Cruzeiro

Cruzeiro-SP

Bem-vindo a Cruzeiro!

As melhores pousadas em Cruzeiro podem ser acessadas através do menu localizado na lateral esquerda dessa página. Ali você vai encontrar opções de pousadas, hotéis, fotos e muitas informações atualizadas pela nossa equipe.

A cidade de Cruzeiro, localizada no estado de São Paulo (SP), foi fundada no ano de 1871. A localidade está em uma altitude de 517m em relação ao nível do mar, e possui uma população estimada em 73.803 habitantes. A área total de Cruzeiro é de 305,3km², e sua densidade demográfica é de 241,74hab/km² (habitantes por km²). O CEP da região de Cruzeiro-SP é 12700-000. Caso você possua informações atualizadas, utilize a área de comentário logo acima para nos enviar a atualização.

Informações de Cruzeiro

Roteiros do Brasil

Região Vertente Oceânica Norte

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Já no início do século XVI, o Vale do Paraíba passou a ser rota das expedições Vicentinas, iniciadas com homens da frota de Martim Afonso de Souza, e serviu de passagem a Brás Cubas e Luiz Martins, e depois, caminho de Anchieta, João Ramalho e João Botafogo, de André Leão, Nicoláu Barreto, todos palmilhando o “CAMINHO GERAL DO SERTÃO”, que ligava anteriormente as Vilas de São Paulo depois Rio de Janeiro às terras dos Cataguazes.
Em 1560, quando Mem de Sá esteve na Capitania de São Vicente, após a vitória sobre os franceses do Rio de Janeiro, “providenciou para que o Provedor Brás Cubas e o mineiro Luiz Martins fossem ao sertão a dentro a buscar minas de ouro e prata”.
O Embaú surgiu diretamente com o fenômeno do bandeirismo, em terras hoje quase que na totalidade pertencente ao município de Cruzeiro (cerca de 25 km. serra acima). Este caminho iniciava-se através do vale do Rio Passa Vinte. Diversos são os relatos dos Bandeirantes e Historiadores sobre o Embaú. Embaú que em tupi significa “derradeira aguada”, pois se localizava na confluência do último curso d’água.O grande historiador Alfredo Ellis Júnior em sua obra “O BANDEIRISMO PAULISTA”, registra a passagem de Brás Cubas pelo Embaú em 1560 e que Domingos Jorge (o velho), fixou residência por aqui já em 1597. Segundo o precioso relato de Antonil, para atingir este segundo ponto (Embaú), o primeiro era o Porto do Guaipacaré, “gastava-se três dias até o jantar” – e prossegue o nosso primeiro descritor dos acidentes geográficos dessa área: “Daqui começavam a passar o ribeiro que chamam Passa Vinte, porque vinte vezes se passa e sobe às serras sobreditas, para passar as quais se descarregam as cavalgaduras, pelos grandes riscos de despenhadeiros que se encontram, e assim gastam dois dias em passar com grandes dificuldades estas serras.....”São muitos os relatos, portanto vamos finalizar com a passagem do Conde de Assumar pelo Embaú relatado no Diário de sua jornada em 1717: “desceram das canoas na margem esquerda do Paraíba num local chamado Campinho, para embrenharem-se na mata em direção da Garganta do Embaú, na Serra da Mantiqueira, ponto de passagem dos viajadores para as terras dos Cataguás. Em Umbaú estava preparada para sua Exa. Huma chopana que aly fez um cappitam Mor Paulista morador mais dentro e desviado do caminho uma legoa, e hospedou a sua Exa. Segundo o permita o dezerto”.Segundo escreveu Diogo Vasconcellos , “História Antiga”, a palavra “MBAÚ” resultou a denominação posterior EMBAÚ. “mbaú ou mbaí significa entrar e sair, isto é, corredor, garganta de serra”. O primitivo caminho de São Paulo para as “minas novas”, depois de atravessar a GARGANTA DO EMBAÚ, dirigia-se para Ibituruna, de onde se alcançava o Rio das Mortes. Quando da criação em 1747 da Freguesia da Piedade (hoje Lorena), registrado no Livro do Tombo da Igreja Matriz de Lorena, aparece este núcleo de povoação (Embaú), distante 4 léguas de Lorena, no caminho que vai para a Mantiqueira e diz: “o dito bairro em direção a serra tem 40 fogos e 360 almas de confissão sendo necessário construir no dito bairro do VUAÚ uma Capela ou uma Igreja para os ditos moradores ouvirem missa e se lhe administrem o sacramento”.No ano de 1781 Dom Frei Manoel da Ressurreição, 3º Bispo de São Paulo concedeu licença, a requerimento do Sargento Mor Antonio Lopes da Lavra para se erigir no Embaú uma Capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição, a qual foi acabada em 1787, sendo benta pelo Padre Manoel Gomes Lourenço e benzida em 7 de outubro do mesmo ano.Por aí se vê que o Embaú, era o único caminho usado por mais de 200 anos, ao pé da afamada Serra da Mantiqueira, representava portanto, o ponto inicial da escalada das grandes escarpas que levaria os Bandeirantes ao outro lado da vertente, em território das Minas Gerais.
Em 1846, foi criada a FREGUESIA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DO EMBAÚ. Aos poucos foram tomando consciência de que poderiam formar uma unidade política, o que veio a ocorrer em 06 de março de 1871, com a instalação do município desmembrado de Lorena com o nome de VILA DA CONCEIÇÃO DO CRUZEIRO.

Significado do Nome

Manoel Freitas Novaes, fundador de Cruzeiro, era um homem de grande influência política e por esse motivo conseguiu que fosse modificado o traçado da Estrada de Ferro D. Pedro II. A estrada deveria passar pelo trecho sinuoso do rio Paraíba, entre Lavrinhas e Cachoeira, mas, com sua influência, trouxe os trilhos para a margem esquerda do rio, proporcionando a oportunidade necessária para a criação da cidade de Cruzeiro, denominada primeiramente Estação do Cruzeiro, por existir no local um Santo Cruzeiro. 

Aniversário da Cidade:

 

Gentílico:

Cruzeirense

População:

77.070 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

A localização geográfica do município é de certa forma privilegiada. Ar puro e tranquilidade cercam o lugar propício ao repouso. São qualidades suficientes para conhecer a cidade e desfrutar de tudo o que há de melhor!

Clima:

tropical de altitude

Temperatura Média:

26º C  

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Vale do Paraíba Paulista

Limites:

Lavrinhas, Silveiras, Cachoeira Paulista , Piquete,Passa-Quatro, Delfim Moreira e Marmelópolis. 

Acesso Rodoviário:

Rodovia Presidente Dutra, no sentido Rio-São Paulo pode entrar no Km 25 e passar pela cidade de Lavrinhas ou no Km 33,5 entrando na Rodovia Hamilton Vieira Mendes, chegando ao centro da cidade. Para quem vem do sul de minas pela Rod. 52 - Rodovia Dr. Avelino Junior, chegando no trevo vira a direita sentido Cachoeira Paulista.
Vindo pela Estrada Itajubá / Piquete entra no trevo em Piquete a esquerda segue em frente até o trevo do Embaú e vira novamente à esquerda sentido Cruzeiro. 

Distâncias:

Da Capital:

220 km

Outras:

 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Garganta do Embaú

A Garganta do Embaú localiza-se na Serra da Mantiqueira com 1185 m de altitude, na divisa com o município de Passa Quatro no Estado de Minas Gerais. A área onde localiza-se o atrativo é de propriedade da Prefeitura Municipal de Cruzeiro. O atrativo é uma passagem natural na Serra da Mantiqueira, utilizada pelos bandeirantes no período do Ciclo do Ouro. O Embaú, primeiro núcleo de Cruzeiro, surgiu diretamente com os Bandeirantes no século XVI. Palmilhando o sertão pelo Caminho Velho (Estrada Real), buscavam alcançar a garganta do Embaú, local estratégico e facilitador da travessia, já que era o trecho mais baixo da serra da Mantiqueira, este ponto de passagem levava os viajantes às terras dos Cataguás, em Minas Gerais. Anos mais tarde, os construtores da ferrovia utilizaram-se dessa passagem natural para construírem o trajeto da via férrea. O mesmo aconteceu, posteriormente, com a rodovia SP-52. No local encontra-se água mineral vinda da Serra da Mantiqueira, amoras silvestres e pode ser percorrido um trecho de trilha ao lado da linha férrea. Seu acesso é feito pela SP 52 – Rod. Dr. Avelino Junior, no Km 25, faz divisa com Passa Quatro – MG, dista aproximadamente 25 km do centro da cidade.

Informações Turísticas: (12) 3144-1362

Focinho do Cão

O Pico do Focinho do Cão localiza-se na Serra da Mantiqueira, a cerca de 15 Km do centro do município. O acesso ao atrativo é feito, partindo da região central do município, pela rodovia SP-52, até o bairro do Entre Rios, seguindo-se por estrada municipal até a Fazenda Perequê e, a partir daí, por trilha até o atrativo.O trajeto, até a o bairro do Entre Rios, é feito por via pavimentada e sinalizada. Deste ponto até o topo uma caminha de nível médio de 3 horas. O atrativo possui altitude de 1.219 metros de altitude. Sua forma assemelha-se a um grande focinho de cachorro. O local é apropriado para a prática de vôo livre. Na rodovia SP-52, próxima ao atrativo, há lanchonetes.

Informações Turísticas: (12) 3144-1362

Toca das Andorinhas

A Toca das Andorinhas localiza-se na Serra da Mantiqueira, entre os Picos do Itaguaré e dos Marins, na divisa dos municípios de Cruzeiro e Piquete. A área onde localiza-se a cachoeira é de propriedade particular. O acesso ao atrativo é feito, partindo da região central do município, pela rodovia SP-52, até o Km 6, de onde se segue por estrada municipal, por mais 10 KM, até o bairro Rio Monteiro e , a partir daí, por trilha de aproximadamente 4 Km até o atrativo. O trajeto, até a o bairro Rio Monteiro, é feito por via pavimentada e sinalizada. O atrativo está localizado a uma altitude de 1.700 metros. É uma cachoeira de rara beleza e tem seu nome diretamente ligado às aves que habitam a região. No bairro Rio Monteiro, próximo ao atrativo, há pousadas e restaurantes.

Informações Turísticas: (12) 3144-1362

Museu Major Novaes

O imóvel também conhecido como "Solar dos Novaes" - Fazenda Boa Vista foi construído em 1805, e é considerado o núcleo inicial do município, vinculado a história da cidade. O acervo do museu conta com móveis coloniais, cristaleiras procedentes da Itália e documentos históricos, como cartas trocadas com a Família Imperial. Sua majestade D. Pedro II tinha um grande prestígio a seu compadre, o Major Novaes. O museu foi tombado como monumento histórico por decreto do Governo Estadual em 24 de setembro de 1969.
 
Igreja Matriz

A noite, cartão postal da cidade.

Igreja Matriz da Imaculada Conceição

Cartão postal de Cruzeiro, localizada no coração da cidade, a igreja de arquitetura de estilo neoclássico teve suas obras iniciadas em 1830. Recentemente passou por uma restauração e a tradicional pintura azul da igreja foi substituída por bege.

Igreja Santa Cecília

Construção concluída em dezembro de 1896.
Capitólio, Teatro Municipal

Construído em 1929, possui espaço para exposições e uma excelente acústica. Já foi palco de shows de artistas nacionais importantes.
.
Bosque Municipal

Parque municipal com 28.869 m², possui um mini-zoológico, pista de bicicross, parque infantil, pista de cooper, e um lago com pedalinhos.

Escola Arnolfo Azevedo

Escola tradicional do município localizada numa praça no Centro da cidade. Ainda é possível ver as inscrições na fachada indicando a divisão de meninos e meninas na escola.

Belvedere Santo Cruzeiro

Praça urbanizada de onde é possível ter uma vista geral da cidade, emoldurada pela Serra da Mantiqueira. Localizada no perímetro urbano no bairro do Jardim América.

O Grande Túnel da Mantiqueira

O túnel é de propriedade da Rede Ferroviário Federal S.A., com concessão para a Prefeitura Municipal de Cruzeiro. O atrativo foi construído em 1882 pelo engenheiro Herbert E. Hunt, e inaugurado em 5 de março de 1884, por determinação do Imperador Dom Pedro II, para fazer a ligação entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais para servir a Estrada de Ferro Minas and Rio. A estrada de ferro foi à última construída pelo Visconde de Mauá. No dia 22 de junho de 1884 ocorreram a inauguração da Estrada de Ferro Minas and Rio e a primeira viagem de trem que teve como convidados de honra os imperadores Dom Pedro II e Dona Tereza Cristina, juntamente com a princesa Isabel, o Conde D´Eu e o Major Novaes, fundador de Cruzeiro. Por causa do Grande Túnel, ocorreu um dos mais importantes episódios da história do município, a primeira visita do Imperador D. Pedro II a Cruzeiro. Em junho de 1882, o Imperador D. Pedro II e sua comitiva visitaram a cidade, com o objetivo de inspecionar as obras de construção da Minas and Rio Railway e do Grande Túnel. O Túnel foi, também, local estratégico na Revolução Constitucionalista de 1932, na qual foi frente de batalhas e um dos pontos mais visados pela tropas inimigas. Ainda há preservadas na área, valas utilizadas como trincheiras pelos paulistas durante as batalhas contra tropas federais. O Grande Túnel está localizado na Serra da Mantiqueira, exatamente abaixo da famosa Garganta do Embaú na divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais, no Km 25 da Via Férrea Centro-Oeste. O acesso é feito pela Rodovia SP-52, seguindo-se até a Santa imagem de Nossa Senhora Aparecida colocada à margem da Rodovia, na divisa dos estados e, a partir daí, a pé numa trilha de 500m aberta na mata. O Túnel possui 996 metros de comprimento e está localizado a uma altitude de aproximadamente 900 metros. O Grande Túnel pode ser visitado diariamente, por se tratar de um lugar aberto. As visitas devem ser realizadas durante o dia e, para atravessar o túnel, é recomendado o uso de lanterna. 25KM CENTRO.

Informações Turísticas: (12) 3144-1362

Belvedere "A Santa"

Local de vista exuberante para usuários da SP-52, própria para descanso, lanches e beber água em fonte natural. A vista deste local é aproximadamente de 1.800 metros de altitude. Denomina-se "A Santa" devido à imagem de Nossa Senhora Aparecida, instalada sobre um altar. Localiza-se na Serra da Mantiqueira, e assim denominada APA; distante de 21 Km da sede de Cruzeiro, no sentido Cruzeiro/SP - Passa Quatro / MG. É, também, nesse local, a 200 metros, que encontramos o famoso túnel ferroviário, palco da revolução Constitucionalista de 1.932. O túnel tem 1 km, onde há entrada do lado de São Paulo e termina no lado de Minas Gerais.

Pico do Itaguaré

Um dos pontos culminantes do estado, localizado na Serra da Mantiqueira, com acesso pela SP 52. Possui 2.308 metros de altitude e do seu topo é possível avistar todo o Vale do Paraíba. Não é explorado turisticamente, sendo utilizado somente por aqueles que praticam montanhismo.

Pico dos Marins

Possui 2.422 metros de altitude, de onde é possível visualisar parte do Sul de Minas e do Vale do Paraíba. Local excelente para prática de montanhismo, com via de acesso por Piquete.

Cachoeira do Cantagalo

Trecho do rio Brejetuba tem uma nascente com piscinas naturais, Área para camping, campo de futebol, restaurante e estacionamento. Localiza-se próximo ao Bairro do Brejetuba, com bar, restaurante, campo de futebol, várias fazendas agro-pecuárias e casas de campo. Chega-se ao local pela entrada de acesso para Passa Quatro, retornando por Passa Vinte a esquerda, utilizando Vicinal.

Reino Encantado

Localiza-se na Serra da Mantiqueira, na Estrada Cruzeiro/Pinheiros, encontrando o local de beleza natural, com um pequeno regato que corre por sobre rochas vulcânicas, onde surge uma caverna perfurada pelo próprio riacho, com 500 metros, voltando a ser regato novamente à luz do sol. Possui uma Área para camping rústico, pic-nic e estacionamento.

Estação Ferroviária Central

A Estação Ferroviária Central localiza-se no centro do município, próxima à Rua Engº Antônio Penido e Travessa Hílton Federici. A estação é de propriedade da Rede Ferroviária Federal S.A., com concessão para a Prefeitura Municipal de Cruzeiro; abrigou em suas instalações, por muitos anos, a sede da diretoria dos escritórios mineiros da rede de viação. O atrativo foi inaugurado em 1885, é um dos prédios mais antigos da cidade e foi um dos grandes marcos do desenvolvimento de Cruzeiro. A Estação foi construída para ser o ponto de partida da ferrovia Minas and Rio e entroncamento com a D. Pedro II. A inauguração da ferrovia Minas and Rio deu-se com a viagem do Imperador D. Pedro II e sua família até a cidade mineira de Três Corações . Em torno da Estação surgiu o núcleo urbano que deu inicio à cidade de Cruzeiro. Em frente à Estação, há várias locomotivas e carros de passageiros, verdadeiras relíquias, em variados estágios de restauração, o trabalho esta sendo realizado pela ABPF – Associação Brasileira de Preservação Ferroviária, uma entidade particular, sem fins lucrativos, que tem como principal foco o resgate da memória ferroviária. A Estação Ferroviária encontra-se em local aberto e de livre acesso e, portanto, pode ser visitada em qualquer data a qualquer hora do dia.

Informações Turísticas: (12) 3144-1362

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:


 

hspace=0 Informações Úteis:

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO

E-mail: gabinete@cruzeiro.sp.gov.br  

Telefones:  (12) 3141-1100  

Sites: http://www.cruzeiro.sp.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTAS:

EMPRESAS DE ÔNIBUS DA REGIÃO:

Pássaro Marrom Transportes S/A
SAC:
0800 285 3047

Site: http://www.passaromarron.com.br

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:


CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

1º TABELIÃO DE NOTAS E PROTESTO DE LETRAS E TÍTULOS: 
 
Rua Capitão Avelino Bastos, 770 - Bairro: Centro
Cruzeiro-SP - CEP: 12701-440 
 
E-mail: cartorioscamilla@uol.com.br
 
Telefone: (12) 3144-0499 /3144-2356 Fax: (12) 3144-0499
 
Horários: De 2ª a 6ª feira das 8h ás 18h
 
Atribuições:
Notas, Protesto de Títulos

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org

http://www.cnm.org.br

http://www.estacoesferroviarias.com.br

http://portal.mj.gov.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

Colé Santana: Ator.
Júlio Paternostro: médico e escritor.
Márcio Thomaz Bastos: advogado criminalista, ex-Ministro da Justiça no governo Lula.
Paulo Cesar de Oliveira: árbitro de futebol.
Luiz Flávio de Oliveira: árbitro de futebol.
Vanusa: cantora
Breno: ex zagueiro do São Paulo Futebol Clube, hoje jogador do Bayern de Munique.
Adriana: Cantora de música Católica. É considerada uma das vozes mais belas e expressivas da Música Cristã do Brasil.
Celso Ricardo Bregalda Neves: Cirurgião Vascular, Coordenador do Pronto Socorro de Cirurgia Vascular do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e Secretário-Geral da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular - São Paulo.
Maurício de Paula Cardoso: Subprocurador Geral da República.
Rodolfo Carlos de Almeida: Rodolfo da dupla (ET e Rodolfo).
Michael Keller: repórter da Rede Record de Televisão.
Adilson José Pinto: Adilson, ex zagueiro do São Paulo Futebol Clube e Campeão Mundial por esse mesmo time, no ano de 1992.
Pedro Paulo Quintanilha: Pêpa, goleiro pelo clube Vasco da Gama nos anos de 1969 a 1973.
Antônio Artur Braga - simplesmente o Coronel Braga, foi um aviador brasileiro e o líder da Esquadrilha da Fumaça.
Norberto Machado Curvello Netto "Comandante Norberto", Comandante da Guarda Municipal de Cruzeiro,quebrou o paradigma da GMC.

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:


 

0
hotéis, pousadas e serviços encontrados em Cruzeiro
Fundação:
1871
Altitude:
517m
População:
73.803 habitantes
Área:
305,3km²
Densidade Demográfica:
241,74hab/km²
CEP:
12700-000

NAISCI na cidade atualmente moro no rio de janeiro gostaria muito de voltar a cidade tenho parentes ai nao tenho mais contato se alguem poder me ajudar serei muito grata pois no rio nao tenho mais ninguem
Por: shirley carla florencio gaspar de castro

Morei em Cruzeiro dentre meus 02 anos e 18 anos e nesta cidade tão acolhedora terminei meu ciclo básico de ensino. Hoje sou médico na cidade de Puiracicaba e meus olhos nunca perderam de vista essa bela cidade tão amiga e acolhedora; uma vez que fui gerado em Passa Quatro MG, todavia forjado. educado e recebido de braços abertos por essa cidade; a qual desejo regressar um dia para viver meus ultimos dias. "Salve Cruzeiro terra bendita".
Por: julio cesar gonçalves

Sou cruzeirense nasci nesta casa rua cel. jose de castro 541,mudei dai em 1985 e atualmente moro em CUIABA MTsinto muitas saudes de minha terra das montanhas das serras das pessoas do clima,aqui em CUIABA MT tambem eh muito legal eh muito legal bye
Por: Wilson Cavalcanti Mendes

Fui criado ai em cruzeiro desde pequenino até a idade de 29 anos quando tive que ir embora para MG e hoje se passados quase 25 anos de ausência da minha querida cruzeiro algum dia pretendo retornar pra i eu amo esta adoravel cidade nunca me esqueci dela morro a cada dia de saudades.....TI AMO CRUZEIRO.
Por: Paulo César de Morais

e a cidade que eu acabei de escolher para viver com minha familia estarei indo de vez para morar e viver investir ajuda no crescimento e crescer junto espero de ser recebido com o carinho que recebo sempre que vou fazer um evento.bjs a td no coraçao.Cruzerio nao e so desejo de vida e minha melho opçao.minha esposa e nascida e criada ai e eu serei seu filho novo adotado com certeza .
Por: Paulo Alexanrde

Nasci aqui em cruzeiro, amo essa cidade. É uma cidade maravilhoza, bonita e aconchegante... Aqui conheci o amor da minha vida e tive minha filha, onde mora os meus pais e irmãos e onde vamos ficar para sempre na cidade menina... venham todos ue estiverem lemdo, vão amar e não vão querer sair daqui, e como minha cidade apesar de ter o nome de CIDADE MININA ela é que nem coração de mãe, sempre cabe mais um, e eu e minha famílis adorariamos ter voces conosco... fequem com DEUS!!!
Por: samira de cássia fontes dos santos

Nasci e morei em Cruzeiro até meus 26 anos, hoje estou em Campo Grande-MS , minha mãe ainda mora na cidade e por vezes ainda apareço e confesso que a cada reencontro e a cada despedida um aperto me passa pelo peito. Saudades da infância, da juventude, dos carnavais inesqueciveis no Cruzeiro Futebol Clube e principalmente das pessoas que ai deixei, infelizmente assim como eu muitos também por motivos profissionais tomaram outros rumos na vida. Quem sabe um dia não retorno definitivamente.
Por: Andre

Conheço a cidade de Cruzeiro desde que nasci, sou paulista mas, minha mãe tem familia na cidade. O clima é otimo, cidade calma, não com carinha de interior, com cara de cidade que esta crescendo. Tem muitos comércios e lugares turísticos para visitar. Vale a pena.
Por: Camila Rocha

Envie seu comentário sobre Cruzeiro