Rio das Flores

Rio das Flores-RJ

Bem-vindo a Rio das Flores!

Nessa página você vai encontrar muita informação e principalmente várias opções de pousadas em Rio das Flores, além de fotos e outros serviços, incluindo camping e hotéis em Rio das Flores.

A cidade de Rio das Flores, localizada no estado de Rio de Janeiro (RJ), foi fundada no ano de 1890. A localidade está em uma altitude de 525m em relação ao nível do mar, e possui uma população estimada em 6.257 habitantes. A área total de Rio das Flores é de 479km², e sua densidade demográfica é de 13,06hab/km² (habitantes por km²). O CEP da região de Rio das Flores-RJ é 27660-000. Caso você possua informações atualizadas, utilize a área de comentário logo acima para nos enviar a atualização.


O pequeno município de Rio das Flores, no Rio de Janeiro, sobrevive da agropecuária e do turismo, que se baseia principalmente nas suas construções históricas da época do Brasil Colônia.

Para ver de perto essa história sendo contado há algumas opções na cidade, como a Fazenda União, construída em 1836. Um tour que começa no século XVI, com a chegada dos portugueses nas terras de índios puris, passa pelo ciclo do café e chega até a abolição da escravatura, em 1888. Tudo apresentado através de sua construção, móveis e objetos de época.

Os passeios devem ser agendados antecipadamente, e podem incluir um almoço com alimentos típicos da culinária local ou o “jantar dos barões”, que vem com o bônus de apresentação de danças afro e concertos de violino, ideais para casais.

Outra opção é a fazenda Campos Elíseos, construída em 1851, residência de uma família italiana. A fazenda mostra a mobília antiga, uma criação de animais, o engenho, o moinho e uma extensa área verde antigamente ocupada pelos cafezais.

No local, é possível ver de perto o período pós-abolicionista do ciclo do café, em que diversos imigrantes italianos chegaram ao Brasil e acumularam suas fortunas. O passeio inclui almoço com comidas preparadas em forno à lenha. Outra construção histórica de Rio das Flores é a Capela de Santa Tereza D’Ávila, fundada em 1851. A igreja é o local de batismo de Santos Dumont, o “pai da aviação”.

Além da parte histórica, Rio das Flores reserva uma diversidade de paisagens naturais que incluem banhos de cachoeiras, e vistas panorâmicas dos seus mirantes, como o da Boa Vista, em que é possível fechar o dia com um belo pôr do sol. No mês de julho, a cidade se torna palco do Festival do Vale do Café. O evento traz variada programação musical, com artistas e bandas de música clássica, samba, bossa nova e até chorinho.

A 35 km de Rio das Flores, ainda é possível visitar a vila de São José das Três Trilhas, que também é composta por um conjunto arquitetônico de fazendas e casarões do Brasil Colônia e guarda tradições típicas da época, como as quermesses no mês de julho.

Onde se hospedar

Para quem deseja conhecer melhor a região, um dia não é suficiente. Algumas hospedagens permitem que o visitante faça parte da cultura histórica da região, é o caso da Fazenda União, que, além dos passeios, oferece quartos para os visitantes de passagem pelo local. São 21 alojamentos dentro da própria sede, com mobília de época, mas com conforto atuais como TV a cabo e hidromassagem. É possível ainda dormir em um quarto das antigas senzalas.

Dentre as atividades para os hóspedes estão o arborismo, pescaria ecológica, quadras, jogos de sinuca, ping pong, jukebox e fliperama, brinquedoteca, massagem, sauna, spa, além de tirolesa e passeio com uma charrete da época colonial. Outras opções de hospedagem são a Pousada Rio das Flores, Pousada Santa Tereza e Pousada Maria Sem Vergonha.

Como chegar

Para chegar até Rio das Flores é possível vir pela Via Dutra e RJ – 145, saindo do Rio de Janeiro (180 km). E pela BR – 040 e RJ -151, vindo de Juiz de Fora (90 km).

Informações de Rio das Flores

Roteiros do Brasil

Roteiro: Floresta e Mar

 

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Autores atribuem o devassamento de Rio das Flores às correntes de faiscadores, aventureiros e bandeirantes, que desde o início do século XVI, utilizavam o curso do Rio Paraíba, como ponto de referência para atingir as Minas Gerais. Segundo consta das notícias sobre o roteiro da expedição chefiada por Martim Corrêa de Sá, ainda em 1597, o Paraíba era utilizado como via de acesso ao território das Minas embarcando no Rio de Janeiro, por aquela data, chegou aquele capitão, por mar, a Paraty, acompanhado de 700 portugueses e 200 índios penetrando em São Paulo rumo a Pindamonhangaba, onde atingiu o vale do Rio Paraíba, cujo curso seguiu até chegar à foz do rio Paraibuna. Vemos assim que, desde a abertura desse caminho, na segunda metade do século XVI, as margens do Paraíba, pertencentes hoje ao território de Rio das Flores, já eram conhecidas. Todavia, o que de positivo existe sobre as origens do atual município é que a sua colonização e o seu desbravamento foram motivados pela extraordinária expansão agrícola, que se verificou na província do Rio de Janeiro, durante o século XIX. Quando o ciclo do café atingiu, na província, proporções vultosas, trazendo riqueza e abastança para os que cultivam, os demais fazendeiros, seduzidos pelas promissoras perspectivas que lhes apresenta a nova cultura, abandonaram, em determinadas zonas, quase que totalmente suas antigas lavouras, para se dedicarem exclusivamente aos cafezais. A necessidade de aproveitamento de terrenos apropriados a essa cultura motivou o desbravamento de zonas até então inóspitas, processando-se a sua colonização e seu povoamento com notável rapidez. Segundo a maioria dos autores, foi devido a essa ansiosa procura de terras férteis, adaptáveis à cultura do café que se observou o desbravamento e a colonização das terras de Rio das Flores, na primeira metade do século XIX. Foi nesse período, segundo tudo faz crer, que chegaram a esta região os primeiros grupos de colonizadores, dedicando-se desde logo, à cultura do café, cujas plantações, em breve, recobriam vastas extensões até essa época ocupadas pela mataria virgem. A notícia da fertilidade do solo da localidade nascente propalou-se com rapidez, atraindo a atenção dos governantes. Visando facilitar o progresso e o densamento demográfico da povoação, o governo provincial, em 6 de outubro de 1851, por força da lei que tomava o nº 560, conferiu-lhe a dignidade de possuir uma capela curada, sob a invocação de Santa Tereza, subordinada à freguesia de Nossa Senhora da Glória da Vila de Valença, depois município de Marquês de Valença. Segundo tudo indica, esse procedimento do governo constituiu uma exceção rara, de vez que, normalmente, as povoações fluminenses surgiram com o aparecimento, primeiro, de colonos esparsos que, erguendo uma capela, aí fixavam seu núcleo social e econômico, exigindo posteriormente, com o adensamento populacional, a presença de um cura na localidade que, então, recebia o direito de considerar-se possuidora de uma capela curada. Quatro anos mais tarde, essas providências tomadas por governantes da província já se justificavam. Tamanha foi a afluência para essa região, nesse curto espaço de tempo que, novamente, o Governo teve oportunidade de intervir beneficamente na administração da localidade, elevando o curato de Santa Tereza à categoria de freguesia, pela lei providencial nº 814, de 6 de outubro de 1855, que ainda a subordinava a jurisdição da então vila de Valença. A economia de Santa Tereza repousava, por essa época, quase que exclusivamente em suas riquíssimas lavouras de café, nas quais o braço do negro escravizado representou o papel preponderante.

Significado do Nome:


Aniversário da Cidade

17 de março

Gentílico

rioflorense

População

8.545 habitantes

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Município da Região do Médio Paraíba, na divisa com o Estado de Minas Gerais, Rio das Flores situa-se na margem esquerda do Rio Paraíba do Sul e na margem direita do Rio Preto. Tem sua economia essencialmente voltada para as atividades agrícola e pecuária. Atualmente está investindo no turismo rural e histórico. 

Clima

Tropical Ameno 

Temperatura Média

20º C 

hspace=0 COMO CHEGAR

Partindo do Rio de Janeiro: BR-116 até Piraí e depois RJ-145.

Localização

Município da Região Sul do Estado do Rio de Janeiro 

Limites

Valença, Vassouras, Paraíba do Sul e Santa Bárbara do Monte Verde (MG).

Acesso Rodoviário

BR-116  /  RJ-145

Distâncias:

Da Capital:

164 Km

Outras:


hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Principais Pontos Turísticos

Praça da Bandeira  

Possui quadra de esportes, bar, jardim arborizado, bancos de cimento, etc. End: Rua Leoni Ramos, 193 - Centro. Horário: permanente.

Praça Presidente Manuel Duarte  

Possui um jardim arborizado com bancos, o busto de Santos Dumont, etc. End: - Centro. Horário: Permanente 

Museu de História Regional Padre São Sebastião da Silva Pereira  

Em 1966, Pe. Sebastião da Silva Pereira fundou, oficialmente, o Museu de História Regional que hoje leva o seu nome. Aos poucos, comprando ou ganhando peças em Rio das Flores e cidades vizinhas, formou um acervo bem variado, quase todo do início deste século. Está arrumado, basicamente, como uma casa. Possui mobília de sala de visitas (incluindo um piano); móveis e objetos de escritório; duas mobílias de quarto (incompletas); uma pequena biblioteca (com livros antigos e atuais, mapas, revistas e etc.). Além de documentos diversos possui também louças e talheres, utensílios de cozinha; quadros, objetos sacros, prensas; uma pequena coleção de cédulas e moedas (numismática); peças de: transportes, comunicação, tecelagem, carpintaria, padarias, odontologia, costura, olaria, escravidão, farmácia, etc. O Museu está instalado em dois salões construídos pela comunidade e pela Prefeitura Municipal. End: Rua 31 de Março, s/nº - Centro. Horário: 9h às 12h e 13:30 às 17h, de terça a sábado 

Biblioteca Municipal Emanuel Guimarães  

Esta biblioteca está aberta ao público numa das salas da Escola Municipal Santa Tereza. Possui um acervo variado totalizando quase 12.000 volumes entre romances, vários livros sobre política, filosofia, direito, psicologia, sociologia, ciências, etc., jornais e revistas também fazem parte do acervo. Emanuel Guimarães foi em escritor nascido em terras da Vila de Santa Tereza, hoje, Rio das Flores que tem entre suas romances, novelas, peças teatrais e poesias.  End: Rua Leoni Ramos, 12 - Centro. Horário: 8h às 17h de segunda a sexta 

Estação Ferroviária de Rio das Flores  

Estação inaugurada em 1900, no dia 24 de Maio. O prédio seguia o padrão das construções feitas pela Estrada de Ferro , geralmente de inspiração inglesa em tijolos vermelhos, com interessante trabalho de madeira nos beirais. A Estação está fechada e precisa de restauração.  Local: Centro.

Matriz de Santa Tereza DÁvila  

Foi inaugurada em outubro de 1858, com a chegada da imagem de Santa Tereza vinda da França. No período entre 1870 e 1880, sofreu várias reformas inclusive devido a um incêndio. Na antiga vila de Santa Tereza, hoje Rio das Flores, foram batizados Santos Dumont e sua irmã Sofia.  End: Praça Manuel Duarte, s/nº - Centro. Horário: A partir das 9h, sábados e domingos.

Pesque e Pague São Luiz  

Tel: (24) 2458-4038   

Casa Grande e Senzala

Espaço Cutural com estrutura para a realização de eventos, jantares e confraternizações, expõe artefatos e utilitários dos escravos, além de utensílios da época do Ciclo do Café. Tel.: 2458-4023

Rio Preto

Rio que nasce no Pico das Agulhas Negras e desemboca no Rio Paraibuna. Possui 200 Km de extensão e é a divisa natual entre os Estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais. Apresenta águas escuras e frias, e com vegetação abundante junto às margens. Durante o seu percurso encontram-se praias, corredeiras, piscinas naturais e quedas d´águas propícias a banhos, além de ilhas e ilhotas, bancos de areia e rochas em seu leito. É navegavel em alguns trechos, por pequenas embarcações. É um rio bastante piscoso, sendo a pesca de linha a mais comum.

Rio das Flores

Afluente do Rio Preto, nasce no Município de Barra do Piraí, apresenta praias, ilhotas, bancos de areias, corredeiras e quedas d´água. Propício à pesca.

Cachoeira São Leandro

Balneário Municipal, fica à 3 Km do Centro.

Mirante Boa Vista

Situado a 600m de altura, oferece vista panorâmica da região. Localização: Bairro Formoso, 3,5 Km do Centro.

Serra das Abóboras

Formação Montanhosa que atravessa o Município de sul para leste. Faz parte da Serra da Mantiqueira e é o divisor de águas entre o Rio Paraíba do Sul e o Rio Preto.

Serra da Taquara

Formação Montanhosa que atravessa o Município ao norte. É o divisor de águas entre o Rio Preto e o Rio das Flores.

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

Fevereiro

- Festa de Aniversário de Batizado de Alberto Santos Dumont

Março

- Festa do Aniversário do Município

Abril

- Procissão dos Cavaleiros de São jorge

Junho

- Festa do Rapa Queijo

- Festa das Nações

- Campeonato Estadual de Enduro de Regularidade em Motos

- Festa de São Pedro

Setembro

- Exposição Agropecuária de Rio das Flores

- Exposição Especializada do Cavalo Mangalarga Marchador

Outubro

15 - Festa da Padroeira - Santa Tereza Ávila 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO DAS FLORES

E-mail:

Telefones:

Sites: http://www.pmrf.rj.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário Novo Rio:

Av. Francisco Bicalho, 01 - Santo Cristo
Telefone: (21) 3213-1800
Rio de Janeiro-RJ
Funcionamento 24 horas

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO ÚNICO:

E-mail: rflofuni@tjrj.jus.br

Telefones: (24) 2458-1140

Sites: http://portal.mj.gov.br/data/Pages/MJF9BE4E96PTBRIE.htm

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org/

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:

Comentários de Rio das Flores

amo esta cidade, nasci aí, hoje moro fora mais sempre que posso volto para minha cidade que eu amo.
Por: Luciana Lasneaux Figueiredo

terra da minha mae.. mais eu sou de cabo frio acho q minha mae naum vai ai a uns 15 anos qualquer dia vamos fuizz
Por: higor azevedo cedro cardoso

vivo aqui amo de paixaonasci aqui e aqui criei minhas filhas que tambem amam esta cidade como tambem meu marido e apaixonadissimo por rio das flores
Por: oliviarioscunha

Nooossa, adoro esse lugar...muito aconchegante...um pedacinho da minha família mora ai...ja faz até um tempinho que fui ai... Adooro
Por: Priscila Ramalho

tive oprazer de conhecer a cidade de rio das flores ano passado e fiquei maravilhada com a educação dos habitantes a limpeza e a beleza além do verde pena que não deu pra conhecer todos os pontos turisticos sonho em um dia ser moradora deste paraiso sempre comento com colegas de trabalho. amo...
Por: reginaceliavieira

Na década de 60, eu e um grupo de estudantes da Cefet Rio, moradores de Campo Grande no Rio, conhecemos Rio das Flores. A partir daquele ano, acho que era 1966, passamos a viajar para Rio das Flores todos os anos, nas férias. A primeira impressão posititiva que tivemos foi ter conhecido o Padre Sebastião, uma das melhores pessoas que conheci.Ele nos abriu a porta da cidade e a partir daí vivemos momentos inesquecíveis que até hoje, 45 anos após, nos lembramos com saudade.
Por: luiz pacheco

Rio Das Flores,quantas saudades,sonhos e dores.Rio Das Flores foi meu berco,foi meu ninho e eu deixei este cantinho e nem mesmo sei por que.Rio Das Flores como eu gosto de voce. É um paraiso que ainda nao foi descoberto. Te amo Rio Das Flores
Por: cristie paiva machado

FUI CRIADO AI ENTRE 1976 A 1987,ESTA CIDADE FOI E É MINHA CASA ATE EU PARTI,PARABENS RIOS DAS FLORES
Por: SERGIO ADRIANO MENDES DA SILVA

Uma das viagens que mais gosto é para Rio das Flores, belíssimas fazendas.Rodovia margeando rio quanta paz e traquilidade. Quando posso sempre visito.
Por: solange

cidade maravilhosa, tive a oportunidade de conhecer, naô sei porque, hoje lembrei de Rio das Flores, espero em breve retornar a esta cidade aconchegante, um abraço RIO DAS FLORES
Por: edson das dores

0
hotéis, pousadas e serviços encontrados em Rio das Flores
Fundação:
1890
Altitude:
525m
População:
6.257 habitantes
Área:
479km²
Densidade Demográfica:
13,06hab/km²
CEP:
27660-000

Envie seu comentário sobre Rio das Flores