Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece Chapada dos Guimarães?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

Chapada dos Guimarães

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




Roteiros do Brasil

Roteiro: Pantanal à Amazônia

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Os primeiros habitantes da Chapada foram os índios Caiapós, Guaicurus, Bororós e Paiaguás. No século XVI os bandeirantes chegaram à região em busca de riquezas naturais. A vila começou a se formar com a chegada dos jesuítas em 1751. Nessa época foi construída a Igreja Nossa Senhora de Santana. A cidade também cultivou a cana-de-açúcar e desenvolveu a pecuária. Com a Guerra do Paraguai, porém, a região entra em declínio e só vem a se recuperar no século XX com a mecanização da cultura e a expansão da pecuária. Atualmente a cidade tem uma população de doze mil habitantes. A fundação oficial do núcleo que originou o atual município de Chapada dos Guimarães deu-se no ano de 1751. O primeiro homem branco a instalar-se em Chapada dos Guimarães foi o paulista Antônio de Almeida Lara que, por volta de 1722, abrindo a sua fazenda, depois engenho do Buriti. Lara chegou a Cuiabá em 1720 numa das levas de bandeirantes pioneiros. Em 1721, como fazia pesquisas auríferas Rio Coxipó acima, tudo leva a crer tenha sido ele um dos fundadores do Arraial da Forquilha. A primeira denominação foi Sant’Ana da Chapada, nome da célebre missão dos jesuítas comandada pelo padre Estevão de Castro. Mais tarde, o nome foi alterado para Chapada de Cuiabá. Não demorou muito e o nome foi novamente modificado, desta feita para Sant’Ana da Chapada de Guimarães. Nesta ocasião governava a Capitania de Mato Grosso o Capitão General Luíz Pinto de Souza Coutinho - Visconde de Balsemão, que, acatando sugestão de portugueses naturais da cidade de Guimarães, acrescentou à denominação de Sant’Ana da Chapada o termo de Guimarães. Outra fonte dá o termo como homenagem ao Duque de Guimarães, por imposição do mesmo Visconde de Balsemão. Em 1814, o povoado foi elevado à categoria de Freguesia. Através da Lei Provincial nº 219 de 11 de dezembro de 1848, a localidade transformou-se em Distrito Administrativo. O Distrito de Paz de Chapada foi criado em 1875. O município, com o nome de Chapada dos Guimarães, foi criado em 15 de dezembro de 1953, através da Lei Estadual nº 701. Em 1994, a Assembléia Legislativa de Mato Grosso pretendeu retornar a denominação de Chapada dos Guimarães para Chapada de Guimarães. A lei foi vetada pelo executivo permanecendo Chapada dos Guimarães.

Significado do Nome

Seu nome presta uma homenagem ao Duque de Guimarães.

Aniversário da Cidade

31 de Julho

Gentílico

chapadense

População

17.799 habitantes

hspace=0 CARACTERÍSTICAS

Aventura, esoterismo, história e cultura, um roteiro completo! Considerada como o centro geodésico (eqüidistante dos oceanos Atlântico e Pacífico) da América do Sul, a Chapada dos Guimarães atrai cada vez mais turistas devido às suas diversas atrações e seu lado místico. Além disso possui um lado histórico bastante interessante com diversos sítios arqueológicos espalhados pela região.  

Clima

Quente e Sub-Úmido 

Temperatura Média

24º C 

hspace=0 COMO CHEGAR

Para quem tem como ponto de partida São Paulo segue-se pela Castelo Branco (SP-280) e depois a SP-225. Vai-se então até Bataguassu pela SP-270, passando por Presidente Prudente. De lá pega-se a BR-267 até Nova Alvorada. Agora pela BR-163 segue-se até Cuiabá. Mais 70 km pela Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-305) e finalmente chega-se a Chapada dos Guimarães. Para quem vem do Rio de Janeiro deve-se seguir até São Paulo pela BR-116. A partir desse ponto o trajeto é o mesmo de quem vem de São Paulo.

Localização

Município do Centro Sul do Estado do Mato Grosso 

Limites

Nova Brasilândia, Campo Verde, Santo Antônio do Leverger, Rosário Oeste e Cuiabá. 

Acesso Rodoviário

MT-305  /  MT-251

Distâncias:

Da Capital:

70 km

Outras:

- São Paulo (SP): 1774 km
- Rio de Janeiro (RJ): 2203 km
- Belo Horizonte (MG): 1926 km
- Brasília (DF): 1202 km
- Salvador (BA): 2659 km

hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Principais Pontos Turísticos

Caminho das Águas

Este passeio de 4 km passa pelas principais cahoeiras do Parque. A primeira delas é a famosa Cachoeira Véu da Noiva, a maior do Parque com 86 m de queda. A seguir vem a sequência de sete cahoeiras do Rio Sete de Setembro, entre elas a Independência e do Pulo e Salto das Andorinhas. A presença de um guia é facultativa. 

Caminho das Pedras

São 8 km de caminhada por um dos principais sítios arqueológicos da Chapada. Entre as atrações estão a Casa de Pedra, Jacaré de Pedra, Pedra Furada, Cogumelo de Pedra e Mesa do Sacrifício. Ainda dentro do sítio pode-se visitar o Morro São Jerônimo, o maior mirante do Parque com 836 m de altura. 

Cidade de Pedra

A caminhada é curta (300 m) passando por formações rochosoas esculpidas pelo vento e pela chuva. Seus formatos lembram as ruínas de uma cidade. Os paredões tem mais de 300 m de queda livre. O acesso é a partir da estrda para Água Fria. 

Caverna Aroe Jari e Lagoa Azul

Com 1.400 m de extensão, essa caverna (uma das maiores de arenito do Brasil) conta com a presença de diversas cachoeiras. Em uma de suas extremidades encontra-se a Lagoa Azul, uma piscina natural de água azul cristalina. O acesso é pela estrada para Campo Verde e a trilha até a caverna dura cerca de uma hora . 

Portão do Inferno

Deste mirante pode-se ver a Cidade de Pedra. O fato mais curioso desta atração é que ao subir a serra (antes da curva do portão) se você parar o carro em ponto morto ele sobe ao invés de descer. 

Igreja Nossa Senhora do Sacramento

Na região central da cidade de Chapada dos Guimarães esse monumento histórico foi construído em 1779 por escravos da região. Completamente em estilo barroco, possui o altar pintado de ouro e ainda conservado. 

A Salgadeira

Antigo caminho de tropeiros, nesse local, que na verdade é um terminal turístico, o viajante pode encontrar uma área de camping, restaurantes e a Cachoeira Salgadeira. Para chegar até lá basta pegar o acesso para Cuibá pela MT-251 (21 km). 

Atividades Noturnas

Na cidade de Chapada dos Guimarães o turista encontra opções de danceterias, bares e restaurantes.  

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPADA DOS GUIMARÃES

E-mail: chapadaturismo@terra.com.br

Telefones: (65) 3301-1570  /  3301-1553

Sites: http://www.chapadadosguimaraes.mt.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Telefone: (65) 3301-2045

Terminal Rodoviário Chapada dos Guimarães-MT

Telefone: (65) 3301-1280

Terminal Rodoviário Eng. Cássio Veiga de Sá - Cuiabá

Av. Jules Rimet, s/nº
Telefone: (65) 3621-3629

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

1º OFÍCIO DO REGISTRO DE IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS:

E-mail: tab.reg.paixao@vsp.com.br ou tab.reg.paixao@hotmail.com

Telefones: (65) 3301-1382 / 1784

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS: (65) 3301-1116

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org

http://www.cnm.org.br/

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:


 


Conheça nossas opções de hotéis em Chapada dos Guimarães e pousadas em Chapada dos Guimarães para visitar Chapada dos Guimarães.

Promova a cidade de Chapada dos Guimarães no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!