Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Cachoeira?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Cachoeira

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




 

Roteiros do Brasil

Região Baía de Todos os Santos

"Cidade Monumento Nacional" e "Cidade Heróica"

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Paulo Dias Adorno residia em São Vicente com seus irmãos Francisco e José em 1530 e lá assassinou um homem; fugiu por temer vingança e com ele levou um amigo chamado Afonso Rodrigues, com destino à Bahia.Por esta época, Martim Afonso de Souza, vinha da Índia com destino a São Vicente, para fixar-se na Capitania que lhe fora doada e ao passar pela Baía de Todos os Santos, ingressaram em sua expedição, Paulo Dias Adorno e Afonso Rodrigues, chegaram em Cachoeira no dia 13 de março de 1531. Resolveram os dois ali ficar. Já residia no local um homem branco, como diziam os índios, Diogo Álvares Correia, o Caramuru, que se salvara de um naufrágio e de ser devorado pelos índios antropófagos; casara-se com a índia Paraguaçu e com ela teve duas filhas: Madalena ( a mais velha, casou-se com Afonso Rodrigues) e Felipa ( a mais nova, casou-se com Paulo Dias Adorno). Este, apoderou-se de uma parte da terra formando uma fazenda que ia do riacho Pitanga ao Caquende. Explorando estas terras, ambos viram que eram bastante produtivas, principalmente, para o cultivo de cana-de acúçar e fumo. A primeira construção de cal e pedra em Cachoeira foi a igreja de Nossa Senhora da Ajuda mandada erguer por Paulo Dias Adorno, tendo sua construção se iniciado em 1595 e sua conclusão em 1606. Ao lado da igreja, ele construiu sua residência e o engenho de acúçar às margens do rio Pitanga. Foi dado assim, o primeiro passo para o crescimento demográfico da região, culminando na próspera freguesia de Nossa Senhora do Rosário do Porto de Cachoeira em 1674. O casario colonial foi tomando conta da freguesia que só 19 anos mais tarde, em 27 de dezembro de 1693 foi elevada à categoria de Vila e a 7 de janeiro de 1698 teve sua instalação assinada pelo Desembargador Estevão Ferraz de Campos. No século XVIII, a vila atingiu o máximo de sua prosperidade sócio-econômica. Surgiram, a partir daí, importantes peças de arquitetura civil e religiosa, marcadas pela influência barroca, traço característico da vila. A expansão da economia da cana-de acúçar no vale do Paraguaçu e do Iguape, a abertura de estradas que desenbocavam nas regiões de minas e de produção pecuária, transforma Cachoeira em principal entreposto comercial da época. O ouro e a cana-de-acúçar exerceu papel definitivo na criação de ruas, praças, casas e igrejas; o negro foi trazido pelos senhores de engenho como mão-de-obra eficaz e de baixo custo para trabalhar em suas lavouras. Cachoeira torna-se a vila mais próspera e populosa do Império exigindo que fosse ela elevada à categoria de cidade, o que aconteceu em 1826, quando D. Pedro I, imperador do Barasil, fez uma visita à vila e recebeu das mãos dos cachoeiranos um Memorial onde se propõe chamá-la, se elevada à categoria de cidade, de Cachoeira de Petrópolis. No dia 20 de abril de 1826, assina D. Pedro I a Lei Imperial nº 64. 

Significado do Nome

O nome Cachoeira foi dado pelos índios, o que significa na linguagem deles, mar grande, e isto, explica-se pela quantidade das águas e a largura do rio Paraguaçu nesta região. 

Aniversário da Cidade:

13 de Março 

Gentílico:

cachoeirano(a)

População:

32.035 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Município histórico, situado à margem esquerda do Rio Paraguaçu, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional ( IPHAN ) em 1971 e pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, Cachoeira possui diversas belezas naturais mas sem dúvida, seu grande patrimônio encontra-se no acervo aquitetônico no estilo barroco, lembranças do Brasil Império. Terra natal de Ana Néri e Maria Quitéria, forma com o Município de São Félix, no outro lado do Rio, um só organismo urbano. Sua padroeira é Nossa Senhora do Rosário.

Clima:

Úmido tropical com alta taxa de umidade no ar durante o ano. 

Temperatura Média:

25,4º C 

hspace=0 COMO CHEGAR:

Localização:

Município da Região Metropolitana de Salvador no Estado da Bahia. 

Limites:

Conceição da Feira, Santo Amaro, Saubara, São Félix, Maragogipe, Governador Mangabeira e Muritiba. 

Acesso Rodoviário:

BR-116 (Rodovia Presidente Dutra) / BR-381 (Rodovia Fernão Dias) / Anel Rodoviário de Belo Horizonte / BR-381 / BR-116 / BR-324

Distâncias:

Da Capital:

110 Km 

Outras: 

Aracaju - 320 km
Itaparica (ferry boat) - 104 km
Chapada Diamantina - 310 km
Praia do Forte - 110 km
Feira de Santana - 44 km
Ilhéus - 340 km
Santo Amaro - 40 km
Itacaré - 260 km
Valença/Morro de São Paulo - 103 km

hspace=0 TURISMO:

Resumo:

- Cidade Heróica e Monumento Nacional. Tombada pelo Patrimônio Histórico, com sua vasta riqueza a céu aberto. Museus, casas de candomblé, a rica culinária, e muito mais, completam o rico cenário cultural, patrimonial e natural da região;

- Trilhas diversas para caminhadas, ciclismo ou motociclismo (dispomos de bicicletas para locação)

- Rio Paraguaçu - navegável até Salvador, permite prática de pesca, mergulho, vela, nado, motonáutica, etc. Para isso dispomos de barcos a vela hobie cat 14, caiaques e barco a motor de 7 metros, para locação e passeios náuticos

- Várias Cachoeiras, banhos e nascentes num raio de 15 km

- Barragem de Pedra do Cavalo - mergulho e pesca

Principais Pontos Turísticos:

Rio Paraguaçu 

Vila de Belém de Cachoeira 

(distrito municipal, a 7 km do centro de Cachoeira) 

Capela Nossa Senhora da Penha 

Convento de Santo Antonio do Paraguaçu 

São Francisco do Paraguaçu 

Imperial Ponte Dom Pedro II 

Convento e Igreja Nossa Senhora do Carmo 

Igreja de Nossa Senhora do Sagrado Coração do Monte Formoso 

É o nome real da igreja conhecida como Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos na cidade de Cachoeira, Bahia, foi fundada em 1846, segundo o historiador Luiz Cláudio Nascimento, a igreja foi fundada por africanos libertos e foram responsáveis pela criação de um dos primeiros terreiros de candomblé do Recôncavo Baiano e da Irmandade da Boa Morte, formada por mulheres negras adeptas do candomblé, representa um dos marcos da afro-religiosidade, porque aqui são sepultados a maior parte dos pais e mães-de-santo do Recôncavo baiano”.  

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

Abril

- Procissão do Encontro - Sexta-Feira antes da Semana Santa.

- Procissão do Senhor Morto - Sexta- Feira Santa

- Procissão da Ressurreição - Sábado de Aleluia

- Queima de Judas - Sábado de Aleluia

- Festa de Nossa Senhora do Monte Formoso

Abril/Maio

- Micareta - Réplica do Carnaval

Maio

1º a 31 - Mês de Maria

- Festa do Divino

Junho

- Procissão de Corpus Christi

- Festa de Santo Antônio

- Feira do Porto - Venda de produtos agrícolas e apresentação de grupos folclóricos de quadrilhas, samba-de-roda, bumba-meu-boi, trança fitas e forró.

- Festa de São João

- Independência de Cachoeira

- Festa de São Pedro

Agosto

1ª quinzena - Festa de Nossa Senhora da Boa Morte

Outubro

- Festa de Nossa Senhora do Rosário do Porto de Cachoeira

Novembro

2ª quinzena - Festa de Nossa Senhora da Ajuda

2ª quinzena - Desfile de Terno, cabeçorras, mandus e travestidos.

Novembro/Dezembro

- Festa de Nossa Senhora da Conceição do Monte.

Dezembro

- Festa de Santa Bárbara 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA

E-mail: pmc@cachoeira.ba.gov.br

Telefones: (75) 3425-1390

Sites: http://www.cachoeira.ba.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTAS:

EMPRESAS DE ÔNIBUS DA REGIÃO:

São Geraldo/ Viação Nacional:

Viação São Geraldo Transportes S/A.

Telefone: (11) 2109-1333                  
          
Site: http://www.saogeraldo.com.br

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO DO REGISTRO CIVIL E TABELIONATO DE NOTAS:
 
Vila de Belém - Bairro: Zona Rural    
 
Telefone: (75) 3425-1460 Fax: (75) 3425-4778

Horários: De 2ª a 6ª feira, das 8h às 14h.
 
Atribuições: Nascimentos, Casamentos, Óbitos, Interdições e Tutelas, Notas.

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS: (75) 725-101 / 191

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org

http://portal.mj.gov.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

Ana Néri - Enfermeira, chamada de "mãe dos brasileiros", por sua nobre atuação na Guerra do Paraguai
André Rebouças - Engenheiro e Abolicionista
Augusto Teixeira de Freitas - Maior Jurisconsulto das Américas
Castro Alves - Um dos maiores escritores brasileiros, nascido em Curralinho (na época pertencente à Comarca da Cachoeira)
Ernesto Simões Filho - Fundador do Jornal "A Tarde"
Manoel Tranquilino Bastos - Maestro e Instrumentista
Cândido dos Santos Xavier
Edson Gomes - Músico e compositor
Sine Calmon - Músico e Compositor
Antonio Carlos Gomes de Cerqueira - Pastor evangélico
Eduardo Augusto Fraga Lobo - Contador
José Carlos Calmom Santos - Segurança industrial
Nelson Marques Lobo Filho - Médico 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 


Conheça nossas opções de hotéis em Cachoeira e pousadas em Cachoeira para visitar Cachoeira.

Promova a cidade de Cachoeira no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!