Alcobaça

Alcobaça-BA

Bem-vindo a Alcobaça!

Confira aqui as melhores pousadas em Alcobaça, fotos de internautas e informações atualizadas da cidade Alcobaça. Clicando em mais informações, você terá de locadoras de veículos até hotéis em Alcobaça para programar a sua viagem.

A cidade de Alcobaça, localizada no estado de Bahia (BA), foi fundada no ano de 1755. A localidade está em uma altitude de 9m em relação ao nível do mar, e possui uma população estimada em 16.587 habitantes. A área total de Alcobaça é de 1.510,9km², e sua densidade demográfica é de 10,98hab/km² (habitantes por km²). O CEP da região de Alcobaça-BA é 45990-000. Caso você possua informações atualizadas, utilize a área de comentário logo acima para nos enviar a atualização.


O litoral baiano possui vários balneários importantes, todos muito visitados pelos turistas e, entre eles, se destaca a cidade de Alcobaça – BA, localizada no litoral sul do estado. Por causa de sua grande faixa de praias, além de turistas durante o verão, a cidade é um importante polo pesqueiro que fornece pescados, principalmente, para as cidades do sul da Bahia e para o estado de Minas Gerais.

Como em todo o estado, em Alcobaça – BA predomina a culinária típica da Bahia, além de mariscos e caranguejos, faz parte do cardápio da maioria dos restaurantes. Pela proximidade, Alcobaça recebe milhares de turistas mineiros e capixabas, e um pouco menos de goianos e brasilienses.

Uma das maiores atrações da região de Alcobaça é o Parque Nacional Marinho de Abrolhos, situado aproximadamente setenta e dois quilômetros da costa. É composto pelas ilhas Santa Bárbara (onde está o farol), Ilha Siriba, Ilha Redonda, Ilha Sueste e Ilha Guarita. O parque fica aberto todos os dias e é muito procurado por mergulhadores interessados em observar as formações de corais e a grande diversidade do local.

Alcobaça é muito procurada, também, na época de reprodução das baleias, que procuram o litoral da região para terem seus filhotes. Diversas excursões náuticas saem de Alcobaça para os turistas poderem observar as baleias se movimentando no litoral da cidade, durante os meses de julho a novembro. O município de Alcobaça tem investido em infraestrutura para garantir o conforto e a tranquilidade dos visitantes que procuram a cidade para passar suas férias.

Atrações

Além das belas praias, a cidade de Alcobaça possui muitas construções do século XIX, tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico da Bahia. No centro da cidade, o ponto mais visitado é a Praça da Caixa D’Água.

Alcobaça possui bons hotéis e pousadas com acomodações aconchegantes e restaurantes variados, que oferecem opções da cozinha baiana, tradicional ou internacional, para atender a todo tipo de visitantes, inclusive os mais exigentes.

As manifestações folclóricas, religiosas e culturais também são uma atração à parte e atraem um bom número de visitantes. Durante o verão, a maior atração de Alcobaça – BA são as suas praias. Na época da movimentação das marés, formam-se pequenas piscinas, para a alegria de adultos e crianças. Outro roteiro bastante procurado é seguir de barco pelo Rio Itanhém, para conhecer a extensa área de mangue.

Quem visita Alcobaça pode, ainda, visitar os Recifes de areia e Corais de Timbetas. Com todas essas atrações Alcobaça vem atraindo visitantes de todo o Brasil, em busca da hospitalidade baiana, somada à sua herança cultural e musical, além das praias, consideradas as mais belas e extensas da Bahia e, ainda, da programação variada durante o verão. Por isso, conheça a cidade de Alcobaça!

Informações de Alcobaça

Roteiros do Brasil

Região Costa das Baleias

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

A paisagem recortada pelo mar, rios e um extenso manguezal, além da beleza, proporciona uma fartura de camarões, siris, gaiamuns, pitus, ostras e uma grande variedade de peixes, que fazem a festa da culinária típica regional. O solo fértil serve de abrigo a uma infinidade de árvores frutíferas, entre cajueiros, mangueiras, pés de pitanga, carambola, maracujá, abacaxi, acerola, mamão e cajá, além dos vastos coqueirais.
Em meio às lembranças das primeiras expedições colonizadoras dos portugueses, retratada no Centro Histórico da cidade, reduto das construções do século XIX – como a Matriz de São Bernardo, padroeiro local, a Cacimba do Conselho e os sobrados da rua Pedro Muniz e Senador Melgaço -, Alcobaça guarda também os segredos dos tesouros que corsários franceses enterraram em seu litoral séculos atrás.
Sua zona rural abriga, até hoje, casas de fazenda e de farinha em pleno funcionamento. As ruas arborizadas com suas casinhas enfileiradas, a tranqüilidade que reina à beira mar, o clima tropical e os muitos quilômetros de praias ainda inexploradas garantem uma estadia relaxante e cheia de atrações nesta cidade, que é um dos portões de entrada para o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Construções coloniais dos séculos de dominação portuguesa, de grande valor arquitetônico e histórico, ainda hoje, se exibem em perfeito estado de conservação no Centro Histórico de Alcobaça. Na Praça Padre José Porfírio, o famoso poço da Cacimba do Conselho, datado do final do século XIX, guarda segredos dos colonizadores portugueses. Deste mesmo período, a Casa da rua Dr. Moreira Caldas, 68, exemplifica a grandiosidade das edificações de outrora.
Na zona rural, as casas rústicas revelam a cultura local. A Casa da Fazenda Janina, do século XX, é uma típica casa rural da região. A planta alongada demonstra o grande espaço que a família desfrutava. A casa estava ligada ao beneficiamento de cacau. A história cacaueira também se faz presente no interior da Casa da Fazenda Cascata, onde as gavetas de secagem do fruto ficam expostas ao visitante. Em forma de “L”, data do século XIX. É nessa mesma fazenda que se encontra a Casa de Farinha, onde o antigo maquinário para o fabrico da farinha de mandioca e beneficiamento do café está intacto. A mais antiga construção é a Casa Caxangá, do século XVIII. Construída em taipa de mão – o chamado “sopapo” -, e cobertura de tabuinhas (lascas de madeira dispostas como escamas), a casa é o retrato fiel dos costumes e da vida dos camponeses locais. 

Significado do Nome

Seu nome presta uma homenagem à Cidade de Alcobaça, em Portugal, terra natal dos colonizadores. 

Aniversário da Cidade:

12 de Novembro 

Gentílico:

alcobacense

População:

21.319 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

Situada em uma península entre o mar e o rio Itanhém a cidade de Alcobaça desfruta de uma bela paisagem com coqueiral restinga e Mata Atlântica e muita tranquilidade à beira do mar. Foi originada a partir de uma arraial. A matriz de São Bernardo na pracinha o casario colonial a fonte da cacimba as ruas arborizadas com suas casinhas enfileiradas proporcionam uma estadia calma e divertida para quem deseja fazer turismo ou curtir o veraneio.
Além da história do sol e dos muitos quilômetros de praias ainda inexploradas Alcobaça é um dos portões de entrada para o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos.

Clima:

Úmido 

Temperatura Média:

24º C  

hspace=0 COMO CHEGAR:


Localização:

Extremo sul baiano 

Limites:

Prado, Vereda, Teixeira de Freitas, Caravelas e Oceano Atlântico 

Acesso Rodoviário:

A partir de Salvador, seguir pela BR-324 até o entroncamento da BR-101 que leva a Alcobaça. 

Distâncias:

Da Capital:

870 km 

Outras:

  

hspace=0 TURISMO:

Resumo:


Principais Pontos Turísticos:

Abrolhos

Entre os ambientes marinhos brasileiros encontram-se no litoral sul da Bahia os maiores e mais ricos recifes de corais do Brasil e de todo o Atlântico Sul ocidental em uma das mais belas paisagens do oceano. Eles estão espalhados por uma área de aproximadamente 6.000 ha. Mergulhadores profissionais e amadores consideram Abrolhos um dos pontos mais bonitos do mundo. Mergulhar é imprescindível fundamental para quem deseja vislumbras um festival de luzes e cores em um mundo submerso e silencioso com profundidade máxima de 30 metros. Abrolhos reúne condições de mergulho excelentes e raras quando juntas: águas oceânicas rasas e cristalinas a uma temperatura entre 23ºC no inverno e 27ºC no verão. A temperatura do ar varia de inverno a verão entre 24 a 27ºC e a transparência da água em torno de 15 a 25 metros. Os navegadores portugueses do século XVI alertavam sobre o litoral sul da Bahia. Quando te aproximares de terra abre os olhos. E de tanto repetir o aviso criou-se a corruptela Ambrolhos que deu nome à região. Significava um grande perigo aos navegantes e atualmente identifica um destino ecoturístico dos mais privilegiados no alto mar do extremo sul da Bahia.
Vislumbrar recifes de corais raros admirar as baleias Jubarte participar de um safari fotográfico explorar naufrágios como o cargueiro Rosalina que afundou no início do século XX e cavernas submarinas em mergulhos orientados estão entre as principais atividades ecoturísticas praticadas em Abrolhos. Uma das maiores concentrações de peixes em quantidade e variedade por metro quadrado do planeta está em Abrolhos. São barracudas sargo-de-beiço budião peixe-frade guarajuba pescada-gaiva bicudas peixe-papagaio peixe-cirurgião peixe-anjo peixe-borboleta cioba ou vermelho agulha moréia baiacu-espinho xaréus jaguricá salemas piragicas xereletes cocorocas cavalo-marinho e badejos além de ricos bancos de camarões. O Arquipélago é formado por cinco ilhas: Santa Bárbara Sueste Redonda Siriba e Guarita a porção terrestre do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos onde as tartarugas desovam enquanto atobás fragatas pilotos e grazinas em diferentes épocas do ano vão nidificar. O Parque recebe anualmente mais de 15 mil visitantes monitorados pelo IBAMA e Instituto Baleia Jubarte. O farol na ilha de Santa Bárbara ilumina a noite dos navegadores.

Centro Histórico

A matriz de São Bernardo a Cacimba do Conselho do século XIX e os sobrados à rua Pedro Muniz e Senador Melgaço compõem o patrimônio históricode Alcobaça que ainda preserva na zona rural casas de fazenda do século XIX e casas de farinha em pleno funcionamento.
Recife das Timbebas: Os corais-fogo e os cogumelos são o maior atrativo para os mergulhos ecolôgicos autônomos nesta área que abrange um dos bancos recifais mais exuberantes e próximos à costa. Endêmicos e raros esses corais se destacam na paisagem submarina onde as grandes colônias de coral-fogo alcançam até três metros de diâmetro. O Recife das Timbebas tem 110km quadrados e esta a 14 quilômetros de Alcobaça. É destinado somente a mergulhadores uma vez que as atrações estão todas submersas.

Recife das Areias

Situado em águas oceânicas o Recife das Areias pontuado o início do Parcel das Paredes. Um banco de areia no centro e os recifes de coral possibilitam tanto a prática do mergulho como os passeios na superfíce. Na maré baixa surgem as piscinas naturais formadas entre os recifes com profundidade de até 1 5 metro. Aí é possível obeservar as tartarugas e dezenas de peixes multicoloridos sem a ajuda de equipamentos além do banho em alto mar em águas rasas e transparentes.

Recife das Lixas

Outro ponto exclusivo para mergulho onde o nome decorre da presença da grande quantidade de tubarões lixa um tubarão desdentado que ocorre no local. Não é um atrativo muito concorrido por não ter local abrigado para fundear ambarcações.

Artesanato

Peças de decoração em madeira palha conchas e búzios.

Praia da Barra do Itanhém ou Barra de Alcobaça

Urbana com faixa de areia larga e clara que se estende por três quilômetros no encontro do rio com o mar. Aí o rio faz uma curva em uma enseada calma e protegida frequentada por banhistas que não gostam de ondas. Presença de pescadores de camarão.

Praia de Alcobaça

Coqueiros e barcos de pescadores marcam a presença nessa praia que se estende na zona urbana. Praia reta de areia fina e ondas fracas.

Praia do Farol

Urbana dispõem de infra-estrutura turística entre hotéi pousadas bares restaurantes e barracas a beira-mar sendo das mais movimentadas. Os frequentadores praticam esportes na faixa de areia que é estreita e plana. Esta situado nessa praia o farol de Alcobaça que deu origem ao nome da praia.

Praia do Coqueiro

Ao norte da cidade é deserta e margeada por antigas fazendas de coco. Oferece condições ideais para surf com ondas fortes e altas. Durante o verão a única barraca existente na área promove shows ao vivo a partir da meia-noite até o amanhecer.

Praia do Zeloris

Ao sul de Alcobaça com vegetação de mangue no início alongando-se por 15km de areias finas e planas. Nas proximidades há diversas fazendas. Semideserta é propícia para o banho. 

hspace=0 EVENTOS:

Calendário de Janeiro a Dezembro:

- Festa de São Pedro - Para uma cidade como Alcobaça, cuja economia se ampara em grande parte na atividade pesqueira, o dia de São Pedro (29 de junho), que é o padroeiro dos pescadores, tem muita importância no município. O dia de São Pedro faz parte das festas juninas, mas em Alcobaça ele tem peso maior que o de São João para a população local. É o dia em que os pescadores alcobacenses agradecem a São Pedro pela proteção durante as viagens para alto-mar e pela fartura de peixes nos mares de Alcobaça.
Além da festa religiosa em si, com missa especial e procissão, os alcobacenses fazem também uma procissão de barcos entre o cais do porto e a barra do rio Itanhém, ao lado da cidade.

- Brincadeira das Pastoras - A brincadeira das pastoras (ou brincadeira das pastorinhas) é uma tradição antiga de Alcobaça. Ela faz parte do ciclo de folguedos natalinos que ocorrem em praticamente todo o país entre os meses de dezembro e janeiro. Também é conhecida com nome de "lapinha".
Na forma mais tradicional desse folguedo, moças se vestem de pastoras - chapéus de palha, roupas de branco, segurando arcos, cestas de flores e castanholas - e bailam diante de um presépio. A dança não se restringe a lugares fechados, mas em forma de "desfile" pelas ruas da cidade, onde as pastorinhas cantam marchas em louvor ao menino Jesus e envolvendo o resto da população na brincadeira.

- Festa de São Sebastião em Alcobaça - Vídeo mostrando os mouros chegando de barco para combater na festa de São Bernardo. Início da cavalhada em Alcobaça, quando embaixadores de ambas as religiões trocam discursos.A tradicional luta entre mouros e cristãos da festa de São Sebastião é uma manifestação folclórica que acontece em Alcobaça nos dias 19 e 20 de janeiro, culminando no dia 20. A manifestação acompanha a festa religiosa de São Sebastião, no dia 20 de janeiro.
Essa manifestação folclórica foi introduzida no Brasil pelos portugueses na época da Colônia. A luta reflete as guerras na Idade Média entre os cristãos e os mouros. Os mouros eram povos árabes que habitavam o Norte da África (principalmente o Marrocos), de onde partiu para dominar a Espanha e Portugal durante muitos séculos. Após a Idade Média, o termo "mouro" em português ficou como sinônimo de muçulmano, isto é, seguidor de Maomé e do islamismo. Os muçulmanos trouxeram grandes avanços culturais e científicos na Península Ibérica (Portugal e Espanha). Nas artes, por exemplo, essa representação foi comum durante séculos. É por causa dessas circunstâncias históricas que a luta entre os mouros e cristãos que se vê em Alcobaça é encenada como a luta entre o Bem e o Mal.
A luta entre mouros e cristãos pode ser encontrada também em várias cidades da Bahia e do Brasil. Mas seu nome varia muito a depender da localidade. Alguns dos nomes mais conhecidos são marujada, cavalhada e expulsão de mouros. O povo de Alcobaça se refere a essa manifestação como "luta de mouros e cristãos". 
 

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALCOBAÇA

E-mail:

Telefones: (73) 3293-2323

Sites:

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário

Telefone: (73) 3293-2212

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

1º TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS:

E-mail:

Telefones: (73) 3293-2558

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: www.bahia.com.br

www.municipionline.com.br

http://pt.wikipedia.org

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE: 

Comentários de Alcobaça

ALCOBAÇA É UMA CIDADE MARAVILHOSA! A PRAÇA AO ENTARDECER CONVIDA A FAMÍLIA A UM PASSEIO, SEM CONTAR AS CAMINHADAS NA PRAIA ATÉ O FAROL... E O AMNHECER APÓS AS "TOCADAS" DO TRIO ELÉTRICO NA PRAIA É PERFEITO. É UMA CIDADE HOSPSITALEIRA... ~SE TIVER OPORTUNIDADE NÃO DEIXE DE CONHECER ESSE CANTINHO TÃO BOM DA BAHIA CHAMADA ALCOBAÇA...TENHO CERTEZA QUE VÃO ADORAR...
Por: SILVIA CARRARETO DE OLIVEIRA

ALCOBAÇA CIDADE LINDA E ACOLHEDORA, AMO ESTE LUGAR UMA SEGUNDA CASA PRA MIM. PASSEI ALI TODA MINHA INFANCIA E TBM ADOLESCENCIA... SÓ TENHO ÓTIMAS RECORDAÇOES DE LÁ. CIDADE CALMA DE CLIMA MARAVILHOSO. O POR DO SOL MAIS LINDO QUE JÁ VI!!! LINDA E RÚSTICA ALCOBAÇA. GOSTO DAQUELE JEITO MESMO BEM PACATO. LUGAR PRA DESCANSAR E CURTIR EXTREMAMENTE EXAGERADAMENTE, A NATUREZA!!!!
Por: Cinthya Romero Lopes

adorei alcobaça, e sua historia , conheci o cais do porto e a praia e os quiosques
Por: reginaldo do prado teles

simplemente linda! Adorei Alcobaça quero comprar um cantinho neste paraiso
Por: SUELI LACERDA

eu tive o praser de conhece alcobaça e gostei muito. alcobaça e uma cidade historica a cidade e um ponto muito atrativo.
Por: reginaldo do prado teles

Esta cidade quando eu conhecir achei muito linda e muito legal para conher adorei muito.
Por: valmor santos

Há quanto tempo fza que ti visitei hein? alcobaça e mesmo sem saber com tu está sempre fando de você pois cidade que ficou no meu coração e pensamentos ,pois momento gostos passei ai. E agora tu está lindas parabéns a vocês de alcobaças qunado eu poder irei ai nesta cidade mesmo sendo longe do DF.abraços a todos........
Por: aparecida-cida

TE CONHEÇO DESDE OS 2 ANOS DE IDADE E AOS 55 CONTINUO TE AMANDO.
Por: fernando ramols

Alcobaça, terra da minha infancia, que nunca posso esquecer, para mim fostes sempre a mais bonita. Ainda hoje, sinto a nostalgia dos teus jardins, do teu Mosteiro (onde me casei e batisei os meus primeiros filhos) do nosso Clube de Futebol Alcobaça quando se batiam com garra contre o nosso adversàrio, Comércio Indùstria e tôdos os amigos que là deixei, muitos jà partiram e os que ainda existem são para mim inesqueciveis. À 49 anos que te deixei, mas vejo-te sempre a mais bela Vila de Portugal.
Por: Maria da Assunção Pereira Jorge de Sousa

Alcobaça é uma cidade linda com praias maravilhosas.Eu tive o prazer em conhecer,os restaurantes ótimos comidas maravilhosos.há já ia esquecendo as peixadas que maravilha .as pousadas que povo hospitaleiro.aconselharia voces conhecerem, beijos.
Por: celia maria de Jesus

0
hotéis, pousadas e serviços encontrados em Alcobaça
Fundação:
1755
Altitude:
9m
População:
16.587 habitantes
Área:
1.510,9km²
Densidade Demográfica:
10,98hab/km²
CEP:
45990-000

Envie seu comentário sobre Alcobaça