Botucatu

Botucatu-SP

Bem-vindo a Botucatu!

Utilize o menu esquerdo para acessar os melhores hotéis em Botucatu e muitas outras opções de hospedagem na cidade Botucatu. Você vai encontrar desde camping e chalés, até os melhores resorts e pousadas em Botucatu.

A cidade de Botucatu, localizada no estado de São Paulo (SP), foi fundada no ano de 14/04/1855. A localidade está em uma altitude de 804m em relação ao nível do mar, e possui uma população estimada em 107.663 habitantes. A área total de Botucatu é de 1.486,4km², e sua densidade demográfica é de 72,43hab/km² (habitantes por km²). O CEP da região de Botucatu-SP é 18600-000. Caso você possua informações atualizadas, utilize a área de comentário logo acima para nos enviar a atualização.


Subtítulo: Botucatu é a cidade ideal para quem procura aventuras e, é claro, não tem medo de ver um saci.

Botucatu é um município do interior de São Paulo que fica movimentado no decorrer da semana. Isso tudo porque ali está localizado um campus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a cidade recebe estudantes de várias regiões. Mas, quando o final de semana chega, a tranquilidade volta a fazer parte do local. Os esportes de aventura e o ecoturismo, por exemplo, ganham espaço na rotina dos moradores e de quem procura na natureza um ambiente para a calmaria e o bem estar.

Localizada a 230 km de São Paulo, a região possui formações geológicas que permitem a escalada e o rapel, além dos rios e cachoeiras que podem ser observados durante um passeio pelas trilhas. Botucatu é a cidade ideal para quem procura aventuras. Ela ainda compõe o Pólo Cuesta, uma associação sem fins lucrativos que reúne as dez cidades com potencialidade para o ecoturismo.

A cuesta é um tipo de relevo semelhante à serra. Diferentemente desta última, não se mantém elevado e depois de um certo tempo, começa a declinar. Uma muralha de 80 km de cuesta se estende da região de Botucatu até as beiras do rio Paraná. O visitante que procura esportes em meio a natureza tem, desse modo, uma gama de oportunidades para explorar por toda essa extensão. As formações rochosas chamadas de Três Pedras, por exemplo, dão a impressão de que ali estaria um gigante adormecido, e dá para ser visualizada através da rodovia Marechal Rondon.

Mas não é apenas do ecoturismo que a cidade de quase 150 mil habitantes sobrevive. A economia do município é diversificada, com destaque para a indústria, o comércio e a agronomia. E a fama de Botucatu não para por aí. É conhecida também como “a cidade dos bons ares, das boas escolas e das boas indústrias”. É que ali está instalado o Hospital das Clínicas, um dos mais renomados do País, e que integra a faculdade de Medicina da Unesp. O setor da indústria também contribui para a reputação do município.

O mistério é um fenômeno que intriga os moradores da cidade, desse modo, o número de histórias folclóricas que existem por lá é alto. Uma delas é a lenda que a cidade teria sido rota de passagem para os povos incas e ambiente para a realização de alguns rituais dessas tribos. E o saci também marca presença pela cidade, tanto é que o município é considerado a capital nacional do Saci. É por isso que nos meses de outubro a cidade prepara um festival em homenagem ao menino de uma perna só. Os moradores entram na dança e vão logo avisando os turistas: cuidado, tem um saci pulando por aí!

Se a natureza não agradar, o visitante pode escolher pelos passeios históricos. A dica é o Museu do Café, que funciona de segunda a domingo e relembra a história do desenvolvimento da bebida no Estado de São Paulo. Além do museu, tem o terreiro do café, onde o visitante pode preparar um piquenique para a família e amigos.

Comentários de Botucatu

Estou encantada com a cidade de Butucatu.E claro que este interesse,surgiu com a descoberta de um grande amor oculto.Ele e comprometido.Mas valeu assim pude, me reportar pra esse lugar,senti algo muito extranho. acho que já estive ai em outras vida.muito real.Um dia irei visitar.Parabens a todos.vcs. Tudo é de bom tamanho. amei , Amo .
Por: Eneida

Já tive o prazer de conhecer Botucatu. Como é linda essa cidade, sua natureza é bela e sua área urbana preserva ares do antigo com o moderno de forma muito simétrica. Possui um lindo centro histórico, com prédios bem conservados, ainda não teve um crescimento desordenado e espero que não deixem isso acontecer. Para resumir é um lugar onde gostaria de morar.
Por: Marco

moro em goias e sou filho de botucatu , tem mais de 10 anos que não vou para esta linda cidade obrigado por me ajudar a matar a saudade abraços a todos marião
Por: mario angelo dos santos

Meu nome é Alesandra sou nascida e Fortaleza Ce mas tive a oportunidade de conhecer a cidade de Botucatu,fiquei uma otima temporada por ai e acidade é linda,voltarei para passar novamente minhas ferias...as pessoas são de respeito ,e muito educads Botucatu sem duvida é a cidade de bons ares e otimas escolas....bjss a tds os Btucatuense e Deus abençoe sempre a cidade e vcs galera....
Por: Alesandra A Silva

Se conheco....Sou filha de Botucatu. Minha familia, os Monteferrantes ainda moram la. Eu ja sai ha muito tempo, e, hoje moro em Revere, estado de Massachussetts, USA. Cidade cheia de vida, como dizem os Botucatuenses...cidade dos bons ares e das boas Escolas.
Por: Marisa Monteferrante Ceragioli

Conheço Botucatu,aliás minha linda mulher é de lá,mas não é só pessoas bonitas que se encontra nesta cidade que fica no alto de famosas serras(cuestas).Lá podemos curtir belas paisagens serranas e ainda desfrutar de cachoeiras e explorar o ecoturismo.Botucatu é ainda pólo industrial importante,fabrica ônibus,aviões etc.. e conta com boas escolas como a UNESP que possui um dos mais renomados cursos de medicina do mundo.Sua localização é como a cidade"privilegiada",pois se encontra praticamente no meio do mapa do Estado de SP.
Por: Osny Antonio da Silveira

Conheço Botucatu e minha linda mulher é de lá,mas não é só beleza feminina que se encontra nesta cidade serrana.Botucatu é grande pólo industrial e universitário,lá monta-se aviões,onibus etc..e tem uma das melhores faculdades de medicina do mundo,a UNESP.A cidade ainda tem grandes atrações turisticas como cachoeiras e paisagens serranas,pois está em cima da cuesta(conjuntos de serras),aliás quem já não ouviu falar na famosa"serra de Botucatu"
Por: Osny Antonio da Silveira

eu particularmente eu adoro esta cidade quem sabe um dia irei morar ai! em julho minhas ferias esta chegando com certeza irei visitar e ver esse por do sol maravilhoso la de Rubião e curtir um pouco dessa paz, um abraço a todos.
Por: Sergio pereira silva

minha mãe mora em botucatu adoro a cidade dezembro vou para ai a cidade não tem favela as pessoas cuida para que suas casas fique bonita quem vai fica admiradas nos que moramos na baixada santista não temosisso
Por: maria prudencio

eu,ja morei em botucatu por alguns anos atualmente moro em pernambuco.Mas botucatu nao sai da minha kbça e nem do meu coraçao e uma linda cidade. EU AMO BOTUCA E TU?.
Por: lindomar araujo

sou botucatuense, porem o destino fez com que fosse embora dessa hospitaleira cidade.tenho muitos paraentes ai.minha infancia saudosa a desfrutei nessa abençoada terra.minha juventude idem. exporadicamente passo pela minha terra e fico impressionado com o seu desenvolvimento.tenho muitas saudades. quem sabe um dia eu volto.
Por: robertomaatheus

parque ecologico pavuna e muito bom para relaxar e queima as caloria pois proporciona uma boa caminhada ate chegar nas cachoeiras maravilhosa que Deus criou para nos
Por: Sandra Maria Sass Gonçalves

JURANDIR PIRES. DE CORONEL MACEDO SP. BOTUCATU. UMA OTIMA CIDADE.PRA MORAR. VIVER BEM. CIDADE DOS BONS ARES. PARABENS BOTUCATU
Por: jurandir jose pires

Informações de Botucatu

 

Roteiros do Brasil

Região Cuesta - Alto do Paranapanema

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Em 1720 era a designação dada às terras atribuídas em sesmarias no interior paulista. Os mistérios e lendas que ainda envolvem Botucatu datam do período pré-cabralino, quando teria sido ponto de passagem no caminho para o Peabirú, trilha lendária que ligava o litoral atlântico à terras peruanas. O povoamento, de fato, teve inicio entre o Ribeirão Lavapés e a Praça Coronel Moura, onde se concentrava parte da tribo dos índios caiuás. Os primeiros sinais do crescimento vieram em 1830, quando fazendeiros decidiram subir a cuesta e povoar as terras ainda desabitadas. Em 23 de dezembro de 1843 – doação de terras para a criação do Patrimônio da Freguesia de SantAnna de Botucatu, pelo Capitão José Gomes Pinheiro Vellozo, considerada, para efeitos históricos, a data de Fundação de Botucatu. Em 19 de fevereiro de 1846 – criação da Freguesia do Distrito do Cimo da Serra de Botucatu. Em 14 de abril de 1855 – elevação da freguesia à categoria de vila e emancipação político-administrativa. Em 20 de abril de 1866 – criação da comarca de Botucatu. Em 16 de março de 1876 – elevação da vila à categoria de cidade.   

Significado do Nome

O nome da cidade vem de Ibytu-katu, que em tupi significa bons ares.

Aniversário da Cidade:

14 de Abril

Gentílico:

botucatuense

População:

127.370 habitantes  

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:


Clima:

Ameno  

Temperatura Média:

22º C  

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Centro sul do Estado de São Paulo

Limites: 

Anhembi, Bofete, Pardinho, Itatinga, Avaré, Pratânia, São Manuel, Dois Córregos e Santa Maria da Serra.    

Acesso Rodoviário:

- Aeroporto de Botucatu (asfaltado)

- Rodovias:

SP-209- Rodovia Professor João Hipólito Martins
SP-300- Rodovia Marechal Rondon

Distâncias:

Da Capital:

224,8 Km   

Outras:

 

 

hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Ser turista em Botucatu é viver bons momentos com qualidade de vida. Em contato com nossa gente e nesse cenário  você irá descobrir por que o povo “caipira” é um recitador nato de contos, causos , histórias, lendas e mistérios.

Nossos monumentos geográficos serviram de referencial ao caminho do Peabiru, caminho por onde os Incas acessavam o Oceano Atlântico. Nossas terras já foram fazendas de jesuítas, condes, e povos de diversas nações, rota de tropeiros e do desenvolvimento do oeste paulista

Terra das Cuestas, mirantes, cachoeiras, matas preservadas e ainda habitadas por sacis, que vem a séculos sendo caminho de desenvolvimento, passagem estadia e morada de diversos povos e culturas.

Somos privilegiados, pois aqui todos deixaram grandes participações culturais, sociais, econômicas e ambientais, e é por isso que  hoje, “ a cidade dos bons ares e das boas escolas”, é também um polo de grande potencial turístico e científico  desse interiorzão Paulista.

Principais Pontos Turísticos: 

Prefeitura Municipal

O início da construção foi no final da década de 1930. Sua finalidade inicial foi a de ser a sede regional dos correios e telégrafos. Inaugurado em 24 de outubro de 1940. Em 1975 foi extinta a sede dos correios e telégrafos. Foi ocupado pela prefeitura municipal em janeiro de 1977.
 
Casa das Meninas

Praça D. Luís Maria de Santana, s/n - Centro. Cuida de crianças carentes, de 6 a 14 anos, no regime semi-internato. É sustentada por doações e atualmente atende 70 crianças. Foi inaugurada em 8 de dezembro de 1927. O Coronel Amando de Barros foi quem financiou a construção do prédio, deixando em testamento a casa para recolher e cuidar de meninas carentes.
 
Santa Casa de Misericórdia

Praça Isabel Arruda, 134 - Centro - (14) 3882-2122 . Hospital com atendimento a convênios e particulares. A idéia da criação de um hospital para atendimento a convênios e particulares foi do médico residente em Botucatu desde 1884, Dr. Antonio José da Costa Leite. A doação em dinheiro foi feita por D. Isabel Franco de Arruda e a outra parte do Sr. Antonio Ferreira da Silva Veiga, o Russo, com uma parte de sua chácara. A decisão da construção do prédio ocorreu em fevereiro de 1893 em reunião da sociedade de misericórdia de Botucatu e ficou encarregado da construção o Dr. Costa Leite. O inicio da construção do prédio foi em 07 de outubro de 1894. A inauguração do hospital ocorreu em 24 de maio de 1895.
 
Colégio Arquidiocesano La Salle

Praça D. Luís Maria de Santana, 272 - Centro - (14) 3882-2023 - Colégio de Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio. Inaugurado em 25 de março de 1911. Foi construído para abrigar o Seminário Menor de Botucatu, idealizado pelo Bispo Dom Lúcio. Em 1913 o Bispo Dom Lúcio Antunes de Souza organizou um colégio para rapazes. Em 1959, o Bispo Dom Luís Maria de Santana vendeu o prédio para a Associação Brasileira de Educadores La Sallistas que continuou e aperfeiçoou o sistema de ensino. Hoje, o que destaca o colégio é a Banda Marcial que está entre as 10 melhores bandas do estado de São Paulo.
 
Seminário Arquidiocesano e Capela da Santíssima Trindade

Praça D. Luís Maria de Santana, 176 - Centro - (14) 3882-1832 / 3882-0909. O seminário foi concebido sobre planta de um palácio romano e capela em alvenaria, guardando preciosidades como o crucifixo e imagens de São José e Nossa Senhora de Fátima esculpida na Itália. Na abside, possui afresco de Henrique Oswald, em estilo bizantino. 

Colégio Santa Marcelina

Rua Dr. Costa Leite, 548 - Centro - (14) 3882-0577 / 3882-5803. Colégio particular de Ensino Médio e Fundamental I e II e Educação Infantil. A cidade foi escolhida como local para ser estabelecida a Congregação das irmãs Marcelinas fundada em Milão, promovendo a educação para moças de Botucatu e Região. O primeiro nome do colégio era Colégio dos Anjos, com vários cursos e internato e com a reforma do ensino, em 1953, o colégio passou a denominar-se Instituto Santa Marcelina. O que mais destaca o colégio, além dos cursos regulares, é a formação musical, possuindo, inclusive, o Conservatório.
 
EECA Escola Normal

Praça Pedro Torres, s/n - Centro - A idéia era criar uma escola Normal para a formação de professores primários. A princípio as primeiras aulas aconteceram em uma sala no edifício do Consulado Português e uma sala no prédio da Conferência Vicentina (onde hoje é o Restaurante Recanto do Ipê). A inauguração da 1° aula foi no dia 16 de maio de 1911. A construção do edifício iniciou-se em 1913 e foi concluído em 1915. A inauguração oficial do prédio ocorreu em 24 de maio de 1916.
 
Fórum

Praça Rui Barbosa, s/n - Centro. Foi criado em 1920, seu projeto foi assinado pelo renomado arquiteto Ramos de Azevedo. A escolha do local foi ótima, mas foi contestado por causa do terreno escolhido ter sido um antigo cemitério. Acolheu também as funções de policiais e cadeia pública até serem transferidas para o local atual. Um fato curioso é que eram presos no porão do edifício doentes mentais e, à noite, gritavam e cantarolavam. Então a população que tinha contestado o local escolhido para a construção acreditava que eram espíritos à procura dos seus ossos, e até hoje muitos acreditam que o local é assombrado. O fórum recebeu o nome do Desembargador Alcides Ferrari em homenagem ao primeiro advogado nascido em Botucatu.
 
Grupo Escolar Cardos de Almeida

Praça Prof. Martinho Nogueira, s/n - Centro. Foi criado em 1985, funcionando provisoriamente em um prédio adaptado na Rua Cesário Alvim (atual João Passos). A antiga flor-de-lis imposta no frontão do edifício em estilo gótico é devido ao arquiteto do edifício Victor Dubugras. A inauguração ocorreu em setembro de 1986. Era um prédio muito requintado e cheio de detalhes, por exemplo, as telhas foram importadas da França.
 
Basílica Menor de Santana - Catedral de Botucatu

Praça Dom Luís Maria de Santana, 176 – Centro. (14) 3882-0966. A igreja é a principal edificação do centro histórico e tem estilo arquitetônico gótico tendo a assinatura do projeto o engenheiro Cav. J. Sachetti. A oito de dezembro de 1.927, dois anos após sua chegada a Botucatu, Dom Carlos Duarte Costa lançou solenemente a pedra fundamental da nova Catedral de Santana, com a presença do então Presidente do Estado Júlio Prestes, mas a Catedral de Botucatu foi inaugurada no dia oito de dezembro de 1.943, dezesseis anos após o início da construção. A igreja passou por várias reformas desde sua fundação. 

Rio Bonito

Bairro do Rio Bonito, com acesso pela Rodovia Alcides Soares, asfaltada, de pista única. Distância: 30 km do centro da cidade. Possui um ancoradouro, de onde partem os barcos para passeio. Podem-se praticar esportes náuticos, como jet-ski, veleiro, caiaque, ski aquático.

Cascata Paula Souza

Estrada Domingos Sartori (pavimentada) no Distrito de Rubião Júnior, caminho para a fazenda Morrinhos. Distância: 20 km do centro da cidade. Recursos naturais: Cachoeira (8m de altura), cercada por uma mata de cerradão e plantações de eucalipto. Para visitação é necessário monitoramento.
 
Cachoeira da Indiana

Estrada Indiana (não pavimentada), próxima à antiga Usina Indiana. Distância: 15 km do centro da cidade. Recursos naturais: Cachoeiras de 15m de altura com lagos para banho e escorregador natural. O acesso é feito por trilha em mata natural com dificuldade de nível médio. Para visitação é necessário monitoramento.
 
Cachoeiras da Fazenda Canela

Rodovia Marechal Rondon (pavimentada). Distância: 10 km do centro da cidade. Recursos naturais: Três cachoeiras (duas com cerca de 20m e uma com 75m de altura), com lagos e próprias para banho. O acesso é feito por trilha em mata natural com dificuldade de nível máximo. Para visitação é necessário monitoramento.

Cachoeira da Pedreira

Rodovia Marechal Rondon (pavimentada). Distância: 15 km do centro da cidade. Recursos naturais: Cachoeira com duas quedas (80m e 20m de altura). Podem-se observar espécies variadas de flora, assim como rochas peculiares da formação do local. O acesso é feito por trilha em mata natural com dificuldade de nível máximo. Para visitação é necessário monitoramento. 

Parque Ecológico da Pavuna

Rodovia Marechal Rondon (pavimentada). Distância: 15 km do centro da cidade. Recursos naturais: Grande lago de água potável (para banho), 4 cachoeiras (com quedas de 80m, 60m e 20m) todas com lago para banho. Além do banho, pode-se praticar os esportes de aventura e esportes radicais. As trilhas de acesso para as cachoeiras são de nível médio e difícil, em mata natural, na Cuesta de Botucatu. Para visitação é necessário monitoramento.   

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:


 

hspace=0 Informações Úteis:

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOTUCATU

E-mail:

Telefones:  (14) 3882-1315 / 3814-8161

Sites: http://www.botucatu.sp.gov.br

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTAS:

E-mail: turismo@botucatu.sp.gov.br

Terminal Rodoviário:
 
SAC: (14) 3882-0449

Viação Vale do Tietê S/A.

SAC: (14) 3882-0288

Site: http://www.valedotiete.com.br/

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:


CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

1º TABELIAO DE NOTAS E DE PROTESTO DE LETRAS E TITULOS

R Doutor Cardoso de Almeida 891 - Centro
Botucatu, SP | CEP: 18600-005
Telefone: (14) 3882-0434

Cartório 1º Registro Civil:

Rua João Passos, 630
Botucatu-SP
Telefone: (14) 6821-8859 

CARTÓRIO ELEITORAL:

26ª ZONA ELEITORAL:OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

R Doutor Cardoso de Almeida 1026 - Centro
Botucatu, SP | CEP: 18600-005
Telefone: (14) 3815-5379
 

HOSPITAIS: (14) 3882-2122

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://www.guiamais.com.br

http://pt.wikipedia.org

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

Alcides Nogueira:
 
(Botucatu, 28 de outubro de 1949) é um dramaturgo e telenovelista brasileiro. De família tradicional, sendo seu pai médico e também escritor, Alcides cresceu num ambiente culto, tendo mesmo aprendido a ler e escrever antes de começar a frequentar a escola. De início sonhava em ser diplomata, mas termina por formar-se em Direito na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, com pós-graduação em Direito Autoral.

Camila Finn:

(Botucatu, 6 de novembro de 1991) é uma modelo brasileira.

Carmine Mirabelli

Carmine Mirabelli, também conhecido como Carlo Mirabelli ou Carlos Mirabelli (Botucatu, SP, 2 de janeiro de 1889 – São Paulo, SP, 30 de abril de 1951), foi um médium de efeitos físicos brasileiro.

Cláudio Vilas-Boas

(Botucatu, 8 de dezembro de 1916 – São Paulo, 1 de março de 1998), junto com seus irmãos Orlando e Leonardo, projetou-se na política indigenista brasileira

Daniel Acácio

(Botucatu, 27 de dezembro de 1977) é um lutador de MMA. Iniciou a carreira no Meca World Vale Tudo 1. Já lutou no PRIDE.

Francisco Marins

(Pratânia, então município de Botucatu, 23 de novembro de 1922) é um escritor brasileiro.
É autor da série de livros infanto-juvenis sobre a fazenda Taquara-Póca, assim como de romances de caráter histórico, tendo por cenário o interior do Brasil durante a época de seu desbravamento.
Vendeu mais de cinco milhões de livros, traduzidos em quinze idiomas [1], e é o único escritor brasileiro a participar da coleção européia Delphin, que reúne os clássicos de literatura juvenil de todo o mundo.
Francisco Marins é membro da Academia Paulista de Letras.

Hernani Donato

(Botucatu, 12 de outubro de 1922) é escritor, historiador, jornalista, professor, tradutor e roteirista brasileiro.
Ocupa a cadeira nº 1 da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e, desde 1972, a cadeira nº 20 da Academia Paulista de Letras.

Ítalo Rossi

Ítalo Balbo Rossi, ou apenas Ítalo Rossi (Botucatu, 19 de janeiro de 1931) é um dos grandes atores brasileiros.

José Maria Rodrigues Alves

José Maria Rodrigues Alves, mais conhecido como Zé Maria (Botucatu, 18 de Maio de 1949) é um ex-futebolista do Brasil. Lateral-Direito de extremo vigor físico, quando atuava recebeu o apelido de "Super-Zé".
Na carreira profissional (1966–1983) jogou pela Ferroviária de Botucatu, Portuguesa, Corinthians e Internacional de Limeira. Ele ganhou quatro campeonatos paulistas (1977, 1979, 1982, 1983). Pela seleção brasileira ele jogou 48 jogos de 1968 até 1978, nunca tendo marcado um gol. Reserva de Carlos Alberto Torres na Copa do Mundo de 1970, atuou como titular da Seleção Brasileira na copa de 1974. Foi sua a jogada do segundo gol marcado contra a Argentina, quando arrancou pela lateral direita e após vencer na "trombada" um marcador argentino, cruzou com perfeição para a cabeçada fatal de Jairzinho.

Leilah Assumpção

Maria de Lourdes Torres de Assunção conhecida como Leilah Assumpção (Botucatu, 18 de julho de 1943) é uma dramaturga e pedagoga brasileira. Em 1964 formou-se pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, FFLCH/USP.
O principal assunto tratado em suas peças é a mulher e sua situação na sociedade. Suas obras exploram a falta de questionamento feminino por parte da própria mulher, além de criticar a composição da sociedade moderna e capitalista, onde o mais importante é o dinheiro e as aparências.
Em comemoração aos 40 anos de carreira foi montado o monólogo Adorável Desgraçada com a Débora Duarte, direção do Otávio Müller, cenários e figurinos de Bia Lessa.

Orlando Vilas-Boas

Orlando Villas-Bôas (Santa Cruz do Rio Pardo, 12 de janeiro de 1914 — São Paulo, 12 de dezembro de 2002) foi um sertanista brasileiro.

Cláudio Vilas-Boas

Cláudio Villas-Bôas (Botucatu, 8 de dezembro de 1916 – São Paulo, 1 de março de 1998), junto com seus irmãos Orlando e Leonardo, projetou-se na política indigenista brasileira.

Cláudio, Orlando e Leonardo, os irmãos Villas-Bôas, foram os seguidores do ideal de defesa ao índio de marechal Cândido Rondon.

Leonardo Vilas-Boas

Leonardo Vilas-boas (Botucatu, 1918 – São Paulo, 1961) foi um sertanista brasileiro, o mais jovem dos irmãos Villas-Bôas.

Maria José Dupré

Maria José Dupré, ou Sra. Leandro Dupré como assinava inicialmente seus livros (Botucatu, 1 de maio de 1898 — Guarujá, 15 de maio de 1984) foi uma escritora brasileira, mais conhecida como autora da sua obra-prima, Éramos Seis e pela série de livros infantis sobre o Cachorrinho Samba.

Oswaldo Arthur Bratke

Osvaldo Arthur Bratke[1] (Botucatu, 24 de agosto de 1907 - São Paulo, Brasil, 6 de julho de 1997) foi um dos principais nomes da arquitetura paulista.
Em 1926 entrou na Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie. Ainda como estudante, venceu o concurso para o Viaduto Boa Vista, em São Paulo. Diplomou-se em 1931 como arquiteto-engenheiro.
Dois anos depois começa uma sociedade com o arquiteto Carlos Botti, com quem realiza inúmeros projetos residenciais, principalmente em São Paulo e em 1938 ele desenvolve o projeto de reforma e ampliação do Parque Balneário de Santos e do Gran Hotel de Campos do Jordão.
Quando em 1942 Botti morre, Osvaldo começa uma carreira solitária e continua desenvolvendo projetos residenciais e trabalha também com planejamento urbanístico.
É reconhecido pelos seus inúmeros projetos de residências. Seu filho Carlos Bratke formou-se pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em 1967 e é conhecido por seus vários projetos na avenida Berrini em São Paulo e por projetar os relógios públicos dessa mesma cidade.

Raul Torres

(11 de julho de 1906 — 12 de julho de 1970) foi um cantor e compositor brasileiro. Nasceu em Botucatu, SP, filho de imigrantes espanhóis.
Na sua cidade já se dedicava à música, cantando música caipira em festas, mas foi na cidade de São Paulo na década de 1920 onde decidiu dedicar-se definitivamente à vida artística. Passa a trabalhar na Rádio Educadora de São Paulo em 1927, tocando modas de viola[1]. Inicialmente não escreveu e nem cantou músicas sertanejas, mas sim sambas e emboladas, participando do grupo Turunas Paulistas.

Tamiry Chiavari

Tamiry Chiavari, nascida Vanessa Chiavari Pessoa[1] (Botucatu, São Paulo, 6 de maio de 1980), é uma modelo e atriz erótica brasileira. Foi secretária do cantor Daniel e desfilou como destaque na escola de samba Tom Maior.

Irmãos Vilas-Boas

(Orlando (1914-2002), Cláudio (1916-1998) e Leonardo Villas-Bôas (1918-1961), foram importantes sertanistas brasileiros.

Nascidos no interior de São Paulo, com a morte dos pais, Agnello e Arlinda Villas-Bôas, a cidade de São Paulo já não os prendia. Vieram do interior paulista para a Capital pois o pai, Agnello, advogado, havia sido convidado por um escritório do ramo. Mudaram-se para uma pensão na rua Bento Freitas, esquina com a rua Marquês de Itu.

Zalina Rolim

foi uma importante poeta e educadora do Brasil. Nasceu em Botucatu em 20 de Julho de 1869. Sua influência na educação foi de João Köpke. Com ele desde criança aprendeu inglês, francês e italiano.Foi (São Paulo,1897) que começou a ser inspetora do Jardim de Infância anexo à Escola Norma de Caetano de Campos.Foi educadora, poeta e escritora, além de colaborar com revistas e jornais de São Paulo.Em sua epóca de educadora fez adaptações versificada de jogos cantados, traduzidos do alemão por Rosina Soares, fez também várias adaptações, traduções e produções originais para a Revista do Jardim de Infância, tendo assim grande relevância na pedagogia e literatura. Morreu em São Paulo, no dia 24 de Junho de 1961.
Atualmente existe uma escola estadual em seu nome ,do qual a mesma fudou,essa escola fica localizada na vila aricanduva sao paulo e considerado uma das melhores do bairro da Penha e Aricanduva. 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:


 

 

0
hotéis, pousadas e serviços encontrados em Botucatu
Fundação:
14/04/1855
Altitude:
804m
População:
107.663 habitantes
Área:
1.486,4km²
Densidade Demográfica:
72,43hab/km²
CEP:
18600-000

Envie seu comentário sobre Botucatu