Arez

Arez-RN

Bem-vindo a Arez!

Utilize o menu lateral para ter acesso as melhores pousadas de Arez, fotos, informações, os principais hotéis de Arez, além de outros serviços que vão desde a locação de veículos até guias turísticos. Tudo para você planejar a sua viagem!

Informações de Arez

Roteiros do Brasil

Região Pólo Costa das Dunas

 

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Tudo começou quando um grupo de índios chefiados pelo valente cacique Jacumahuma resolveu deixar o aldeamento de Papary por causa das desavenças ocorridas, e foi a procura de novas terras. Chegando às margens da lagoa de Guaraíras, o grupo indígena se estabeleceu e daí surgiu a primeira comunidade da futura vila de Arez. Também acham que os índios ao se desligarem da tribo em que viviam em Papary se estabeleceram às margens do rio Jacu, próximo ao local, hoje, denominado Estivas. Os primeiros elementos brancos a visitar a região de Arez, foram os holandeses. Dizem que Maurício de Nassau pretendia abrir um canal para entrada de navios e no futuro construir um porto, o que não foi concretizado, pois os mesmos foram expulsos e perseguidos pelos portugueses.  Com esforço e resistência os holandeses construíram na ilha do Flamengo, nome dado por eles a uma ilha no centro da lagoa Caraíbas, fortificações onde se refugiaram até a derrota final em 1651. No ano de 1659, chagavam os padres jesuítas sob o comando do padre Sebastião Figueiredo e deu início a catequese junto aos índios da localidade. Logo depois fundaram a Missão de São João Batista de Guaraíras e construíram a igreja e o convento, ainda hoje existentes. Porém em 1758, os jesuítas foram expulsos da comunidade. Foi nesse ano que a comunidade recebeu o título de vila com o nome de Vila Nova de Arez, dado pelo juiz de Olinda, Dr. Miguel Carlos Caldeira Castelo Branco. Criada a vila de Goianinha em 7 de Agosto de 1832, supriu-se a de Arez, que passou a integrar o território da nova vila em 8 de agosto de 1855, foi novamente restaurada pela resolução provincial nº 318. Novamente, através da Lei Provincial de 21 de Abril de 1862, o município reincorporou-se à Goianinha. Em 16 de Dezembro de 1864, pela Lei nº 559, desmembrou-se de Goianinha e incorporou-se ao município de Papary. Em 11 de Dezembro de 1876, a Lei nº 778, Arez desmembrou-se de Goianinha e tornou-se município do Rio Grande do Norte.

Significado do Nome

Para alguns historiadores o nome Arez foi dado por um português que em época desconhecida habitou aquela região, batizando-a assim em homenagem a uma vila do Alentejo, em Portugal.

Aniversário da Cidade 

11 Dezembro

Gentílico

aresense

População

13.166 habitantes

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

 

 

Clima 

Tropical chuvoso com verão seco e estação chuvosa adiantando-se para o Outono.

Temperatura Média

26,3° C

hspace=0 COMO CHEGAR

Localização

Litoral Sul

Limites

Norte –   Nísia Floresta e São José de Mipibu
Sul –      Goianinha e Tibau do Sul
Leste –   Senador Georgino Avelino e Tibau do Sul
Oeste -  São José de Mipibu e Goianinha

Acesso Rodoviário

 

Distâncias:

Da Capital:

58 km

Outras:


hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Principais Pontos Turísticos

Igreja São João Batista

Igreja São João Batista de Guaraíras em Arez é considerada uma das mais antiga do Brasil. Foi construída pelos missionários portugueses da companhia de Jesus com ajuda dos índios e colonizadores. A construção levou longos 17 anos para ser concluída. Em 24 de junho de 1659, a igreja estava praticamente concluída, faltando apenas parte do piso superior e as torres.
Existe uma lenda no município de Arez, contada pelos seus moradores mais antigos, que fala da existência de um túnel subterrânea de cinco quilômetros, construído pelos holandeses. O mesmo começa da Igreja e vai até a Ilha do flamengo, localizada na lagoa de Guaraíras. O tal túnel foi construído para facilitar a fuga dos holandeses dos freqüentes ataques dos Portugueses.

Ilha do Flamengo

“A Ilha do Flamengo Fica ao lado oeste da Laguna de Guaraíras, a ilha foi batizada com esse nome pelos holandeses, também chamados de flamengos, que habitaram o local entre 1634 e 1652, ali construindo uma fortificação, onde travaram quatro batalhas contra os Portugueses, 1647, 1648 e 1651 sendo finalmente derrotados pelo capitão Antonio Dias Cardoso em 1652.
A Ilha mede 25.000 metros quadrados de terra (2,5 hectares).
Os moradores mais antigos do município falam na existência de um túnel subterrâneo com cinco quilômetros de extensão, vai da Ilha do Flamengo a igreja de São João Batista de Guarairas na sede do município, supostamente o túnel serviria para facilitar a fuga dos holandeses dos freqüentes ataques dos portugueses, acreditam ainda, haver tesouros escondidos no subterrâneo e em fantasmas das almas perdidas de índios, holandeses e portugueses mortos em combates e ali enterrados. ”

Cemitério São João Batista em Arez

Datado do século XIX. Foi Construído em 1882 pelo missionário capuchinho “ Frei Herculano “. O Estilo tem no Rococó um requinte de luxo sedutor. Não há outro modelo em todo o Nordeste do Brasil. Foi tombado em 23/08/1962 pelo instituto Histórico Nacional.

Canhão do Fortim da Ilha do Flamengo

Peça bélica de artilharia pesada usada pelos holandeses nos anos de 1647, 1648, 1651 e 1652 em batalhas contra os portugueses. Quando da queda do fortim pelos portugueses na batalha de 1652 foi abandonado pelos holandeses na Ilha do Flamengo local onde as batalhas foram travadas.

Reis Magos

Conjunto de imagens, tombado em 1962. Peças policromadas, entalhadas em madeiras pertencentes à Igreja Matriz de Arez e entronizadas no altar lateral esquerdo. Sua execução com sabor popular, provavelmente data do século XVII, reencarnada com a pintura ingênua do XIX.

Pelourinho

Pelourinho, ereto em 1760, quando da criação da Vila Nova de Arez.
Quando o Pelourinho era instalado na praça Publica, este simbolizava a presença do governo eleito pelo povo, com jurisdição de Juiz Ordinário, Almotacéis, dos alcaides, todos eleitos pelo povo.
O Pelourinho significava ainda o lugar de defesa dos direitos dos cidadãos, de dirigir-se, governar-se e defender-se dos criminosos. O pelourinho só era instalado quando a Vila nascia, ou seja, era criada, geralmente construído em praça pública e instalado diante do povo reunido, onde meirinho ou escrivão lia à presença das autoridades a Carta Régia que autorizara a criação da vila e se fazia o pregão inicial.

Lenda das Guaraíras

Segundo o Historiador Hélio Galvão, onde hoje assenta a quieta cidade de Arez, fundaram aldeia de Guaraíras. Cinco missionários deixaram sinais de sua passagem: Luiz Pinto, José dos Reis , Jerônimo de Albuquerque, Sebastião Figueiredo e Gaspar da Silva. E deixaram sobretudo o traço que se não apaga: a figura envolta na névoa da lenda.
Fico olhando o outro lado da lagoa. Arez trepada na barranca, a ilha do Flamengo desnuda da vegetação que a emoldurava no contraste das águas da lagoa. As lendas: O caminho subterrâneo que vai por baixo dágua até o convento dos Jesuítas em Arez. Os imensos tesouros que dormem nas entranhas desvirginadas da ilha. E aquela outra, a do Peixe-boi.
Certo índio da Aldeia de Guaraíras em momento de retorno sentimental à vida selvagem, esquecido das lições que recebia, matou uma criança. Matou e comeu. O povo com reações violentas dos parentes da pequena vítima, imolada à tradição cultural da antropofagia, que irrompera, destruindo trabalho paciente, mas superficial dos padres da companhia.
O superior da missão não pôde omitir-se na circunstância, mas não podia usar a arma da violência, segundo a norma invariavelmente adotada nos métodos da catequese dos discípulos de Santo Inácio. Tinha porém que impor o castigo exigido. E mandou que o índio, farto ainda das carnes da criança, fosse ficar dentro dágua, até que fosse chamado.
E o índio lá ficou, mas quando foi procurado não se encontrou.
Começou então a aparecer um peixe-boi e vindo, de um lado para outro.
Alta noite, o que se ouvia, subindo das águas salgadas da lagoa, era o gemido, pavoroso de tremer, horripilante, dolorido, inesquecível. A tremenda expiação devia perdurar por muitos anos, segundo a sentença do missionário.
Os pescadores iam pescar e voltavam, a rede enxuta: antes de dar o primeiro lance, o peixe-boi, aparecia. De lá de baixo subia o gemido cortante, agoniado e rouco, como se alguém se afogando.Era o índio que devorava a criança, condenado àquele sacrifício. Então, voltavam apavorados, sem peixe nenhum, varejando a canoa com toda a velocidade possível.
Os gemidos eram mais feios, mais lancinantes, mais pungentes, mais magoados, nas noites de luar, dorso do peixe-boi que subia à superfície.
O pior era a incerteza. O peixe-boi estava em toda parte. Certa noite, era lá no Canto do Boqueirão; outra era no pé da Moita (Moita é o nome popular da Ilha do Flamengo); outra era na Ponta do Lourenço; outra na ilha de Manuel Pedro; outra no Córrego das Capivaras. E sobretudo na Barra do Tibau, quando menos se esperava, lá vinham aos ouvidos os urros tremendos, feios, medonhos, apavorantes.
Singular destino o dessa lagoa: quando menos se espera o mar a devolve, depois a retorna. Desde 1924 que a tomou. Agora está preparando a restituição, dentro de poucos anos , estará de novo isolada do mar, que está erguendo a barragem de separação. Sem concreto e sem cimento.

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro: 

 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE AREZ

E-mail:

Telefones: (84) 3242-2222

Sites:

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Telefone: (84) 3242-2220

Terminal Rodoviário de Natal-RN

Endereço: Avenida Cap-mor. Gouveia, 1237 - Cidade da Esperança
Telefone: (84) 3205-2931 

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO DE REGISTRO CIVIL E REGISTROS PÚBLICOS:

E-mail: snrbdm@bol.com.br

Telefones: (84) 3242-2455

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.rn.gov.br

www.icone.inf.br

http://pt.wikipedia.org

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:

Comentários de Arez

Arez é uma cidade maravilhosa!! Quem nunca viu, venha ver as belezas que a nossa cidade tem! Arez bela cidade em desenvolvimento!!
Por: Raquel

Arez é uma cidade encantadora...pacata... de clima mui bueno.Gente alegre. festeira.vale a pena conhecer.
Por: Hudson

Sol filha da cidade e fã número um da história, mas acho q deveria haver um apoio maior para poder investir no turismo, pois somos ricos em história e patrimônios culturais, vamos dar mas valor a nossa terra que é maravilhosa.
Por: Ricelis lins

TENHO O MAIOR ORGULHO EM FASER PARTE DESA CIDADE TÃO RICA EM HISTÓRIA E CULTURA, É UMA PENA QUE MUITA GENTA DA PROPRIA CIDADE NÃO CONHEÇA E NÃO VALORIZE SUA PROPRIA TERRA, RICA EM HISTÓRIA.
Por: Ricelis Lins Ferreira

arez como sempre bela em tudo o que tem. é linda mesmo essa cidade.
Por: késsya emanuella

gostaria de recebe fotos desta cidade principalmente da delegacia onde meu avÕ JOAQUIM INACIO LEITAO FOI DELEGADO
Por: SERGIO LEITAO

essa cidade e muito linda com as praça igreja essa cidade é muito limpa mas limpa que natal e certa cidade do rio grande do norte
Por: johnattan

cidada de arez morando em sao paulo amei ver minha cidade
Por: maria dos prazeres

Sou filho de arez e adoro o meu lugar.pios hoje estou um pouco distante mais morrendo de saudades.
Por: EMANUEL DA S. R.

bom meu nome e adriana mora no rio de janeiro, tenho pesssoas muito importantes pra mim que moram ai em arez,são pessoas que eu não conheço que e a minha avó e meus tios eu sempre fui doida pra conhecer arez agora que vi essa cidade pela a internet fiquei encantada realmente e uma cidade muito linda, um dia DEUS vai me abençoar e eu irei visitar essa cidade maravilhosa que e arez,e com grande satisfação esta escrevendo pra voçês
Por: adriana

esta cidade e muito linda eu gostaria de conhecer melhor.
Por: valerio

arez tu es bela otimo para se viver sossegado. espero poder voltar para deliciar_me em tuas aguas tranquilas.
Por: katarina

arez e minha vida eu amo essa cidadennnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn
Por: mayara

amo muito essa cidade sou apaixonada por ela claro sou fiha né rs mesmo morando no RJ.
Por: giule

Arez,adoro essa cidade(minha cidade)Arez e otimo p morar,pessoas alegres e generosas!em Arez otimos festejos,Arez e completa tem lagoa,riachos,praia de facil acesso enfim adoro Arez!
Por: Celma

sou filho de ares meus pais ainda moram ai algums anos que vivo distante mas voltarei um dia estive recente nessa cidade linda e adorei rever tudo e todos recomendo a quem nao conhece algums pontos turistico como aranun, ilha do flamengo, sape e guarairas.
Por: jose sergio

vi meu comentario sobre ares gostei e vi tambem as fotos recentes continuem divulgando a beleza dessa cidade linda um abraco a toda essa gente boa que sao muitos amigos que tenho ai desde o tempo do lba da dra lucia.
Por: jose sergio

arez e um otimo lugar para morar com algums empreendimentos em expancao recomendo a culinaria da regiao e muita agua de coco arez ainda tem um bom futebol
Por: jose sergio

Eu amei AREZ, eu sou do RECIFE, mas tenho familia em AREZ, sou subrinha de JURA e de JANDY, concerteza deve conheçer esse casal de irmão, e tem mais, quando quero descança o lugar certo é AREZ, amo todas as praças, e a festa de rez pronto, é show. a nota que dou a AREZ nao é 100% nao, é 101% rsrsrsrsrsr... um bjs grande amo AREZ DE CORAÇÃO..
Por: Mayara

gostei muito das fotos,e acoledor quaquer dia vou conhcer arez
Por: abel

Tomei conhecimento que ai no RN tem essa cidade por nome de arez/arês. e ao mesmo fique muito feliz por saber que ai tem um riquisimo acervo num museu. olha vou aqui fazer um apelo ao poder municipal não deixe uma oportunidade dessa tão linda deixar de ser lapidada e acaber com essa história de esse patrimonio é de cunho particular ok, valorize mais as suas riquezas.
Por: FABIANO -RJ

Tomei conhecimento que ai nessa cidades histórica tem um belo acervo em um museu, digo de forma clara e objetiva cuide desse precioso acervo, pois, ele tambem faz parte do crescimento ne desenvolvimento desse municipio apoie e deixe de lado todo e qualquer ipocrizia
Por: JAQUIM DA SILVA

adoro a cidade d arez acho a cidade linda, ja visitei muito, mas issso quando eu era criança a minha vo era natural da cidade, tenho tia ii primos aii ainda sinto saudades de todos u m abraço.
Por: etiene cristina

JA EXISTIVE EM AREZ O POUCO TEMPO QUE PASSEI POR LA FOI O BASTANTE PARA CONHECER , AREZ E UMA CIDADE HUMILDE DE PESSOAS LEGAIS, PESSOAS HOSPITALEIRAS , TEM SUAS BELAS PAISAGEM ENFIM UMA TERRA BEM CIVILIZADA , ADORO A CIDADE DE AREZ.
Por: GUTO

Resido na cidade de Arez-RN a pouco mais de 4 meses. É uma cidade encanadora com seus mistérios e beleza. Porém no meu ponto de vista deveria ser mais explorado a questão Hitórica da Cidade. Traria um grande benefício pata toda a população, tendo em vista que conheceria melhor a história do seu município.
Por: Emanuela Tatiana

0
hotéis, pousadas e serviços encontrados em Arez

Envie seu comentário sobre Arez