa Senhora do Ó

Data de 1811;
No pátio fronteiriço, existe um conjunto de pequenas casas que serviam de hospedaria para romeiros daquela época. Ao lado da Igreja, existe um cemitério.
Estilo Colonial.
Av. Cláudio Gueiros Leite, n.¼ 7073, Praia de Nossa Senhora do Ó.

Igreja Nossa Senhora da Conceição

Data de 1842. Construída em pedra de cantaria.
Em frente a igreja, existe um adro com um Cruzeiro em pedra de cantaria.
Estilo Colonial
Rua João Sérgio de Farias s/n, Praia da Conceição.

Igreja de São João da Barra Mansa

Localizada na rua Afonso Pena - Maria Farinha, em frente ao Canal de Santa Cruz/ Rio Timbó. Data de 1888.
Construída por nativos da Praia de Maria Farinha.

Forte do Pau Amarelo (Fortaleza de N. Sra dos Prazeres)

Localizado na praia de Pau Amarelo na beira mar. Data do Séc. XIII.
Sua construção que foi projetada por um português, teve início em 1719 e tudo indica que em 1866 já estava concluído. Construído em pedra de cantaria, para defender a barra da praia do mesmo nome.

Parque do Janga

Parque do Janga é uma das maiores reservas florestais do Estado. Os seus 654 hectares já foram declarados de Utilidade Pública. O local é convidativo aos admiradores do turismo ecológico. A sua área compõe-se de:
Mata Atlântica; Manguezais; Colinas e Várzeas.
Uma das principais atrações do Parque é a Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres de Maranguape, construída em 1656 e que está em ruínas. O templo foi erguido em agradecimento à expulsão dos holandeses. Existem, ainda, vestígios da existência, no Séc. XVII de um convento de freiras, uma casa paroquial e um cemitério no local. A Secretaria de Planejamento e Urbanismo do Município aguarda recursos do Fundo Brasileiro para Biodiversidade ( FUNBIO) da Fundação Getúlio Vargas, para desenvolver o projeto de revitalização do parque. Será recuperada toda extensão de Mata Atlântica e dragados rios e lagos.
Está prevista, também, a implantação de programas de regeneração natural e urbanização.

Rio Timbó

O passeio de barco ou de catamarã no Rio Timbó, é uma das atrações de lazer ecológico em Paulista. É possível contemplar a beleza dos mangues e conhecer um pouco da história da cidade.
As ruínas de um antigo terminal portuário ( Porto Arthur) e o encontro do rio com o mar ficam marcados na memória das pessoas que visitam o local. Em uma das suas margens está a praia de Maria Farinha (Paulista) e na outra a localidade de Nova Cruz em Igarassu. O passeio permite, ainda, a visualização de belas residências de veraneio e do cotidiano dos pescadores.

Centro Histórico Consolidado

Data do início do Século. Compõe a Malha Urbana do Centro Consolidado, formado pelas fábricas da Companhia de Tecidos Paulista ( Aurora e Arthur), as Vilas Operárias, o Casarão e Jardim dos Coronéis e a Igreja de Santa Isabel, estes dois últimos construídos em Estilo Europeu, de tijolo aparente.

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

Forte do Verão

Data: Janeiro

Circuito Pernambucano de Vôlei de Praia

Data: Janeiro

Carnaval

Data: Fevereiro

Dia Internacional da Mulher

Data: 8 de Março

Festival Nordestino de Poetas Repentistas

Data: Março

Paulista Acontece

Data: Março

Encenação da Paixão e Morte do Senhor

Data: Abril

Homenagem ao Dia do Trabalhador

Data: 1º de Maio

Ciclo Junino

Data: Junho

Emancipação Política do Município

Data: 4 de Setembro

Passeio Ciclístico da Independencia

Data: 7 de Setembro

Romaria Ciclística a São Severino dos Ramos

Revelando Pernambuco/2012

Data: Outubro

16 à 26 - Embaixadores do turismo embarcam na van do Revelando Pernambuco - A ação acontece nos 24 municípios participantes do projeto e tem o objetivo de divulgar o turismo de cada cidade:

A van do Revelando Pernambuco percorrerá 24 municípios das 14 regiões turísticas do estado. No percurso, serão distribuídos informativos sobre o trabalho desenvolvido ao longo de meses para contribuir com o crescimento do turismo local. À frente da iniciativa, estarão os embaixadores do turismo, estudantes do ensino médio da rede pública estadual, selecionados em concurso de redação no mês de junho. O papel desses jovens é disseminar o potencial turístico do lugar onde vivem.
A ação itinerante passará por locais de grande circulação, como praças, feiras, igrejas, prefeituras e escolas municipais. “A ideia é sensibilizar as comunidades e estimulá-las a perceber a importância de seu envolvimento no turismo local, possibilitando que aproveitem os benefícios da geração de renda e inclusão social promovidas pela atividade em seu município”, destaca a superintendente executiva da Fundação Assis Chateaubriand, Mariana Borges.
Além de levar informação aos moradores, a viagem do Revelando Pernambuco servirá para entregar aos embaixadores do turismo um DVD com o resultado final do vídeo produzido a partir de imagens captadas pelas lentes das câmeras dos estudantes para o projeto. O filme deverá ser exibido nas escolas e divulgado em eventos realizados nos municípios:

Recife - Olinda -  Paulista -  Itamaracá -  Nazaré da Mata - Salgadinho - Gravatá - Taquaritinga do Norte - Santa Cruz - Caruaru - Garanhuns - São Benedito do Sul -  Ipojuca - São José da Coroa Grande - Arcoverde - São José do Egito - Afogados da Ingazeira - Serra Talhada - Triunfo - Petrolândia - Salgueiro - Belém de São Francisco - Ararapina - Petrolina.

Reconhecimento nas escolas:

Depois dos estudantes, chegou a vez de as escolas participantes do Embaixador do Turismo também serem premiadas com câmeras fotográficas. A premiação é um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido na preparação dos alunos para o projeto.
As instituições de ensino foram fundamentais na mobilização dos estudantes e estímulo à produção dos textos e vídeos. Em algumas escolas, foram realizadas palestras e passeios para que os jovens despertassem para as riquezas do turismo local. Os equipamentos serão entregues durante a visita da van às 24 cidades.
Iniciado em dezembro de 2010, o projeto Revelando Pernambuco tem como objetivo criar um ambiente democrático e participativo entre o poder público, a iniciativa privada, o terceiro setor, o meio educacional e a população em geral para fortalecer a interiorização e contribuir com o desenvolvimento do turismo no estado.
Uma das ações foi o Embaixador do Turismo, que contou com cerca de 4,7 mil estudantes inscritos. Desses, 25 tiveram seus textos selecionados e receberam a missão de gravar imagens de vídeo sobre os atrativos turísticos locais. Durante 12 meses, contados a partir de agosto passado, os jovens têm o papel de disseminar o potencial de suas cidades para o estado.
O Revelando Pernambuco é uma realização do governo estadual, por meio da Secretaria de Turismo de Pernambuco, EMPETUR e Fundação Assis Chateaubriand. No caso do Embaixador do Turismo, a iniciativa conta com o apoio da Secretaria da Educação.

Confira a programação da ação itinerante:
    
  DATA           CIDADE             HORÁRIO

16/10/2012    PAULISTA      Noite / Início às 18h30

Data: 24 de Novembro

Caminhada de Nossa Senhora da Conceição

Data: 8 de Dezembro

Cantata de Natal

Data: 23 de Dezembro

Corrida de Jangadas

Data: Dezembro

Apresentação de Ciranda

Data: Semanalmente no Bar da Ciranda de Dona Duda, Praia de Janga

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULISTA

E-mail:

Telefones: (81) 3372-2258

Sites: http://www.paulista.pe.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário de Recife

Rod br 232 - Coqueiral Recife
Telefone: (81) 3452-2824

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

1º TABELIONATO DE NOTAS E OFÍCIO DE REGISTROS PÚBLICOS:

E-mail: 1snr@nlink.com.br

Telefones: (81) 3433-0873 / 1127/ 1187

Sites: http://www.1snrpaulista.com.br

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:


Conheça nossas opções de hotéis em Paulista e pousadas em Paulista para visitar Paulista.

Promova a cidade de Paulista no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!