Escolha uma cidade
HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   



Conhece São Sebastião do Passe?
seta piscando Deixe seu comentário!
Envie suas fotos!

São Sebastião do Passe

INFORMAÇÕES | FOTOS |VíDEOS | HOSPEDAGEM | RESTAURANTES | AGÊNCIA DE TURISMO | IMOBILIÁRIAS | LOCADORA DE VEÍCULOS | GUIAS DE TURISMO | OUTROS




 

Roteiros do Brasil

Região

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Sabemos que a Igreja Católica teve uma participação decisiva na formação das maiorias das cidades brasileiras, As primeiras noticias oficias de São Sebastião do Passé também derivem da fé cristã através de Alvará Regéio, dotado de 11 de abril de 1718, e assim foi criado freguezia de São Sebastião do Passé, nesta época registrava-se uma população de 2.600 habitantes, contando ainda oito engenhos, quatro capelas ( uma principal e três filiais).
São Sebastião do Passé e sua Independência - Ate 1926, São Sebastião do Passé era considerado distrito dos municípios Vila de São Francisco, a sua independência ocorreu decorrente da amizade que havia entre o Coronel Luiz Ventura Esteves um importante político local, e o governador da época o Sr. Francisco Marques de Góes Calmon.  

Significado do Nome

TOPÔNIMO – Há Duvidas à origem do nome da cidade, alguns estudiosos afirmam que a expressão “ São Sebastião” foi devido à exigência de uma capela, erguida por uma família feita em homenagem ao Santo.
EXPRESSÃO “Passé” – A opinião mais aceita é que ela deveria da existência de indígenas remanescente da tribo (Aruaque dos Passes), originários da região sita entre os rios amazonenses Negro e Icã, espalhados por alguns pontos do Brasil.
A tradição oral refere-se a certo riacho “Passé” sem registro, contudo, nas fontes escritas de pesquisas. 

Aniversário da Cidade:

 

Gentílico:

sebastianense

População:

42.153 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Na produção agrícola destaca-se o cultivo de mandioca. Na pecuária, destacam-se os rebanhos de bovinos, eqüinos e muares. 

Clima:

Quente úmido 

Temperatura Média:

30º C 

hspace=0 COMO CHEGAR:

Localização:

Metropolitana de Salvador  

Limites:

Candeias, Catu, Pojuca, Terra Nova, Amélia Rodrigues (Bahia), Mata de São João, Dias d'Ávila. 

Acesso Rodoviário:

Saindo de Salvador seguindo pela BR-324 até o cruzamento com a BR-110, e entra na altura do km 51 seguindo mais 3 km até a cidade. Saindo de Camaçari segue pela BA-522 até a cidade. Saindo de Candeias basta seguir pela BR-110 até a cidade de São Sebastião do Passé.  

Distâncias:

Da Capital:

50 km 

Outras: 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Fé e belezas naturais são alguns dos atrativos do Assentamento 3 de Abril, em São Sebastião do Passé, no Recôncavo baiano. A 14 quilômetros do centro do município, o assentamento também tem um potencial histórico desconhecido. No local, vivem hoje 92 famílias, mas a região já tinha moradores desde o Século 19. Neto de escravos, o assentado Antônio Marcelino dos Santos, de 80 anos, conta que seus antepassados sentiram na pele o sofrimento da escravidão. “Eles comemoraram bastante a abolição da escravatura e me disseram que a vida na senzala era difícil”, recorda.
A parte histórica tem ainda maior destaque por causa das ruínas de uma igreja construída há 200 anos. A trilha para chegar às ruínas, de aproximadamente 400 metros de distância, está praticamente fechada pelo mato. Em períodos de chuva intensa, o local fica inacessível. A antiga igreja tem cerca de 800 metros quadrados. “É um local de grande valor histórico”, enfatiza o presidente da Associação Rainha dos Anjos (integrante do Assentamento 3 de Abril), Martinho dos Reis Santos.

Principais Pontos Turísticos:

Gruta do Assentamento Nossa Senhora dos Anjos

Outro destaque local é a religiosidade. A padroeira do assentamento é Nossa Senhora Rainha dos Anjos que, segundo conta a lenda, já teria sido vista na gruta do 3 de Abril. O lugar é visitado por cerca de mil fiéis por ano. Além disso, são rezadas missas nas proximidades da gruta, principalmente no verão, quando o acesso é mais fácil.
Depoimentos da comunidade local reforçam a crença. Para o assentado Antônio Marcelino, a água da gruta é milagrosa. “Meu irmão, José Marcelino, iria para o hospital, onde amputaria a perna. Depois que ele banhou a perna com a água da gruta, voltou a andar como antes. Nunca vou me esquecer disso”, conta.
Segundo Marcelino, outro milagre também atribuído à santa aconteceu no assentamento há cerca de 50 anos. “Eu me lembro de uma moça que tinha paralisia. Após se banhar com a água da gruta, essa menina jogou a muleta no chão e começou a andar normalmente. Isso me marcou bastante”, destaca.
Atualmente, há uma igreja com a imagem de Nossa Senhora Rainha dos Anjos, onde é rezada mensalmente uma missa que atrai moradores de municípios próximos ao assentamento. Os visitantes também podem encontrar no local uma área remanescente de Mata Atlântica com 492,5 hectares – o equivalente a 21% da área total do 3 de Abril.

Maracangalha

Famosa e imortalizada pela canção de Dorival Caymmi( Eu vou pra maracngalha, eu vou, Eu vou com chapéu de palha eu vou... ), que apresentou esta pequena vila para o mundo através de sua canção. Vila de gente simples, mas de bom coração e bastante acolhedora. Tem como atração a praça Dorival Caymmi, em formato de violão; a Capela de Nossa Senhora da Guia, inaugurada em 1963, reúne devotos em torno da imagem da protetora da vila, sendo que no mês de janeiro, recebe os fiéis em festejos para a santa com missa, procissão e lavagem das escadarias; e as ruinas da Usina Cinco Rios, fundada em 1912, que tornou-se uma das mais tradicionais do Recôncavo Baiano e já chegou a produzir 300 mil sacas de açúcar por ano e a absorver mão-de-obra de mais de 1000 trabalhadores, sendo responsável por 75 anos de movimentação na vila, hoje encanta visitantes com seu passado. Como chegar a Vila: Maracangalha dista 57 Km de Salvador. No , entra-se na altura do km 51. Seguindo 3km no sentido de São Sebastião do Passé/Candeias, onde 500 metros após a ponte sobre o Rio Joanes, há um desvio à direita (onde tem uma placa com uma seta Maracangalha). Segue-se por uma estrada de asfalto com extensão de 3 km e chega-se à vila.

Estação Ferroviária

E. F. Centro-Oeste da Bahia (1900-1913)
Cia. Chemins de Fer Federaux du LEst Brésilien (1913-1935)
V. F. F. Leste Brasileiro (1935-1975)
RFFSA (1975-1996) 
CINCO RIOS
Município de São Sebastião do Passé, BA (veja o local)
Linha tronco - km 43,570 (1960)   BA-3015
Inauguração: 1900
Uso atual: demolida   com trilhos
Data de construção do prédio atual: n/d 
 
Histórico da Linha: A linha Sul, Mapele-Monte Azul, foi formada pela união das linhas de diversas ferrovias quase todas originadas no século 19, como a E. F. Central da Bahia, a E. F. Bahia ao São Francisco, a E. F. de Santo Amaro e a E. F. Centro-Oeste da Bahia, que, quando finalmente unidas sob o nome de Viação Férrea Federal do Leste Brasileiro (VFFLB) entre 1935 e 1939, tiveram suas linhas unidas e prolongadas de forma a, em 1951, ligarem Salvador e Mapele à localidade mineira de Monte Azul, ponta dos trilhos da E. F. Central do Brasil. Trens de passageiros passaram pelos seus diversos pedaços desde cada uma de suas origens até a linha completa, desaparecendo em 1979, quando somente faziam o trecho Iaçu-Monte Azul, no sul, e até o início dos anos 1980 entre Mapele e Candeias. Hoje a linha é utilizada apenas por trens cargueiros, que sofrem para passar pelo gargalo do rio Paraguassu.
 
A Estação: Foi com a criação das usinas de açúcar que começou o processo de concentração da propriedade na região provocando o abandono das antigas sedes dos engenhos incorporados. As Usinas Passagem e São Carlos, que mais tarde se fundiriam, incorporaram por exemplo, os Engenhos Passagem, Velho Botelho, Subaé, Cazumba. A usina de Cinco Rios incorporou o engenho do mesmo nome, Sapucaia, Cassarangongo, Paramirim, etc. A estação de Cinco Rios foi aberta em 1900, então como ponta de linha, no que viria a ser o ramal de Água Comprida (hoje Simões Filho) a Buranhem, pela então E. F. Centro Oeste da Bahia. Em 1908, o ramal teria sido completado até Buranhem, depois de modificações no traçado original do plano. A partir de 1948, passou a fazer parte da linha Sul, com a união das estações de Santo Amaro, Afligidos e Conceição da Feira. Ao lado da estação e da usina ficava - e fica até hoje - o povoado de Maracangalha, imortalizado por Dorival Caimmi (Eu vou pra Maracangalha, eu vou... eu vou de chapéu de palha, eu vou...). A usina foi fechada em 1987 e hoje (2007) está em ruínas. A estação foi demolida, não sobrou nem a plataforma. Maracangalha ainda resiste. (Fontes: Ralph M. Giesbrecht, 05/2006; Guias Levi, edições de 1932 a 1984; Revista Ferroviária, agosto de 1965; Paulo Ormindo David de Azevedo, 1978). 

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO PASSÉ

E-mail: servicos@studioinfor.com

Telefones: (71) 3655-8000 / 8008

Sites: http://www.sspasse.ba.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário São Domingos  

Av. Santiago Campostela
Salvador-BA
Telefone: (71) 3431-7355

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTO DE TÍTULOS:

E-mail:

Telefones: (71) 3655-1304

Sites: http://portal.mj.gov.br/data/Pages/MJF9BE4E96PTBRIE.htm

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS: (71) 3655-8010

CORREIOS: (71) 3655-1270

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.cnm.org.br

www.wikipedia.com.br

www.sspasse.ba.gov.br

www.saosebastiaodopasse.ba.gov.br

www.studioinfor.com

www.estacoesferroviarias.com.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 

 


Conheça nossas opções de hotéis em São Sebastião do Passe e pousadas em São Sebastião do Passe para visitar São Sebastião do Passe.

Promova a cidade de São Sebastião do Passe no Férias. Envie-nos mais informações para alavancar sua cidade nesse novo contexto do turismo nacional!
Clique aqui.

 

 





 

HOME   |   CADASTRE-SE NO PORTAL   |   ÁREA PARA PARCEIROS   |   CONTATO

© Copyright 2014 - ferias.tur.br - Seu Portal de Turismo!