Laranja da Terra

Laranja da Terra-ES

Bem-vindo a Laranja da Terra!

Confira aqui as melhores pousadas em Laranja da Terra, fotos de internautas e informações atualizadas da cidade Laranja da Terra. Clicando em mais informações, você terá de locadoras de veículos até hotéis em Laranja da Terra para programar a sua viagem.

Informações de Laranja da Terra

 

Roteiros do Brasil

Região Turística das Montanhas Capixabas

 

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Antigamente, antes de 1870, ainda sob a jurisdição do Porto do Cachoeiro de Santa Leopoldina, ao fazerem a medição de terras e chegando perto de um córrego, depararam-se com um pé de laranja de uma variedade muito rústica. Convencionou-se que se tratava de um pé de laranja da terra. A partir daí o córrego recebeu este nome, mais tarde o distrito e, por último, também o município recebeu este nome. Antes de 1870, não se tem registros de nomes de não indígenas que tenham morado ou passado por aqui. Os índios que habitavam a região por essa época era os botocudos que se caracterizavam pelo uso de batuques ou rodelas grandes de madeira introduzidas em furos feitos artificialmente nos lóbulos das orelhas, nas narinas e, sobretudo, no beiço inferior. Por volta de 1880, a última tribo ainda presente e localizada na região da Barra do Taquaral não somava mais do que 30 famílias, tribo esta comandada por um cacique não-índio, vulgo Capitão Canjica, de cerca de 60 anos de idade, que os índios teriam raptado quando menino nas imediações de Vitória. Esses índios com certeza tiveram contato anterior com não índios, pois se denominavam com nomes como Andrade, André, Luiz, Rafael, João e Joaquinzinho. Depois da morte de Canjica tornou-se cacique um índio de nome Furizinho. E, sob o seu comando, essa tribo migrou para o lado do Bananal (Baixo Guandu) de onde, depois de um assassinato de um não-índio, se refugiou nas matas ainda virgens do outro lado do Rio Doce. Esse depoimento foi dado por Dona Elvira Rosa de Novais, sobrinha de Francisco Carlos de Almeida Rosa que em 1879 mudou de Carangola, Minas Gerais, para o Espírito Santo, e fixou residência na Barra do Taquaral, onde também Elvira e sua família se fixaram cinco anos depois. O fato de se achar ainda hoje na região do município de Laranja da Terra pedaços de panelas de cerâmica, machadinhos e pontas de flechas de pedra, nos faz crer que antes dos botocudos eram tribos dos índios goytacazes tupiniquins que transitavam nesta região.

Gentílico

Laranjense 

Significado do Nome

 

Aniversário da Cidade

16 de Maio

Gentílico

laranjense 

População

10.825 habitantes 

hspace=0 CARACTERÍSTICAS:

O Município de Laranja da Terra localiza-se na mesorregião central do Estado do Espírito Santo, a 160 km de Vitória; 105 km de Colatina; 550 km do Rio de Janeiro e 560 km de Belo Horizonte. Limita-se ao norte com os municípios de Baixo Guandu e Itaguaçu, ao sul, com o município de Afonso Cláudio, ao leste, com os municípios de Itarana e Itaguaçu e a oeste, com o Estado de Minas Gerais. Sua área é de 457 km², o que equivale a 1,01% do território capixaba. A sede do município de Laranja da Terra está a 190 metros de altitude.

O relevo do Município é apresentado como montanhoso, com fortes ondulações. O clima é do tipo tropical quente, com temperatura média anual em torno de 22,35o C, apresentando índices pluviométricos situados na faixa de 800 a 1.200 mm/ano, com maior ocorrência de chuvas nos meses de outubro a março. O Município perdeu uma parte significativa de sua vegetação primitiva, dando lugar a pastagens e áreas para a agricultura. Hoje encontramos pequenos trechos da mata atlântica situada nas encostas onduladas e de maior altitude do Município. A bacia que compõe a paisagem hidrográfica do município é a do Rio Doce-suruaca, destacando-se, como principal Rio o Guandu. Como parte desse complexo hidrográfico destacam-se no município o Rio Taquaral e os Córregos Laranja da Terra, Ribeirão do Bom Jesus, Crisciúma e Laranjinha.

 Laranja da Terra é um dos municípios mais novos do Estado do Espírito Santo. Em 20 de março de 1988 aconteceu o plebiscito para a sua Emancipação Política, desmembrando-se o mesmo do Município de Afonso Cláudio. A criação do município deu-se através da Lei no 4.068, de 6 de maio de 1988. A publicação aconteceu no Diário Oficial do Estado no dia 10 de maio de 1988. Por isso comemora-se hoje essa emancipação no dia 10 de maio, sendo feriado municipal. A instalação do Município aconteceu em 1o de janeiro de 1989. A atual divisão político-administrativa do Município é formada pelos distritos de Laranja da Terra (sede), Sobreiro, Joatuba, São Luiz de Miranda e Vila de Laranja da Terra.

Terra Laranja da Terra nasceu das incursões dos irmãos alemães Wilhelm, Ernst e Nikolaus Seibel, entre 1908 e 1910. A família Seibel se fixou inicialmente em Santa Leopoldina, junto com outras famílias de imigrantes alemães, mas depois migrou para Laranja da Terra. Os Seibel atraíram outros imigrantes de descendência pomerana e em 1912 já eram 40 as famílias ali instaladas.

A importância de Wilhelm Seibel é reconhecida nos registros históricos da cidade. Ele foi o primeiro professor do lugarejo, manteve o cultivo das tradições dos ancestrais e dos cultos religiosos e viabilizou a formação musical, fundando o coro de trombone. Até hoje, porém, raras pessoas do município falam o pomerano, dialeto de alemão originário da Pomerânia.

A vila nasceu com o nome de Vila de São João de Laranja da Terra, quando emancipou-se de Afonso Cláudio e transformou-se em município, em 1988, a região foi oficialmente batizada de Laranja da Terra.

O  café é a principal base da economia da cidade, mas a população também diversificou a economia de subsistência, com o plantio de milho, feijão, frutas e hortifrutigranjeiros.

Mesmo integrante do município de Afonso Cláudio pela divisão territorial do Estado desde a formação do primeiro núcleo colonizador, Laranja da Terra esteve, durante muitos anos, ligada economicamente a Santa Leopoldina, só vindo a ter a ligação estreita que hoje mantém com Afonso Cláudio a partir da abertura de estradas.

A agricultura foi a base econômica e o café era o produto mais importante comercialmente. A grande maioria dos colonos era de origem pomerana e vieram de Santa Leopoldina e seus descendentes mantêm suas tradições: o idioma, os rituais de casamento, os cultos luteranos e a culinária. 

Clima 

Tropical

Temperatura Média

23º C 

hspace=0 COMO CHEGAR:

Localização

Central Espírito-santense

Limites

Ao norte com os municípios de Baixo Guandu e Itaguaçu; ao sul, com Afonso Cláudio; a leste, com Itarana e Itaguaçu e a oeste, com o Estado de Minas Gerais.

Acesso Rodoviário

 

Distâncias

Da Capital:

154 Km

Outras:


hspace=0 TURISMO:

Resumo:

Principais Pontos Turísticos

Grupo de artesanato “Brolha”

Trabalho artesanal com cerâmica, material reciclado (papelão, plásticos, isopor, latas, etc.), palhas, cipós, etc., e tocadores de concertina e cavaquinho.

hspace=0 EVENTOS: 

Calendário de Janeiro a Dezembro:

- Festas de colheita, “Dia da Reforma”, festas de padroeiros, casamentos com rituais da cultura pomerana, grupos de trombonistas, grupos de terceira idade, trabalhando danças e teatros, grupos de canto coral (também em língua pomerana), etc.   

hspace=0 INFORMAÇÕES ÚTEIS:

PREFEITURA MUNICIPAL DE LARANJA DA TERRA

E-mail:

Telefones: (27) 3736-1349 / 1377

Sites: http://www.laranjadaterra.es.gov.br/

SUB-PREFEITURA:

E-mail:

Telefone:

INFORMAÇÕES AO TURISTA:

Terminal Rodoviário - Vitória-ES

Av. Alexandre Buarque, 350 - Ilha do Príncipe
Telefone : (27) 3222-3366

ENDEREÇO DO SITE OU PORTAL DA LOCALIDADE:

E-mail:

Telefone:

CARTÓRIOS: CIVIL, IMÓVEIS, TÍTULOS E DOCUMENTOS, OUTROS:

OFÍCIO DO REGISTRO CIVIL E TABELIONATO DE NOTAS:

E-mail: cartoriosã[email protected]

Telefones: (27) 3736-1339

Sites: http://portal.mj.gov.br/

CARTÓRIO ELEITORAL:

E-mail:

Telefone:

OUTRAS INFORMAÇÕES DE TELEFONES E E-MAILS:

HOSPITAIS:

CORPO DE BOMBEIROS: 193

DELEGACIA DE POLÍCIA:

OUTROS:

E-mails e telefones:

Sites: http://pt.wikipedia.org

http://www.cnm.org.br

PESSOAS ILUSTRES NASCIDAS NA LOCALIDADE:

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS DA LOCALIDADE:

Comentários de Laranja da Terra

amei esta cidade ,é linda e o povo muito acolhedor. sempre q posso eu volto.
Por: Edna Regina

é muito bom viver em laranja vcs que nao mora em conhecer que vcs vao adorar
Por: queila

Laranja Da terra é uma cidade muito simples mais de bom aconchego.falo com toda certeza pois sou filho dessa terra querida ,um lugar hospitaleiro e de um povo cativo.
Por: Renato Corrêa

tenho orgulho de ser de laranja da terra.. amo esse lugar, é muito bom mesmo..sinto saudades!!!!
Por: Sandra Kafler Kapisch Lucas

Até este final de semana eu não sabia da existência da cidade de Laranja da Terra! Por incrível que pareça, tenho um espaço em casa que "batizei" de Laranja da Terra, pois tenho um pé de laranja da terra maravilhoso, entre outras arvores frutíferas. O nome pegou tanto que meus amigos se referem ao meu quintal pelo nome! Moro na Ilha do Governador RJ e pretendo conhecer Laranja da Terra no ES. Agradeço se alguém me enviar telefones de pousadas na cidade.
Por: Thiago Bastos Machado

olá pessoal do site, infelizmente ainda não conheço a bela cidade, mais irei visitá-la muito em breve, pois moro em colatina e não fica tão longe assim, e além do mais amo de paixao a rica e belíssima cultura pomerana, e amo muito mais ainda as lindíssimas gatas pomeranas,ainda irei namorar uma. grande abraço a todos.FIQUEM COM DEUS!!!
Por: reuber neves

0
hotéis, pousadas e serviços encontrados em Laranja da Terra

Envie seu comentário sobre Laranja da Terra