Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Breves?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Breves

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Região


 

 

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

O Município de Breves foi criado pela Resolução nº 200, de outubro de 1851, com a elevação da freguesia de Nossa Senhora dos Breves à condição de Vila. Durante o período colonial, na chamada Missão dos Bocas, dois irmãos portugueses se estabeleceram: o primeiro, Manoel Maria Fernandes Breves, era solteiro e o segundo, Ângelo Fernandes Breves era casado com Inês de Souza.
Com a instalação de toda a família na região, o capitão-general João de Abreu Castelo Branco, em 19 de novembro de 1738, concedeu a Manoel uma sesmaria, que foi confirmada pelo rei de Portugal, a 30 de março de 1740. No local de suas terras, Manoel construiu um engenho que denominou Santana, além da plantação de roças, ficando o sítio conhecido como “Lugar dos Breves”.
Em 1738, depois de instalada, a família dos irmãos Breves, no furo Pararau, outros parentes se juntaram, dando ao local desenvolvimento, em 1781, Manoel Maria Fernandes Breves e outras famílias requereram ao capitão-general José de Nápoles Tello de Menezes que concedesse ao sítio o procedimento de lugar, e, por meio de uma portaria de 20 de outubro daquele ano, passou a chamar-se de Santana dos Breves, incluindo, também, terras de melgaço.
Com o falecimento dos irmãos, Saturnina Teresa ficou como única proprietária, em 1854, da antiga sesmaria dos Breves e, ao tentar reivindicar seu patrimônio, nada conseguiu. Esta última representante da família era analfabeta e, segundo Palma Muniz, nada se conseguiu obter do destino e do nome dos seus sucessores.
Até a Lei nº 172, de 30 de novembro de 1850, que lhe conferiu a categoria de freguesia, com nome de Nossa Senhora Santana de Breves, o lugar pertenceu, sucessivamente, a Melgaço e Portel. Pela resolução nº 200, de 25 de outubro de 1851, foi elevada à categoria de Vila e, portanto, criado o Município, ao qual ficou anexado o território da Vila de Melgaço, que perdeu sua autonomia pelo ato.
Apesar de a resolução haver extinguido o Município de Melgaço e criado a Vila dos Breves, de fato, não ocorreu a extinção do citado Município, pois o ofício da presidência da Província, de 24 de março de 1852, apenas transferiu a Câmara de Melgaço para a nova Vila.
O crescente e acentuado desenvolvimento do rio Anajás e sua região fez com que, em 1869, pela Lei nº 596, de 30 de setembro, fosse criada a freguesia de Menino Deus do Anajás, tendo sido complementada com a Lei nº 637, de 19 de outubro de 1870, que estabeleceu a incorporação ao Município de Breves de todo o território dessa freguesia antes pertencente a Chaves. A delimitação do Município foi estabelecida no governo de Augusto Montenegro, pelo decreto nº 1.201, de 18 de outubro de mesmo ano. Em 2 de novembro de 1882, por meio da Lei nº 1.079, Braves eleva-se à categoria de cidade.
No período de 1903 a 1906, o Conselho Municipal de Breves, por meio da Lei Municipal nº 190, de 22 de dezembro de 1905, autorizou o intendente municipal, coronel Lourenço de Mattos Borges, a mudar a sede do Município para outro local. O povoado escolhido obteve a categoria de vila com a denominação de Antônio Lemos, pela Lei nº 989, de 31 de outubro de 1906, e pelos decretos 1.508 e 1.509, de 4 de maio de 1907, foram transferidas para lá as sedes do Município e da Comarca de Breves, instalada em 13 de maio do mesmo ano.
Com a lei nº 1.122, de 10 de novembro de 1909, Antônio Lemos teve o predicamento de cidade e foi instalada a 17 de dezembro do mesmo ano, não conseguindo, entretanto, conservar-se sede do Município, pois a Lei Municipal nº 240, de 18 de março de 1912, a transferiu para a cidade de Breves.
O Decreto nº 6, de 4 de novembro de 1930, manteve o Município de Breves anexado a este e a Curralinho o território do extinto Município de Melgaço. Desde a década de 50, o município é constituído por quatro distritos: Breves, Antonio Lemos, Cuurumu e São Miguel dos Macacos.
A denominação vem do sobrenome dos irmãos portugueses Manoel e Ângelo Fernandes Breves. A cidade de Breves obteve essa categoria pela Lei nº 1.079, de 2 de novembro de 1882.

Significado do Nome

 

Aniversário da Cidade

19 de Novembro

Gentílico

brevense

População

92.665 habitantes

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Baseada no extrativismo, destacando-se açaí, palmito, carvão e madeira. Na agricultura, destaca-se arroz, milho, mandioca, laranja, banana e limão. Na pecuária, destaca-se gado, búfalo e suínos.

Clima 

Tropical

Temperatura Média


hspace=0 COMO CHEGAR:

Localização

Marajó

Limites

Ao norte, Afuá e Anajás Ao sul, Melgaço A leste, Anajás, Curralinho e São Sebastião da Boa Vista A oeste, Melgaço e Gurupá.

Acesso Rodoviário

A partir de Belém De barco: viagem com duração de 12 horas, partindo Portos Bom Jesus, Custódio, Tamandaré, Comercial, Mundurucus e Ankel. De avião: vôo fretado, com duração de 45 minutos.

Distâncias:

Da Capital:

220 km

Outras:


hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Principais Pontos Turísticos

Rio Parauhaú

Extenso e navegável em todo o seu percurso.Escala quase obrigatória para as embarcações que navegam pelo rio Amazonas.

Rio Pracaxi

No estreito de Breves, destaca-se como rio de grande profundidade. A 30 minutos de voadeira da sede do município.

Estreito de Breves

Formado por um conjunto de pequenos rios e ilhas, segundo a tradição popular, os navegadores, ao entrarem no estreito, na região de confluência das águas do Amazonas com o rio Pará, devem atirar às águas uma oferenda para as Divindades do fundo do rios para que estas permitam uma viagem segura.

Igarapé Grande

Destaca-se por sua coloração escura e transparente pela vegetação de suas margens representadas por plantas aquáticas e palmeiras.

Igreja Matriz de SantAna

Localizada na av. Presidente Getulio Vargas, com início de suas obras datado de 1861.

Prédio da BISA - Breves Industrial S/A

Construído em 1925, é representante de um período áureo, da cidade, quando Breves ficou conhecida como “Celeiro Mundial da Madeira”.

Corcovado

Antiga fabrica beneficiadora de borracha, durante o período da 2º Guerra Mundial.

Trapiche Municipal

Prédio histórico em estilo eclético.

Casa da Cultura

Utilizada para a realização de eventos culturais no espaço do auditório, que é moderno, confortavél, climatizado e equipado com capacidade para até 120 pessoas.

Divisão de Cultura

Espaço para realização de oficinas de teatro, dança e artesanato, com capacidade para 230 pessoas.

Culinária

Os principais pratos típicos são produzidos a partir do camarão, boi, búfalo, peixes, caças e açaí.

Artesanato

Entre os materiais produzidos podemos destacar: peneiras, cestas, paneiros, tipiti, matapi, alguidar, panelas de barro, vassouras e outros, produzidos a partir da utilização de cipós, talas de palmeiras, madeira, barro e palha.

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

- Realiza-se anualmente o Forrozão Marajoara e o Festival Brevense de Folclore, onde são apresentados os inúmeros grupos folclóricos do município, com destaque para: Grupo Folclórico Nheengaibas, Roceiros da Castanheira, Geração Junina, Roceiros do Marajó, Roceiros da Cidade Nova, Mata Velho, Nova Geração Moderna Papy Legal, Sensação Junina do Aeroporto, Boi- Bumba, Pai do Campo, Revelação Junina da Mainardi Guará . Danças apresentadas: Xote, mazurca, carimbó e retumbão.

  Janeiro

- Festividade de São Sebastião 

 Fevereiro
 
- Breves Folia 
 
 Junho
 
- XXII – Forrozão Marajoara 
 
- Forrozão Marajoara 
 
 Julho

- Festividade de Santana  

- Marajó Folia 
 
 Agosto

- Festival Brevense de Folclore  

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE BREVES

E-mail: sead@prefeiturabreves.pa.gov.br

Telefones: (91) 3783-3535 

Sites: http://www.prefeiturabreves.pa.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário de Belém-PA

Pça. do Operário, s/nº
Telefone: (91) 3266-2625 

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

2º OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL, TÍTULOS E DOC. E TABELIONATO DE NOTAS:

E-mail:

Telefones: (91) 3783-1112

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:

 


Conheça nossas opções de hotéis em Breves e pousadas em Breves para visitar Breves.

Promova a cidade de Breves no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!